Minha primeira inversão

Olá tudo bem com vocês, tenho 35 anos, hetero, casado com uma mulher que curte uma boa sacanagem entre quatro paredes. Numa noite após uma festa de aniversário, havíamos bebido um pouco, fomos para a cama e começamos um belo amasso, beijo pra lá, mão para cá… pau duro e buceta melada… começamos um 69. Foi quando de repente minha mulher passou a ponta da língua no meu cu. Foi uma sensação maravilhosa, mas logo ela voltou para meu saco e pênis. Ainda trêmulo

com a nova situação (nunca ninguém havia tocado naquela região), pedi para que ela lambesse meu cuzinho (cheio de medos e preconceito dela achar que eu estava “enviadando”). Ela lambeu meus peitos, desceu pela minha barriga, lambeu meu pau da base até a ponta, e eu já fui abrindo minhas pernas. Ela segurou meu saco passou a língua , e em seguinda passou a língua na minha virilia descendo até a parte de baixo do saco. O cú já piscava, o pau latejava. E ela sem frescura lambeu de forma circular meu cú. Ameaçava me penetrar com a língua…uma delícia!! Em seguida

transamos com ela cavalgando sobre minha pica. Nas transas seguintes, ela sempre passava a língua por lá e eu adorava. Um dia ela pediu para ver filmes pornôs com homens sendo fudidos. Eu baixei alguns vídeos para ela e vimos juntos. E ela sempre dizia que gostava de ver homens levando vara, para saber o que as mulheres sentem quando levam pica no rabo. Numa de nossas transas, ela me chupou todo me deixou louco de tesão e disse que queria me comer…gelei… ela passou muito a língua no meu cú cuspiu um pouco para lubrificar lambeu um de seus dedos e ficou brincando na portinha… Pegou o gel lubrificante e ficou brincando na portinha, dei uma

relaxada e ela meteu todo o dedo no meu rabo. Confesso que ardeu um pouco, mas ela chupava meu pau como louca. O tesão era intenso. eu travava o cú e ela me pedia para eu relaxar. E eu relaxei… Ela pegou um vibrador de uns 20 cm colocou uma camisinha lubrificou e penetrou no meu cabaço bem devagar. Ardeu, doeu mas ela não parava de chupar meu pau e dizer: – Relaxa!!! -Relaxa!!! ela me fudeu gostoso e eu acabei gozando na sua boca, ela engoliu tudinho sem frescura. Perdi a vergonha e o cabaço.( rrss) Fiz um pênis em formato de L com duas pontas em silicone, para que ela me comesse e também fosse penetrada, fomos experimentar,

mas não segurou na buceta dela. Então ela me colocou de quatro e enfiou aquele pirocão ( muito maior e mais grosso) no meu rabo, sem pena. Socava com muita força enquanto me punhetava. Eu gemia de prazer e dor. Mas foi gostoso e gozei. Depois conversando com ela, ela me disse que fez com força por que na noite anterior, eu havia arrombado o cú dela sem pena e com força e quase a seco… Doce vingança!!! Recomendo aos que ainda não experimentaram uma inversão, não me sinto menos homem por isso,não tenho o mínimo tesão em homens, só conheci uma nova forma de sentir prazer com minha esposa. Grande abraço a todos, espero que tenham curtido minha história verídica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *