A mãe do meu colega

Eu sou o Paulo , do interior do Ceará , eu sou branco , 1,65 , cabelos pretos e uma ferramenta que chama a atenção das mulheres. Hoje eu vou contar o dia que comi a mãe do meu colega de escola. Eu sempre gostei de mulheres de todas as idades , então não tenho preconceito quando o assunto é sexo. Eu conheci ela pessoalmente e depois disso meus outros colegas começaram a falar na frente dela mas entre amigos as aventuras que eu já tinha feito. E acho que isso despertou a curiosidade dela. Daí depois ela me adicionou no Facebook , e por lá nós começamos a conversar

Aumento Peniano

e ela começou a dar brechas , fazer perguntas do nível mais íntimo , mas daí eu levava na brincadeira sempre. Afinal era a mãe do meu colega , mas teve um dia de ele me chamou pra casa dele e quando eu cheguei lá ele não estava , tinha se ocupado com a namorada e ia demorar. Mas a mãe dele me convidou pra entrar e eu entrei sem maldade. E fiquei na sala com ela assistindo tv , daí a pouco chega a filha dela com o namorado ,eles ficam um pouco com a gente na sala e vão pro quarto, daí ela me chama pra deitar na rede que ela estava deitada. Aí eu já imaginei que coisa boa não ia rolar kkkk eu fui , ela colocou logo a mão por dentro da minha cueca pra

ver ser era verdade as histórias , e foi endurecendo na mão dela e ela ficou surpresa com o tamanho e o peso , ficou me punhetando um pouco , mas fiquei com medo da filha dela aparecer , aí inventei de ir até a cozinha pra se certificar que eles estavam intretidos no quarto , quando voltei já fui mais ousado e coloquei pra fora , e encostei na boca dela que levou um susto com a minha atitude e não queria colocar pra dentro , eu pedi com carinho e ela começou pelos ovos e depois engoliu a cabeça , aquela mulher sabe chupar um pau , mas eu não me contentei porque quase nunca

goso no boquete , daí eu me deitei e coloquei denovo a mão dela , só que dessa vez eu enfiei tbm o dedo na bucetona dela , e fui fazendo ela ficar cada vez mais louca , até que ela virou de costas e mandou eu enfiar na buceta dela , eu comecei a fuder ela na rede sem dó acho até que a filha dela escutou os gemidos que tavam altos e eu comi com tanta vontade que gozei dentro , sem me preocupar . E essa foi a única vez que transamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *