Comi a buceta da empregada

Moro em Recife, tenho 28 anos e sou tarado por sexo, sou casado, trabalhamos eu e minha esposa em empresas diferentes, certo dia por volta das 9 da manhã dei uma saidinha do trabalho para pegar um documento meu em casa, não saí com intenssão nenhuma mas ao chegar em casa me deparei com a minha empregada em casa, (muito bonito por sinal) ela estava de saia curtinha e com uma blusinha curtinha, logo quando cheguei ela estava agachada passando o pano em casa, mostrando a sua bundinha todinha acho que ela percebeu como fiquei atônito olhando para seu belo traseiro e ficou se insinuando mais ainda, se agachou mais ainda, aí foi que vi toda sua bundinha com fio dental mostrando seu traseiro todinho, eu entrei e fui pro quarto procurar pelos documentos que tinha ido buscar, logo em seguida percebi

um silêncio e notei que ela não estava mais passando o pano na casa, procurei por ela o qual foi minha surpresa, notei que ela tinha entrado no banheiro, fui de pontinha de pé para tentar flagrá-la e ao pé da porta ouvi uns gemidos bem baixinho, aí eu não aguentei mais não abri a porta rápido e peguei ela com os quatro dedos enfiados na buceta batendo uma punheta, depois disso não pensei mais em nada ela pulou logo pra cima de mim baixando minhas calças e fazendo um delicioso boquete em mim, eu com a rola dura dura já empurrei todinha na boca da gostosa e ela parecia que não transava a muito tempo louca de tesão e que me deixou feito um cavalo coloquei ela de quatro no banheiro mesmo e meti minha rola na buceta sedenta da potranca, ela gemia feito louca, depois de muita rola nela ela pediu pra arrombar seu cuzinho, ai que delícia adora um cuzinho, não deixai nem ela terminar de pedir e fui logo empurrando minha rola todinha no cuzinho era empurrando e ela gemendo de dor e tesão, empurrei todinha nela, deixei o cuzinho dela todo arregassado de tanto vai e vem, quando estava já gozando ela vira derepente e pede pra derramar e porra todinha na boca dela eita gozada tão gostosa, virei e gozei nela de garganta a baixo, depois dessa transa ela resolveu levar uma colega dela pra ajudar na faxina na minha casa, só que o que eu não sabia era que essa faxina seria todinha em mim, mas essa vai ficar para o próximo conto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *