Dando pro entregador de Pizza

Num sábado, eu estava com um tesão danado. No final da tarde, estava nua em casa, meu marido vendo filme, fui na sala, abaixei o short e a cueca e chupei seu pau, fiz um boquete gostoso, ele gemia, segurando minha cabeça, chupei tanto que ele gozou na minha boca. Subi nele e sentei no colo dele nua e meus seios no peito dele. Ele Maria chega, já gozei, vc hoje tá que tá heim. Fui pro quarto puta da vida, deitei na cama e comecei a me mastubar, enfiando dois dedos na bucetinha e outro no cuzinho, aiii, quero pica aiii, aiii que gostoso até gozar nos dedos, meus seios super excitados.

Nisso Gilberto grita lá da sala, amor vou sair e tomar umas cervejas e volto até às dez. Isso já era quase oito da noite. A é, pensei tu vai ver. Liguei e pedi uma pizza, fui tomar banho, coloquei uma calcinha preta sem sutiã e esperei.
A campainha da casa tocou fui atende lá no portão só de calcinha. Quando abri o portão toda cheirosa, cabelo molhado e calcinha sem sutiã. O entregador me deu

uma secada de baixo encima. Olhei pra ele um moreno de alto, normal. Não era lindo, mas pensei é esse, mandei ele entra, fechei o portão. Quando chegou na sala, disse senta aí no sofá, ele sentou, olhei pra ele, gostou do material, lógico, peguei na mão dele e sentei no colo dele, colei meus lábios no dele e nos beijamos. Sentia o pau dele endurecer na minha bunda. Eu, que gostoso quero essa pizza dentro de mim, tirei sua camisa e lambi seus peitos, mordia seus mamilos. Ele, moça, faz mais

vai, desce vai moça desce, e voltei pro lábios e o beijei de novo. Desci devagar passando na barriga, abri o zíper da calça e puxei junto com a cueca pra baixo, saltou um pau e tanto envergado, cai de boca naquele monumento, ele gemia, vai chupa vai, eu engolia todo o pau. Lambendo até o saco. Ele sentado no sofá e eu mamando. Massageava às bolas. Ele vou gozar vai moça vai e eu mais rápido no vai e vem até que enfiei o dedo no cu dele, nessa hora saltou vários jatos de porra na minha boca.

Que engolia e ele gozava mais eu fiz um vai e vem no cu dele. Mas o moreno gozou muito. Nos beijamos por algum tempo. Ele me chupava os seios, chegando a deixa Los vermelhos. Desceu e enfiou a lingua na minha bucetinha que úmida gozei na hora, segurando ele. E pensa como ele chupou gostoso enfiava a língua na xaninha e no cuzinho. Que tanto fazer essa ida de um pro outro. Gozei de novo. Aiii meu pizzeeiro. Quero essa rola gritava pra ele, me come, o corno me deixou na mão. Quero te dar. Virei e fiquei de quatro. Ele enfiou de uma vez só. Que doeu mas adorei. Mete fdp. Mete nessa puta. Quero dar quero que goze aqui dentro vai. Mete.

O moreno socava. E falava, corno viado não come mas eu aqui como. Essa puta vai puta geme geme e goza no meu caralho. Eu vai queo que vc goze que vou fazer o corno ver. Vai, gemia e pedia mais. Foram mais de vinte minutos ele socando até sentir ele jorrar dentro de mim, aproveitei e gozei. Escorria aquele gozo branco nas coxas, o sofá todo melado. Nos beijamos de novo. Chupei ele todo lambendo seu

corpo tirando as porras da coxas dele. Depois nos beijamos, fui pagar, ele não precisa essa é por conta. Ele foi embora, eu fiquei no sofá nua toda gozada. Uma hora depois quase dez horas o corno chegou e me viu. Eu amor comprei e levei pizza. Gilberto sua puta mesmo. Me lambeu toda.. Limpando todo o gozo nosso depois comemos e fomos dormir. Adoro dar, trepar. Me sinto satisfeita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.