Usei minha namorada para pagar minha dívida

Bom, vou da uma resumida na introdução para chegarmos realmente a onde interessa, eu estava devendo 200 R$ a um conhecido, devido a uma aposta que tínhamos feito, e o cara tava chatão me cobrando, sendo que eu disse que iria pagar depois que passasse o dia de uma festinha que ia ter, e que não poderia pagar antes por que precisava bancar minha mina, então ele disse, já que tu vai para festa trás uma mina pra mim, que eu perdôo o dinheiro, eu não tinha considerado a ideia, por

que a festa era maioria jovens dificilmente uma mina novinha iria querer ir ficar com um cara que nem veio para festa mora longe e tem mais de 30 anos, mas chegando o dia da festa eu estava lá curtindo com minha mina, lá de boa bebendo e conversando com os amigos, quando está perto das 2 da manhã uma amigas de minha namorada chega, dizendo que era para eu levar Bia embora, por que ela já estava muito bêbada

e tinha vomitado, fiquei um pouco puto pelo vexame, coloquei Bia na moto, ela mal conseguindo se segurar e fomos, no meio do caminho eu lembrei que deveria ter perguntado se alguém queria ter ficado com o maluco lá e acabei esquecendo, depois de uns minutos me veio a ideia, e se eu deixasse aquele cara se aliviar com minha namorada, evitaria perder 200 reais, ele não conhece minha namorada mesmo e seria impossível ela se lembrar, tá feito, fui em direção a casa dele.

Chegando lá, buzinei algumas vezes, ele abriu, ficou assustado por eu trazer a menina dormindo, mas fui explicando bem a história, dizendo que a menina tinha topado mas acabou bebendo demais, mas mesmo assim eu trouxe, carregou ela para dentro da casa, ele já ia fechando comigo do lado de fora eu falei que não, que ela só iria fazer um boquete que não poderia deixar eles sozinhos, por que ele poderia

estuprar ela e tals, então ele concordou, nem se importou, foi colocando o pau pra fora, esfregando na cara dela e ela só resmungando algumas palavras, aquilo foi me trazendo algumas sensações, ele começou a colocar o pau na boca dela, foi enfiando e aquele pau foi ganhando forma, era muito grande, deveria ter uns 18 a 19, cabeça rosa e tinha muito pentelhos, eu admito que já estava ficando louco vendo aquilo, ele estava começando a enfiar sem pena o pau na boca da minha namorada, ela engasgava e reclamava mas não conseguia sair, ele fudendo aquela boca e sorrindo,

eu perguntei onde tinha um banheiro, ele disse que o banheiro era do lado de fora, eu logo fui lá, chegando lá coloquei o pau para fora, duro igual pedra e babando, não pensei duas vezes, comecei a tocar uma, 1 minuto depois ouço um grito, prontamente vou correndo lá, quando chego minha namorada gemendo muito de 4 e ele metendo 19 cm dentro da buceta da minha namorada, em velocidade absurda, como se aquela buceta já estivesse acostumada minha namorada reclamando muito

só faltou chorar, eu parei na porta e fiquei assistindo aquilo, em poucos minutos, minha namorada estava dizendo algo como “vai amor” “delícia mete”pela maneira como ela falava percebi que ela ainda tava muito bêbada, me aproximei daquela cena, sentindo culpa e arrependimento, mas ao mesmo tempo muito tesão, cheguei e perguntei ao menos se ele estava com camisinha, ele só deu risada e disse,” só vai ficar olhando? Por que não come essa puta também” eu já duro, achei que ao menos a coisa sensata a se fazer era colocar minha namorada pra mamar pra gozar também,

cheguei nela ela estava de 4, com a bunda empinada e com o rosto colado no colchão, gemendo de olhos fechados, eu puxei o rosto dela e falei para abrir a boca, ela abriu os olhos e olhou pra mim, fazendo uma expressão confusa, como se tivesse uma interrogação em sua cabeça, ela olhou para trás e olhou pra mim algumas vezes e começou a se explicar, ela estava tão bêbada que achou que tinha caído no papo do cara e estava me traindo, mas na verdade eu que vendi ela, ela pedindo desculpas por está dando para outro mas nem cogitou parar, ao contrário gemia a cada palavra que saia da sua boca, eu pedi para ela abrir a boca e me chupar, ela obedeceu estava com tanto tesão que gozei em poucos minutos,

enquanto o cara continuava comendo a buceta da minha namorada, o cara era realmente pica, não parava de meter, já estavam na terceira posição e ainda não tinha gozado, até minha namorada havia gozado, mas logo ele anunciou que iria gozar, ele tirou o pau da buceta dela e enfiou na boca e começou a gozar, foi derramando tudo na boca dela, e ela engoliu tudo, sorrindo, então depois de terem terminado ele chamou ela para o banheiro e eu disse que não, que iríamos embora,

então minha namorada veio me abraçando pedindo para eu deixar, tava sentindo o cheiro de esperma vindo da boca dela, o cara perguntou se éramos parentes, pra ela esta vindo pedir permissão, então minha namorada riu e disse como assim ?, Logo em seguida falou vamos, e disse que eu poderia ir também, nós três fomos até o banheiro e ficamos sem nada, pelados, ela virada pra mim e de costas para ele, ligamos o chuveiro, água quente, por que estava frio, ela veio logo me beijar, metendo a língua na minha boca, na hora eu senti aquele gosto de porra de tabela, mas de alguma maneira aquilo tinha me deixado duro, enquanto isso o outro cara

tinha se ajoelhado e estava lambendo o cuzinho e a buceta dela, que estava ensopada ficamos assim, até que minha namorada diz no meu ouvido, “amor, ele vai comer meu cuzinho” eu falei “como assim ?” Ela diz, desde o início ele tá metendo dois dedos e agora tá deixando molhadinho, fiquei um pouco puto por que em 1 ano de namoro ela nunca quis me dar o cuzinho, e agora não tava mostrando resistência para esse cara, então o cara se levanta e pede pra minha namorada empinar, ela obedece, ele cospe no pau e em poucos segundos tá entrando nela, ela apertando meu pau e gemendo alto e ele entrando no cuzinho dela, começando um vai e vem, em poucos minutos ele já estava entrando com tudo, e ela gritando, e me mordendo falando coisas do tipo ” ele tá arrombando meu cuzinho amor” ele realmente estava arrombando ela, ela estava gemendo alto e até as vezes fazia cara de choro, e meu pau babando vendo aquela cena de camarote, em alguns minutos estávamos todos sentindo um prazer imenso, ela batendo pra mim, enquanto nós beijavamos e ele comendo o cu dela, gozei na mão dela e logo em seguida o cara gozou no cuzinho dela.

Tomamos banho e resolvemos ir embora, já estava amanhecendo, certeza que se ficassemos mais algum tempo ele iria comer ela de novo, no caminho minha namorada tava muito exausta e cochilando, mas fomos conversando sobre o ocorrido, e no dia seguinte ela comentando sobre, com um sorriso no rosto agradecendo e pedindo explicações, pela cara dela ela estava doida pra ir de novo… Será que fomos ?

1 Reply to “Usei minha namorada para pagar minha dívida”

  1. Corno. Sou coroa ativo para o casal sou coroa quase cinquentão sou saudável sou simples não sou super em nada sou educado honesto. Se vc tem namorada ou noiva sua filha ou enteada sua esposa sua mãe ou irmã e sente tesão em exibir quer chupar uma pica junto com ela quer dar o cu junto com ela sigilo total e discrição não a negros e obesos não a menores de idade me chama aqui com sigilo total e discrição
    Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.