Comendo a casada com o corno do lado

Pra quem conhece, em SP tem um bar gay chamado cabines bar, vou la geralmente mas dessa vez não esperava que fosse encontrar

Sabado de tarde tento algumas coisas mas nunca tem ninguem que me desperte tesão, mas dessa vez foo diferente, entrou uma coroa na casa dos 50, e eu ja mirei nela pq adoro mulheres mais velhas (tenho 23) me aproximei e fiquei só observando
Magrinha, mas atraente, o vestido solto e muito curtinho mostrando a bunda bem

nitidamente, como era um bar gay, fiquei me perguntando se era uma trans, mas quando ela senta e abre as pernas depois de tomar uns drinks, ela mostra a calcinha fininha e conforme bai bebendo da pra ver o tesão aumentando, ate que ela puxa o marido pra uma das cabines com mesa erotica

Ela se deixa, ele tira a calcinha e o vestido dela e mergulha naquela buceta, com a missão de deixar a porta aberta pra quem chegar perto, pra minha sorte eu era o unico que curtia mulher ali e fui atras, ela gemia alto, era uma delicia sem igual. Bato punheta do lado dela, ela me puxa e faz um boquete bem simples até que o marido se levanta e eu sem perder tempo desço a mão até a buceta dela, que estava absurdamente molhada, eu sem perder tempo vou até la e dedilho.
me ajoelho e olho nos olhos do marido
– posso ? perguntei
– Deve – respondeu
mergulho minha cara naquela buceta e ela geme alto, e depois de uns minutos sentindo o gosto dela ela me pede pra fuder ela com força

ponho a camisinha ( SEMPRE FAÇAM ISSO)
E fodo ela, ela menciona meu pau grosso e eu começo a bombear ela com força e mais força, enquanto ela chupa o marido e nem tem forças pra chupar direito pq ela prefere gemer pro lugar todo ouvir
sinto as pernas dela tremerem e ela me pede pra parar.
tudo acabou com ela me dizendo
– só ta começando

Quero mais, adoro coroas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.