Descobri que minha mulher chupa outro

Um dia estava eu lendo e batendo uma leve punheta enquanto esperava pra ir buscar minha mulher no trampo. Então ela envia uma msg, durante o intervalo das aulas(ela é professora), dizendo que não precisava, pois tinha arrumado uma carona pra ir. Eu, não muito pervertido, já imaginei 300 coisas, pois já faz um tempo que ela pega carona com uma certa frequência, então, pra tirar a prova eu iria ligar pra vê o que ela estava fazendo.
Passou um tempo a mais do normal e comecei a ligar pra ela. Como era de se esperar, ela estava desligando e eu comecei a pensar nela chupando um pau no carro de seu colega enquanto ele estava a dirigir, imaginei a boquinha da minha mulher de 20 anos, bem carnudinha, e ele agarrando o cabelo dela e forçando a boca dela no pau dele.

Tentei ligar mais uma vez, e desligou de novo, depois de um tempo insistindo, ela atendeu e eu ouvi sua respiração um pouco ofegante, como se tivesse sem respirar. Perguntei -ta fazendo o que?
retruca – to esperando falar com minha chefe
nesse intervalo eu escuto um “poc” de chupar um cacete, então não falo nada e fico escutando, sua respiração começa a ficar ofegante e eu escuto sons de uma chupada (essa chupada tava muito gostosa, porque ela não parava e eu escutava o barulho bem direitim), então a safada diz:
-to ocupada, falou com você mais tarde.
-não, espera,
Então ela desliga o telefone.
Quando ela chega, eu sinto um cheiro de porra na sua boca, e eu fico com um tesão da porra e ela não fala nada. Pergunto como foi a carona e ela responde:
– foi muito bom, acho que vou pegar mais caronas, tudo bem
– Mas é claro, se foi bom, é ótimo

Desde então ela volta com cheiro de porra na boca e um dia eu vi ela limpando sua buceta no banheiro (o que meu um tesão da porra por imaginar que eles tinham fodido no carro também.

Quando eu descobrir se ela fodeu, vou por tudo direitim mas essa puta fica escondendo (o que me dá mais tesão ainda). Desde então ela me trata como um boneco do prazer dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *