Realizei mais uma vontade da minha esposa

Olá como já me apresentei nos outros contos sou o Felipe,sou casado com a Júlia.

O conto que relato agora nos aconteceu recentemente domingo de carnaval.

Estávamos em casa quando meu celular toca e era meu amigo Léo falando que estava na rua aonde fomos criados e iria passar o dia la.

No final da tarde retorno a ligação pedindo para nos encontrar em uma rua próximo que ficava entre o local que morávamos e aonde ele estava.

Fomos para nossa casa e fomos para nosso quarto Léo se senta em uma cadeira e Júlia e eu na nossa cama.

começamos a conversar sobre nossos trabalhos,família do tempo e outras coisas,nisso Júlia se levanta para pegar uma bebida para nós na geladeira,quando ela se levanta noto que ela estava sem calcinha já que ela esta com uma saia bem curta e logo imaginei,ela quer repetir aquela foda outra vez.

Por que se eu vi que ela estava sem calcinha Léo também tinha reparado com certeza,quando ela volta para o quarto ela sobe na cama de 4,com a bunda virada para Léo e me beija me entregando a bebida que coloco logo no chão e dou um beijo em Júlia e falo você esta sem calcinha ne safada,passando a mão em sua buceta.

Coloquei ela deitada na cama e levanto sua saia e começo a lamber sua buceta passando a língua por toda sua extensão,fazendo ela gemer,mordi seu grelo,passei a língua na entrada daquela bucetinha linda e introduzi minha língua nela,levanto sua camisa e levo minhas mãos em seus seios acariciando um de depois o outro meto meu dedo na sua buceta e contínuo a lamber ate fazer ela gozar em minha boca e Léo ali parado nos observando.

Paro com aquele sexo oral em Júlia e a beijo na boca,ela olha para Léo e se levanta,vai ate ele faz tipo uma dança strip rebola na sua frente passa os peito na sua boca e segura sua mão levando até sua buceta que estava molhada,ele penetra um de seus dedos e com a outra mão aperta sua bunda.

Minha esposa começa a apertar seu pau e pondo-o para fora,se ajoelhando na frente dele e chupa seu pau com toda vontade e prazer.

Sem se preocupar com nada ela senta em seu pau cavalgando como uma putinha querendo pau.

Não demorou muito e meu amigo anunciou que iria gozar,minha esposa descontrolada gemendo grita,vai,isso goza na minha buceta,sentando ainda com mais vontade,até sentir o pau de Léo pulsar dentro dela e a encher de porra.

Minha esposa também goza junto com ele e o beija.

Levantam e ela o trás para nossa cama aonde eu estava assistindo tudo de pau duro esperando minha esposa vir me fazer gozar também.

Ela senta em cima de mim colocando meu pau na entrada da sua buceta que estava toda melada com gozo deles dois e ponhe meu pau pra dentro dela,Léo estava em pé na ponta da cama e da seu pau para minha esposa chupar e ela o chupou com vontade.

Logo ele fica de pau duro e minha esposa me pede para trocar de lugar com ele é assim fiz.

Léo se deitou na cama em meu lugar e Júlia sentou em cima dele já colocando sua buceta bem encaixada no pau do Léo e foi descendo enquanto ela cavalgava nele fui na minha gaveta do guarda-roupa e peguei um gel lubrificante e comecei a passar no cuzinho da Júlia quando toquei em seu cu Júlia se estremeceu toda deu pra sentir uma corrente elétrica de prazer correndo pelo corpo da minha mulher,passo um pouco de gel também no meu pau e começo a passar a cabeça em seu anel e empurro um pouco ate entrar a cabeça do meu pau,ela da um grito e pede para continuar e assim faço,ela fica parada em sente Léo penetrar na sua buceta e eu metendo cada vez mais no seu cu,penetro tudo meu pau nela e começamos um delicioso vai e vem numa linda PD.

Minha esposa delirando de prazer gemendo como nunca tinha visto antes anuncia que iria gozar,segurei firme em sua bunda abrindo ainda mais e gozei bem no fundo do seu cu,Léo por sua vez apertou a cintura dela e também gozou bem no fundo da sua buceta e Júlia gozou se sentindo toda preenchida com tanta porra.

Ainda demos nossas picas para Júlia chupar e ela chupou tudo.

Foi ótimo nosso carnaval .

Ainda tínhamos mais 2 dias de folia .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *