Rapidinha Na Praia Com a Tia Safada

Olá, me chamo Leonardo, no conto passado contei como fodi tia Marcia deliciosamente numa rapidinha no banheiro da minha casa e quase fomos pegos. Bom, umas semanas depois decidimos ir a praia, pois desde o carnaval que não íamos por conta do corona. Como de prache saímos as 8hs da manhã pra passar a manhã toda na praia. Tia Marcia estava exuberante como sempre, usava um biquíni com estampa de tigre bem curto, seus seios pulavam pra fora quase e sua bundona engolia a parte de baixo do biquíni e nem era um fio dental, tive que por uma blusa longa pra ver se escondia minha rola meia bomba só de olhar pra ela.

LibidGel

Saímos e chegamos na Praia do Futuro, ficando numa barraca de praia qualquer e pegamos uma mesa. Tomamos banho de mar, vi tia Marcia e a Juh se bronzeando, seu corpo brilhando dourado me deixava louco, estava ansioso pra chegar em casa e ver a marquinha de biquíni no corpo maravilhoso da minha tia, conversamos, bebemos, lá pras 10h30 a barraca já estava quase cheia, tia Marcia e eu estávamos um do lado do outro, conversando enquanto sentia a mão lisa de bronzeador alisando minha coxa, dando leves apertadas no meu pacote em cada risada que dava pra disfarçar. Eu já não me aguentava mãos de tesão, me segurava pra não dar um beijo em sua boca carnuda na frente de todo mundo, tentava deixar meu pau o mais relaxado possível pra não ficar duro usando uma sunga em plena praia, mas o máximo que conseguia era um pau meia bomba que ficava um pouco marcado. Me levanto e falo que vou ao banheiro, saio de lá correndo e entro na salinha pequena com 3 miquitórios e 2 cabines com a privada, entro em uma e fecho a porta, me sento no vaso e tento ficar menos duro, mas sou interrompido com uma mensagem do celular, era uma foto da tia Marcia, também no banheiro (só que feminino) sem a parte de cima do biquíni, mostrando seus peitos bronzeados, dava pra ver o desenho do biquíni perfeitamente e os mamilos estavam duros apontando pra cima. Não consigo me segurar e fico com o pau duro de vez, mando uma foto pra ela, que responde com um emoji de língua pra fora parecendo salivar.

Menos de um minuto depois a porta da minha cabine abre e vejo tia Marcia na minha frente, com seu biquíni de tigresa, o corpo bronzeado e uma marquinha de biquíni nos seios num biquíni mal colocado, ela me dá um sorriso ao ver minha rola dura pra fora da sunga e entra rápido, tranca a porta e arranca o biquíni todo, pula em cima de mim e me beija, sinto sua xoxota peluda roçar minha rola dura, querendo entrar, minha tia rebolava devagar enquanto me beijava, eu apertava e alisava sua bunda, sua cintura ia pra frente e pra trás e num movimento a cabeça do meu pau entra na buceta, ela se levanta um pouco e desce devagar, até entrar tudo e depois volta a me beijar enquanto rebola devagar, eu começo a alisar seu corpo, vou das costas até a bunda e depois desço pra suas coxas e subo de novo, sinto o calor do sol no corpo bronzeado. Até que seguro seu cabelo e puxo pra trás, a fazendo para de me beijar “Isso, puxa meu cabelo, seu safado, eu sou tua vadia.” A escuto falar baixo e começo a beijar seu pescoço, vou descendo aos beijos pelo seu busto e chego nos seios grandes, mamo um, depois beijo o outro, seguro o cabelo dela com força e levo sua boca a minha, dando outro beijo nela, “Eu tava me segurando pra te beijar lá fora, tia.” Eu falo enquanto a sinto quicar na minha rola, beijo seu pescoço de novo, enquanto suas unhas fincavam nas minhas costas “Isso, gostoso.” Ela fala enquanto quicava mais forte, eu puxo seu cabelo pra trás mais forte e levo minha outra mão aos seus seios, apertando-o, ela começa a gemer e eu tapo a boca com minha mão.

Aumento Peniano

De repente, ouvimos um barulho de gente entrando no banheiro e paramos imediatamente, escuto Lucas falar “Leo? Tá tudo bem ai? Tá com dor de barriga cara?” tia Marcia então se levanta e se ajoelha e começa a me chupar enquanto eu falo recuperando o folego entre as sugadas que ela dava “É Lucas, não sei… que diabo foi isso… do nada veio uma dorzinha fina e eu vim pra cá correndo, acho que… foi o açaí de ontem, coloquei muita coisa nele.” Ele ri e fala “É, bem que falei pra não por tudo aquilo ontem, hahah.” e sai. Eu já estava revirando os olhos enquanto nossa tia me fazia um boquete delicioso, chupava enquanto apertava meu saco por cima da sunga e engolia tudo, eu ainda segurava seu cabelo apertando bem forte, enquanto sentia sua boca quente babar meu pau todo.

Eu puxo sua cabeça pra cima e me levanto, a mandando ficar de quatro na privada, ela obedece e empina bem a bundona, eu me abaixo e começo a lamber sua xoxota, lambia os grandes lábios e depois mordiscava, tia Marcia gemia bem baixinho, eu me levanto e começo a pincelar minha rola nas suas entradas, ponho na pontinha do cuzinho, depois desço pra buceta, subo de novo e quando desço pela última vez, enfio tudo na xoxota peluda, nós dois gememos baixo e eu começo a bombar atrás dela, começo com estocadas lentas e vou aumentando, dou um tapa forte na bunda dela, o som ecoa pelo banheiro, quando sinto que vou gozar, ouvimos barulho de crianças. Uns 4 garotinhos entram no banheiro e começam a conversar entre eles. Falavam que tinham assistido pornô no pornhub de uma coroa que era fodida por um cara mais novo numa sauna. Minha tia e eu nos entreolhamos e seguramos o riso pela coincidência. De repente, ela sai de cima da privada e se ajoelha no chão, segura meu pau e começa um boquete, chupava só a cabeça, depois descia aos beijos pelo meu pau, subia de novo e engolia minha rola de uma vez, chupava e chupava, lambia, passava a língua, depois sugava só a glande e me punhetava, engolia tudo de novo.

Eu anuncio o gozo, esporrando na boca dela enquanto a via ficar com a boca aberta e a língua pra fora. Dou 3 jatos fortes de porra e a vejo engolir tudo. Nem tínhamos notado que os garotos já tinham ido embora, eu sento na privada e falo que a amava, escuto-a retribuir como “Te amo também, Leo.” E a vejo por o biquíni, saindo do banheiro masculino e indo direto pro feminino. Ainda fico me recuperando até que me troco e saio. Encontro o resto do pessoal e minha tia, almoçamos e fomos embora, já de noite, tia Marcia e eu nos encontramos e na casinha do quintal de casa e eu faço um boquete delicioso na xoxota dela. Fim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *