Chupando um estranho na praia

Voltava da balada na madrugada, a vontade de mijar era insuportável. Então parei o carro, caminhei até próximo a água e comecei. Notei um cara se aproximando, que passou bem perto e parou a uns 5 metros de mim, quando me virei ele estava com o pau para fora da calça fazendo sinal para que eu chegasse mais perto. Caminhei em sua direção olhando só para a pica, cheguei bem perto, ajoelhei, senti o cheiro e

comecei a lamber da base à cabeça, beijando, lambendo e chupando aquela pica, então ele me segurou pelos cabelos e começou a meter na minha boca, engasgava com aquele pau, babava muita nela, ele me soltou e continuei chupando, sem esquecer das bolas, do pau, de repente senti ele se contrair um pouco ele segurou minha cabeça e veio o primeiro jato de porra que encheu minha boca, eu tirei cuspindo e logo em seguida vei outro jato que melou meu rosto, óculos e cabelos, lambi a pica dele por mais alguns instantes, agradeci, levantei e fui embora, sem olhar para tras e sem ver o seu rosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *