Vou comer somente o seu cuzinho

Meu nome é Gabriela, tenho hoje 23 anos, morena clara cabelos encaracolados magra não magrela seios médios e um bumbum redondinho, durinho.

O que vou contar aconteceu comigo exatamente uma semana antes do meu casamento,eu tinha 19 anos ” quase 19″.

Minha irmã a Márcia,tem 30 anos,e ela é casada com o Rodrigo,um homem de 35 anos, Rodrigo é um doce de pessoa, além disso ele é também muito bonito e sedutor.

Quando eles se casaram eu tinha 16 anos e era muito apegada a minha irmã,e assim sendo eu vivia na casa deles, que ficava na mesma rua da minha família.

O Rodrigo sempre foi muito legal.. gentil.. atencioso etc e assim um dia de repente eu percebi que o “Rô”me olhava diferente quando a Márcia não estava por perto.

Não sei explicar mas isso começou a mexer comigo.

O tempo foi passando e quando fiz 17 anos eu comecei a namorar sério com Cláudio, que seria meu marido.

Minha intenção era casar virgem, assim como a Márcia se casou.

E assim durante meu namoro eu nunca permitia que o Cláudio avançasse além do limite.

Voltando ao meu cunhado, durante meu namoro o Rodrigo demostrava mais e mais seu interesse por mim,e não vou negar que eu também sentia uma atração muito grande por ele.

Pois bem,uma semana antes do meu casamento, minha irmã e nossas amigas fizeram uma despedida de solteira para mim.

Nos reunimos num sítio do Rodrigo, que ficava a uma hora e meia de onde moravamos.

Estávamos só nós as mulheres no sítio, brincando, dançando e principalmente bebendo …

Quando a noite chegou eu já estava meio bêbada e foi então que minha irmã ligou para o Rodrigo pedindo para ele ir buscar eu e minha mãe e meu pai e minha tia.

Minha irmã e nossas amigas iam passar a noite no sítio.

No caminho eu que estava no banco do passageiro fui só olhando para trás e quando vi que meu pais e a tia estavam cochilando, eu não pude me controlar e assim sentei virada para o Rodrigo e como eu estava de saia jeans bem curtinha, discretamente comecei a provocar o Rodrigo.

Ele me olhava e não dizia nada…

Chegando em casa,ele pediu para que eu fosse com ele até sua casa, para separar umas roupas que minha irmã ia doar para o casal que eram caseiros do sítio.

Deixamos meus pais e segui com ele.

Já na sua casa, Rodrigo não perdeu tempo e me deu um longo e delicioso beijo.

Naquele momento eu não tinha mais como evitar pois eu também queria aquilo.

Quando eu vi eu já estava nua na cama de minha irmã.

A tentação era muito grande mas mesmo assim eu falei a ele que eu era virgem e que meu futuro marido sabia disso.

Foi então que o Rô com seu jeito sedutor me disse:

__ Gabriela então só tem um jeito..

Perguntei como assim?

Ele me deu outro beijo e sem dizer nada me virou de bruços e falou no meu ouvido…

__ Vou comer só seu cuzinho.ta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *