Primeira vez com meu melhor Amigo

Olá tudo bem? Me chamo Nikão, sou natural do Rio de Janeiro, 189 de altura, 80 kilos bem distrbuidos, corpo magro porem levemente definido da academia, cabelos lisos e pretos compridos que mantenho preso em coque moicano.

Aumento Peniano

Este conta se passa na minha adolescência, já havia me assumido gay para todos os meus amigos e ate mesmo transado com alguns deles. Porém havia um em especial, o Moura, ele tinha a minha idade na epoca 18 anos, eramos inseparáveis, escola, curso, festas, aonde um estava o outro estava junto, ele magro, mais alto que eu, cabelo loiro escuro, corpo atlético dos esportes que praticava.


Ele na maioria das vezes sabia dos rapazes com quem eu tranzava e ate mesmo de nossos amigos com quem eu eventualmente tirava uma foda rápida, a famosa broderagem. Mais nunca se opôs ou falou nada negativo… somos realmente muito amigos, ate hoje em dia.

Disk Sexo

No dia deste conto em questão tudo corria como sempre, era uma sexta feira, estavamos na escola, roda de amigos, combinando o que fariamos a noite, para qual boate iriamos.
Em conjunto decidimos que todoa nos encontrariamos em minha casa, e de la partiriamos para a boate. Marcamos então de todos estarem la as 20h… Moura como sempre morando mais proximo de mim as 17h ja estava em minha casa. Meus pais sempre receberam ele muito bem, total liberdade de entrar e sair sem nem chamar no portão. Conversa vai conversa vem neste dia sobre varias coias ate que ele fala:
ELE – Porra Nikão tesão do caralho hoje, vou ter que arrastar alguem pra depositar um leite la em casa
EU-Ta sozinho em casa, a tia esta la não? Vou com o Marcelo pra la então e fico com ele na sauna.
ELE – ta não, foi pro sítio, casa é so minha… pode levar
A conversa tomou outro rumo, eu ja tinha local garantido pra levar um boy, galera chegou… bebemos alguma coosa e fomos pra boate.
Eu, Moura e 2 outros amigos no carro do Moura e o restante em outro carro.
Chegamos na boate curtimos, bebemos, Moura nao conseguiu ficar com ninguém e eu fiquei sozinho por ter levado bolo do Marcelo que foi pra outra boate com umas “amigas”.
A noite terminou eram ja 4 da manhã, entramos no carro e fomos embora, deixamos nossos amigos em casa e o Moura começou a rodear pelas ruas sem destino.
EU -Po Moura, ta fazendo o que? Vamos embora to cansado
ELE – Porra, to procurando alguém pra pelo menos me pagar um boquete, to que nao aquento de vontade de gozar.
Depois de falar isso ele segura o pau e deixa claro que ta totalmente excitado. O volume era enorme (por sermos muito amigos eu nunca havia reparado)
Eu – Me deixa em casa então que eu vou dormir
ELE – Achei que tu ia dormir la em casa
EU – Então vamos que eu to com sono…
Ele concorda e pegamos a direção da casa dele. Chegamos guardamos o carro e subimos para os quartos.
Eu fui direto no quarto dele abri o armario e peguei uma bermuda pra dormir… ele também, e foi se trocando na minha frente como sempre faziamos, é normal ate hoje, porem naquele dia, quando ele ficou so de cueca, foi impossível nao notar o volume que estava, eu nunca tinha sentido tesao nele… e naquele dia ver o pau dele duro me deixou todo arrepiado… tentei disfarcar, afinal era meu melhor amigo.
Deitei na cama dele e como de costume ele foi dormir quando a tia nao estava no quarto dela…
Pouco tempo depois vejo a luz da TV ligada e a porta do quarto encostada.
Logo pensei, o babaca ta vendo tv e nem chama, levantei e fui pro quarto que ele estava, abri a porta e dou de cara com um video porno hetero na tv aonde a mulher estava com a rola atolada ate a garganta e o Moura na cama segurando uma piroca linda de 20cm dura como ferro…
EU – CARALHO ta no tesão mesmo kkkk
ELE – Porra que susto, vai ver o filme? Senta ai no sofa e não olha pra trás
Na mesma hora pensei, vou ficar no quarto, preciso ver esta piroca um pouco mais. Eu me tremia dos pes a cabeça desejando aquela rola… assistia ao video pensando em o que falar pra poder ter aquela rola inteira na boca.
Do nada eu me virei pra olhar a piroca novamente e ele estava so acariciando a pica, nao tocava punheta
EU – Achei que vc estava tocando punheta
ELE – To curtindo o meu pau duro… gosto de ficar alisando
EU – Pra quem queria gozar em um boquete tu ate que ta tranquilo então
ELE – Tudo que eu queria era uma boca na minha rola pra eu gozar
Esta foi a minha deixa… na mesma hora eu pensei, se eu deixar esta passar nunca mais vou ter coragem
EU – E eu, tomei bolo do Marcelo to a noite inteira querendo dar uma mamada…
Ele olhou pra mim de um jeito diferente, acho que não esperava eu falar isso… e perguntou
ELE – Sério, ta muito afim de mamar mesmo?
EU – Porra, tudo que eu queria
Ele olhou como quem avaliasse a situação bem tranquilo… levantou da cama segurandoo pau duro e parou bem na minha frente. Gente a minha boca estava seca, meu coração estava a mil e eu tremia muito.
Ele so parou na minha frente com o pau duro, 20 cm de musculo duro, rigido, a cabeça chegava a brilhar, balançou a rola na minha cara olhou pra mim e fez um movimento como quem me autorizava com a cabeça.
Precisei de mais nada, so abri a boca olhando pra ele enquanto ele colocava a cabeça do pau na minha boca e me deixava começar a chupar.
Fiquei chupando a cabeça do pau dele de início, estavamos timidos, ate que ele segura em meu cabelo e força a e trada da piroca em minha boca ate eu se tir a cabeça na garganta.
Pronto… foi ai que eu mamaei, mamei muito… eu engolia o maximo possível da piroca dele, ele segurava meu cabelo e fodia a minha boca como se fosse uma buceta e eu estava amando aquilo… era muito bom… eu tirava o pau da boca batia em minha cara, ele batia em minha cara com a rola também, fiquei uns bons 30 min com ele de pé na minha frente me fazendo engolir cada cm da pitoca deliciosa que ele tem. Ate que sinto o pau dele inchar em minha boca

ELE – Vou gozar… pqp vou gozar

Eu não falei nada, so abocanhei a rola dele o macimo que consegui, senti ele por as duas mãos en torno de minha cabeça e estourar em jatos de leitada na minha boca… foi a mamada mais gostosa que dei em minha vida, engoli todo aquele leite, segurei o pau dele e chupei para sorver cada gotinha. Ele ainda deu umas 3 estocadas em minha boca, tirou o pau, bateu em minha cara e falou
ELE – Caralho tu mama bem pra casete fdp
EU – Po um pau gostoso desse tem que mamar com gosto
Ele riu e começou a se vestir… sentou do meu lado e tirou do porno
ELE – Ninguém precisa saber disso
EU – Não mesmo, esta fica só entre nois dois.
Torcamos de assunto, logo depois fui dormir e de manhã tudo estava normal.

Tivemos muitos outros lances desses e ate mais abusados.
Conto aqui depois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *