Pedindo para ser Corno

Tudo começou em 2001, estava ingressando na faculdade quando conheci o Daniel, começamos a ficar e isso até que durou,em 2003 conheci meu namorado o Rodrigo nos conhecemos no ônibus que íamos para a faculdade. Logo de cara começou rolar o maior clima, até que ficamos. Mas o negócio começou a ficar sério, até que ele me pediu em namoro,demorei um tempo para aceitar pois sempre tive muita liberdade e tinha medo de perdê-la. Quando aceitei, resolvi dar uma satisfação para o Daniel,

afinal já estavamos ficamos a quase 04 anos, foi então que nesse encontro para as explicações acabamos ficando juntos e meu namorado viu, ele ficou muito bravo e até chorou, disse que não esperava isso, também pudera né, isso aconteceu logo na primeira semana de namoro. Foram passando os meses e meu namorado começou dizer que ele adoraria ver outro cara metendo comigo, eu achava estranho pois ele é muito ciumento. Percebi que durante as nossas transas ele sempre dava um jeitinho de falar do Daniel, e que se excitava muito com isso. Numa noite, fui para a

faculdade sozinha, pois o meu namorado já não estudava mais lá, e saí com o Daniel. Estava com muita vontade dele mas ao mesmo tempo com remorso. Nos encontamos na frente da faculdade, entrei no carro dele sem que ninguem percebesse. Ele estava doidinho para ficar comigo, apesar de ter ficado com ele durante todos esses anos nunca havia acontecido nada mais forte entre nós. Fomos para um driven próximo da faculdade, quando chegamos ele veio me beijar com muito desejo, naquele momento já sentia minha “menina” molhada de tanta

vontade de senti-lo, começamos nos acariciar e eu fui descendo com a boca até o “menino” dele, e que menino!!! Chupava com desejo e ele percebeu isso, cada vez mais duro sentia o pau dele pulsando dentro da minha boca quente. Ele já estava pedindo água pois sempre quis que eu fizesse isso com ele mais nunca fiz. Ele tremia de tanto tesão. Quando ele foi gozar ficou na dúvida se gozava na minha boca ou não, por que ele está acostumado a sair com essas garotinhas ingênuas, sem deixá-lo com essa dúvida, deixei que ele gozasse na minha boca e engoli tudinho, ele passou mal… Depois foi a minha vez de passar mal, ele estava super quente pois

tinha acabado de gozar, e começou a me beijar, beijava meus seios, e foi descendo até chegar na minha “menina”, como aquela boca estava quente, que delícia, minha “menina” estava encharquada pedindo para ser penetrada, até que ele me penetrou com aquele pau duro e quente, mexia com perfeição gozei gostoso naquele pau. Voltamos para a faculdade pois as aulas já estavam terminando, então liguei meu celular, logo na sequência meu namorado ligou, muito bravo pois estava tentando me ligar e só dava caixa postal, falei que estava com o celular ligado mais ele não acreditou muito não. No outro dia logo cedo meu namorado veio em casa, já chegou

desconfiado, e eu ainda briguei com ele por que ele só desconfiava. Durante o dia fizemos as pazes, e começamos a transar na sala da minha casa, durante a transa eu contei pra ele que eu tinha transado com o Daniel, ele ficou muito excitado e a transa foi maravilhosa. Mas depois da transa ele ficou meio chateado, no outro dia ele já percebeu que eu fiz tudo para realizar uma fantasia dele. Hoje estavamos numa ótima, ele adora que eu saio com o Daniel, e conte tudo para ele. Só o Daniel que não sabe disso, mas com o tempo quero contar para ele também, pois nosso maior desejo é ficarmos os três juntos. Que delícia seria isso. Bem fico por aqui, esperando que esse dia chegue o mais rápido possível, pois esses dois juntos vão me matar de prazer… Quem quiser escreva…adoramos ler juntos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *