Boquete da amiga de trabalho

Olá, neste primeiro conto, vou relatar uma experiência que tive com uma casada do trabalho.

LibidGel

Em 2015, prestava consultoria para uma empresa da cidade, trabalhava das 17h às 22h. E lá conheci esta pessoa, uma moreninha, de 1.50, uns 50kg, gostosinha.

Papo vai, papo vem, ela começou a me sondar sobre relacionamento. Disse ser casada, eu, informei que também era, e ela com um sorrisinho safado disse: mas não é capado, eu disse, isso aí !

Aumento Peniano

Ela era recepcionista, e toda vez que eu chegava, ela me olhava com um desejo enorme. Pegou meu contato, e pelo whatsapp, solicitou meu Skype, disse que seu marido espionava seu celular e que pelo Skype não teríamos problemas. Passei meu contato, e na sequência ela fez contato.

No dia seguinte, começou a falar do seu casamento, que estava carente, que fazia um tempo que não transava, apenas se masturbava.

A conversa foi esquentando, e ela a todo instante provocando, perguntou: você está excitado, manda uma foto.

Eu pra provocar de volta joguei, mais tarde te mostro.

Ela mandou uma carinha de feliz.

Quando cheguei ao trabalho, ela me viu, fixou seu olha para as minhas perna e disse, tô louca pra ver o que me aguarda, eu dei boa tarde e disse, já já verás.

Às 18h, final do expediente, todos começaram a sair, e estranharam quando ela disse que ficaria, pois tinha uns trabalhos para finalizar.

Umas 18h30, após todos terem saído, fui para a copa, lanchar.

Quando ela apareceu para pegar um copo d’água.

Eu ofereci o lanche e ela falou: quero outra coisa, eu disse na hora, fique a vontade.

Eu fiquei em pé, ela se ajoelhou e foi desabotoar minha calça, nessa, meu pau já estava duro.

Ela baixou a minha calça, minha cueca e avistou meu cacete, seu olho brilhou e ela disse: que cacete lindo e enorme.

Eu disse, pode degustar, é todo seu!

Ela caiu de boca, começou a me mamar loucamente, lambeu de cima a baixo, chupou meus testículos e tentava engolir, não conseguia mas não desistia.

Eu provoquei e disse, põe pra dentro, engole todinho.

Ela tentava, que lagrimava. E me chamava de safado.

Eu estava adorando aquela cena.

Ela me chupou bastante e eu perguntei, quer o leitinho todo de uma vez ou aos poucos?

Ela disse, quero de uma vez, encha a minha boca.

Com a minha mão, peguei seus cabelos, e comecei a presionar sua boca em direção ao meu cacete.

Penetrava sua boca com muita vontade, e ela adorava.

Até que eu falei, chegou a hora do seu lanchinho, leite quente.

Ela abriu a boca, pôs a língua pra fora, e eu gozei, enchendo sua boca.

Ela não deixou uma gota sequer cair, engoliu todo o meu gozo e lambeu os beiços.

Foi um boquete sensacional.

Eu disse, olha, você mama super bem, adorei.

Ela disse foi só o começo, você ainda não viu nada.

Pegou a minha mão e colocou em sua bucetinha, estava pingando.

Eu disse que delícia de buceta, tomei um copo d’água e fui para minha sala.

Um minuto depois, ela chegou na sua, eu tinha o campo visual.

Eu sabia que ela estava louca de tesão.

Passado uns cinco minutos, levantei, e fui pegar mais água, ela correu também e disse, eu quero de novo, adorei o seu leite, me dá mais?

Eu disse na hora, coloquei o garoto pra fora, e comecei a maltratar a boquinha dela.

Ela seguia tentando colocar o cacete na garganta, mas não conseguia.

Enfiei 3 dedos em sua buceta e a fiz gozar em meus dedos.

Ela falou me come, eu disse não, hoje é só o aperitivo. Só oral, aproveita e mama. Se conseguir colocar todo pra dentro, eu faço o que você quiser.

Ela tentou e não conseguiu.

Então eu gozei novamente em sua boquinha, e mais uma vez, ela tomou todo o meu leitinho.

Ela foi ao banheiro se recompor e eu voltei ao trabalho.

Ao sair, se despediu e com um sorriso safado desejou boa noite.

Eu disse boa noite, sonha comigo.

Que amanhã tem mais.

Ela mandou um: adoro.

Uns dez minutos após sair, chega mensagem em meu Skype.

Adorei, mas quero sentir esse cacete dentro de mim.

Eu falei, será uma prazer!

Mas eu disse, eu adoro sexo anal e você?

Ela falou, eu fiz poucas vezes, e olha que o pau do meu marido é a metade do seu.

Eu disse ótimo, quase virgem, deixa comigo, você aguenta, amanhã vou colocar tudo dentro de você.

Mais isso é para um outro relato, que contarei em breve.

Aguardo retorno dos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *