Comendo a mulher do meu irmão

Estava passando uma ferias na casa do meu irmão quando um belo dia por o mesmo ter que ir trabalhar acabei ficando só com minha cunhada, estavamos vendo caso de familia o assunto era sobre amo uma pessoa da minha familia mais ela não sabe, com isto a mesma me perguntou se teria um caso com alguem da da familia o que respondi que sim, devolvi a mesma pergunta o que me falou que sim, ai lhe falei se fosse comigo o que me respondeu que sim, ai me confidenciou que meu irmão não

estava dando conta e tinha dia que tinha vontade de dar uma saida e trair o mesmo, pois tinha dia que chegava a subir pelas parede de tesão ainda mais assistindo filme ou novela onde havia cena de sexo, para lhe provocar mudei de canal onde estava passando um filme onde estava vendo sexo de sexo, nisto dei uma olhada para a mesma o que me falou nossa cunhado você quer acabar comigo, me levantei de onde estava me sentei ao seu lado já que estava deitada comecei a lhe fazer carinho passando a mão nas suas pernas depois entre suas pernas onde passava na sua

bocetinha o que começou a gemer e me dizer me come cunhado me tira desta secura vai o que lhe falei e para ja e fui tirando sua roupa onde a deixei nua deitada no sofá com isto comecei a lhe beijar e passar minha lingua em seu corpo até chegar no meio da suas pernas e ao abrir fui metendo a lingua em sua boceta fazendo gozar na minha boca com a mesma me pedindo para lhe dar minha pica para chupar também o que subi em cima e na posição de meia nove nos chupamos muito onde tanto eu como a mesma acabamos gozando muito um na boca do outro.

Como as coisas estava ficando quente a mesma me pediu para lhe comer de cata cavaco pois gostava de sentir a pica toda dentro dela o que fiz lhe fazendo gemer alto de tanto tesão que estava sentindo me pedindo para meter com foça o que chegava ate fazer um barulho do meu saco batendo na sua bunda, gozei gostoso dentro dela que me falou seu safdo não podia fazer isto pois não tomo remedio e posso ficar gravida de você, o que ri lhe falando azar seu pois quem manda ser uma vadia em querer dar para mim sua puta safada o que ria e me dizia então me fode meu cunhado me faz de sua puta e seu irmão de corno, metemos a tarde toda que a mesma me falou que estava toda dolorida com a boceta ardendo mais que se

pudesse ficaria mais comigo pois estava na hora do meu irmão chegar e tinha que tomar um banho para não deixar que o mesmo percebesse que tinha lhe corneado.
Para não dar muito na vista tomei um banho e sai dar uma volta e assim que retornei os dois estavam conversando e notei que minha cunhada tinha passado um aerosol na sala para disfarsar o cheiro de sexo que tinha ficado no ar da sala, quando foi mais a noite ao passar para ir no banheiro escutei um gemido que vinha do quarto deles ao colocar o ouvido para escutar ouvi minha cunhada dizendo isto meu corninho me fode pois estava louca para ser fodida, pensei comigo que vagabunda deu a tarde toda para mim e esta dizendo que estava carente para meu irmão.

No outro dia esperei meu irmão sair e conversando com a mesma lhe falei como você e safada em a mesma deu uma risada me falando que tinha que fazer que esta com muita vontade pois justo aquele dia o safado estava com vontade que tinha que fingir que estava carente mesmo tendo com a boceta dolorida de levar pica a tarde todo, mais que foi bom levar duas picas no mesmo dia a foi, ainda sendo de dois irmãos.

Como a mesma estava lavando a lousa encostada na pica fui atras dela onde lhe dei uma encovada com isto dando uns beijo em sua nuca onde me dizia deste jeito te levo para cama seu safado, esperei a mesma terminar de lavar a lousa e peguei pela mão levando para o quarto e como um tarado lhe tirei sua roupa deixando nua e joquei na cama e cai em cima metendo minha pica em sua boceta que estava inxada de tanto que levou ferro a noite todo do meu irmão, os dias que passei em sua casa ficou assim durante o dia eu a comia e a noite meu irmão até parecia que o safado sabia que nos faziamos sexo durante o dia pois ouvia a mesma lhe chamar de corno safado o que adorava e lhe perguntava com quem onde a mesma lhe dizia com seu primo pois deixava pensar que a mesma estava saido com nosso primo e não comigo, pois era a fantasia deles.

Quando vim embora e estava bem sussegado recebi um telefomena quem estava do outro lado era minha cunhada onde me dizia que estava gravida e que o filho poderia ser meu, o que lhe falei tudo bem, mais que meu irmão estava feliz pensando que o filho fosse do meu primo pois o corno queria criar um filho que não fosse dele, depois que o nene nascer iria fazer o dna para saber se era meu o que lhe falei tudo bem e com isto na sua gravides tivemos encontros onde a comia com muito cuidado o que a sadafa adorarava…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *