Sendo corno na cama do casal

Eu estava chegando do trabalho no sábado( trabalho até as 12:00), quando já no portão ouvi uns gritos uns gemidos, idênticos aos da minha esposa, entrei em casa lentamente e fui até o quarto para conferir o que estava acontecendo, e me deparei com as costas de um homem negro alto que estava metendo muito forte na minha mulher parecia que estava estuprando a mesma de tão forte que a comia, Anita gritava como se fosse de dor e ao mesmo tempos falava vai gostoso arromba minha xaninha seu filho da puta viado, delicia de negro, aquele corno nem pra isso serve,fode sua comadre, fode.

Fiquei ali alguns instantes observando e tenho que confessar que me deu muito tesão vê-la sendo comida por aquele negro com o cacete enorme,na nossa cama, nunca ela tinha dado pra outro na nossa casa/cama meu pintinho começou a ficou duro ao assistir a cena, nosso compadre, fudendo a comadre na nossa cama, Ébano era seu nome a segurava pela cintura e metia tão forte que chegava a emitir um som como de tapas, Anita parecia estar no auge do prazer, seus seios pareciam dois sinos que balançavam para frente e para trás e pelo reflexo do espelho do guarda roupa dava para ver que o cacete do negrão era muito grande tirava quase meio palmo do cacete para fora da sua buceta, e mesmo assim ainda não saia tudo, Ébano socava sem pena nenhuma, até que Anita começou a gritar sem parar devido esta começando a gozar foi ai que percebi que Ébano também começou anunciar que iria gozar também, dava para ver que era tanta porra que chegava a transbordar um montão de semem da bucetinha da minha mulher.( ela não usa camisinha com ele) percebendo que ao acabar, entrei no quarto sendo que Anita ficou super contente
– Oi meu corninho… como vc sabe que não da conta de apagar meu fogo chamei o meu macho, que esta adorando a nova comadre.

– Vem vê, ele acabou de gozar, chupa.
tive que cair de boca e deixar ela limpinha, como ela sabe que eu gosto na sequencia,ela foi na suíte do nosso quarto, onde estava o macho dela e voltaram a se pegar, e como estavam demorando fui ver o que estavam fazendo e não é que Ébano já comia Anita de novo pois dava para perceber pelos gemidos seus,segurando no registro de costa pra ele depois de muito brincar, foram para cama.
– Agora vc vai ver o que é mete….
– veja se aprende com o compadre, como se faz uma mulher feliz.
o Ébano, subiu em cima dela e vi sumir tudinho dentro da minha esposa.
depois de quase 1 hora metendo com Ébano, ele teve que ir embora, más não antes de deixar minha esposa feliz, gozada e cansadinha de tanto rola preta e grande.
Anita sempre gostou é tirar fotos pelada ou transando, Anita passou a me trair assim de maneira tão descarada depois que vasculhou o meu computador e viu as fotos de mulheres, casais, suruba.fui questionado.
– vc gosta disso, gosta de ver mulheres, casais?
tive que confidenciar,

– adoro assistir vídeos onde mulheres se exibi ou transam com mais de um homem. Adoraria ver vc com outro.
– então corno vou te ajudar…. será primeiro com o nosso compadre, ele e negro e já prestei atenção, tem o que vc não tem e me faz muita falta e não é de hoje que ele me provoca e me canta.
depois desse dia tive que prometer que deixaria sair com quem quisesse que não iria reclamar, além do Ébano, Anita deu para vários homens, se antes Anita já saia com a metade da bunda aparecendo e os seios quase todo para fora imagina agora que esta se sentido a vontade para dar para quem quiser. Olha que Anita e uma mulher nova, seios fartos e grande e mais com tudo no lugar e para me deixar mais maluco me falou que vai dar para um garoto que e nosso vizinho e tem apenas 16 anos e que já o viu de shorts e pela janela da sala viu fazendo xixi e seu cacete e maior que o meu e que vai adorar rebolar na pica dele.
hoje a maiorias dos dia que chego em casa, só tem recadinhos.
– fui meter com meu amante, me espere chegar pra me limpar e te contar tudo.
Hoje adoro meus dias de corno, sou muito feliz.
ela disse que qualquer dia me leva pra ver ela transando de novo, estou ansioso esperando esse dia.

1 Reply to “Sendo corno na cama do casal”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.