Esposa curiosa no feriado prolongado

Vou começar com nomes fictícios para não comprometer ninguém e poder aguçar nossa imaginação. Éramos recém- casados Cinthia e Régis , apenas dois anos e num feriadão prolongado na nossa cidade , combinamos de ir acampar na praia de Bora Bora São Sebastião eu minha esposa Cinthia 24 anos e mais três pessoas ,uma amiga dela Mônica com 23 e a irmã mais nova Veronica 19 e um amigo meu Alexandre que na época estávamos com 26 anos . Saímos sexta feira a tarde ,meu amigo ficou encarregado de levas as amigas da minha esposa, que esqueci de descrever eram duas loirinha muito gostosas e com cara de safadas a novinha uma ninfeta deliciosa.

Passamos no mercado fizemos compras básicas, bebidas e seguimos pro litoral , chegando no camping escolhemos um lugar pra armar a barraca de 2 quartos bem debaixo de uma árvore e as meninas se apressaram para fazer um lanche. Comemos um lanche e fomos dar um passeio na praia à noite, vocês sabem como são recém casados, deixamos o 3 irem mais a frente e fomos devagar atrás uns 3 a 5 metros de distância, escuridão barulho das ondas e eu já com tesão tirei meu pau pra fora da bermuda e fiz com que minha esposa segurasse nele e tirei um dois seios dela pra

fora da camiseta e hora chupava e hora massageava os bicos dos seios e ela me punhetando e seguimos andando atrás deles, quando derrepente Mônica para e vira olhar para trás para perguntar algo para Cinthia levamos um susto mas continuamos na posição em que paramos Cinthia com a mão no meu pau é eu com a mão no seio dela e estávamos acreditando que devido a escuridão e a distancia uns 3 metros ela não conseguiria ver, engano, mas continuamos na posição, perguntas feitas, seguimos a caminhada e agora com mais tesão ainda em saber que Mônica percebeu o que fazíamos. Depois de uma hora voltamos para a barraca fizemos uma fogueira e começamos a beber, Alexandre já estava com indiretas para Mônica e eu dava uns

beijos mais ardentes em Cinthia e Veronica não estava acostumada a beber logo foi se deitar,ficando apenas nos 4 bebendo e jogando conversando fora,é não demorou muito para Mônica falar que também iria se deitar e resolvemos todos nós recolher. Dormiram Mônica , Veronica e Alexandre em um quarto da barraca e eu e Cinthia em outro e assim passamos a noite. Amanheceu dia lindo prometia ,tomamos café as meninas se arrumavam para ir se esticar na areia para se bronzear e eu e Alexandre resolvemos ir até as pedras pescar, saímos antes delas se trocarem e seguimos para pesca,no caminho Alexandre já foi contando sobre a noite com duas gatas gostosas, mas que somente deu umas décadas e uns cupões nos peitinhos da

Mônica enquanto ela punhetava ele, disse que ficou com medo da gente ouvir , respondi que eu ouvi barulhos mas Cinthia estava apagada. Ficamos umas 2 horas nas pedras e voltamos, quando de longe dava pra ver alguns caras que estavam com um cooler bebendo perto das garotas e quando chegamos mais perto percebemos que um deles estava sentado ao lado da minha esposa conversando e descobrimos porque aqueles rapazes estavam lá, Cinthia minha esposa até então recatada estava com um bikini preto enterrado na bundinha esticada de bruços na toalha , já

Veronica com fio dental vermelho que quase dava pra ver as beiradinha da bucetinha e Veronica também com um bikini socado na raba e sem a parte de cima já num papo bem entrosado, Mônica se encarregou de apresentar os 3 rapazes que logo nos serviram uma cerveja já que as meninas já estavam bebendo, Carlos, Evandro eram de uma cidade vizinha e trabalhavam juntos em uma empresa de papel e celulose e Moisés por coincidência morava no mesmo bairro que eu e Cinthia e trabalhava em uma empresa do bairro e assim ficamos conversando ,bebendo e comendo tira gosto com os novos amigos ate o sol se pôr. Como nossa barraca estáva bem próxima da

praia nos despedimos e os 3 seguiram para o fim do camping, as meninas pareciam estar embriagadas e cansadas e resolveram tomar um banho e saíram em direção à ducha, fiquei eu e Alexandre já matutando um jeitinho de dar uma trepada. Pronto banho tomado, era visível o cansaço delas é Veronica logo se recolher para descansar , ficando Cinthia eu Mônica e Alexandre até mais tarde e logo Mônica também diz que vai descansar e em seguida digo que vou apenas tirar um cochilo., ficando minha esposa Cinthia e meu amigo Alexandre conversando de frente a barraca ao entrar na barraca vejo que Mônica estava deitada bem na divisória dos quartos ,me posicionei bem próximo e como já havia escurecido de fora da barraca não dava pra ver,estava tentando dormir mas ao perceber que minha esposa é meu amigo

começaram a falar baixo fiquei curioso é passei a prestar atenção na conversa,quando ouço Cinthia meio que sem jeito perguntar para o Alexandre se realmente era verdade e ele sem saber do que se tratava retrucou, verdade o que? Percebi que Cinthia estava procurando uma maneira de perguntar, mas derrepente ouço seu membro é grande mesmo!Alexandre etado com a pergunta responde ,quem falou, Régis é meu amigo de infância ele não iria te falar isso com você, minha esposa respondeu, não foi ele não foi a Mônica ela me me contou enquanto tomávamos banho que na primeira noite ela segurou seu pau ou melhor ela disse que tentou porque ele era grande e grosso que não coube na mão dela e que ela ficou

imaginando como faria para colocar ele na boca já que a cabeça da rola era enorme. Aquela conversa havia me deixado de pau duro, minha esposa curiosa com o tamanho do pau do meu amigo e eu ali do lado da safada que estava fazendo com que minha esposa se interessar por outra rola, levantei a divisória dos quartos e comecei a passar a mão na bundinha da Mônica enquanto eles continuavam a conversar ,percebi que Mônica estava acordada também me aproximei do seu ouvindo e sussurrando falei , você viu o que fez já encostando meu pau duro na sua bunda e ela retribuindo, continuei a sussurrar e beijar seu pescoço e de olho na varanda da barraca onde apenas dava para ver o culto de Cinthia e Alexandre

conversando agora eu já não mais prestava atenção na conversa e passei a beijar Mônica na boca que retribuia comecei a dedilhar sua bucetinha depilada por debaixo do shorts largo de malha fina que ela usava enquanto minha esposa conversava já não sei mais o que com meu amigo. Nessa euforia e tesão eu já estava completamente por cima de Mônica me posicionando para um meia nove quando percebi que a irmã mais nova Veronica estava ao lado dormindo,voltei ao ouvido de Mônica e falei para passarmos pro outro quarto onde pra minha surpresa ela se recusou e falou ,vamos fazer aqui mesmo e aquilo me deixou com o pau estourando saber que a irmã mais nova estava ao lado, posicionei a cabeça na entrada da xoxotinha ensopada de Mônica e enterrei bem devagar e comecei a bombar lentamente , quando me lembro dos dois pro lado de fora da barraca e não ouço ninguém falar nada , continuo metendo em Mônica mas agora preocupado com a minha esposa levanto a cabeça para ver o porquê do silêncio através do vulto pude perceber meu amigo sentado na cadeira de praia e minha esposa de joelhos em sua frente fazendo movimentos de quê estava chupando ele, nisso meu pau ficou ainda mais duro começo a meter com mais força em Mônica mas agora não tirando o olhar dos dois e como dava apenas para ver o culto dos movimentos comecei a imaginar minha esposa com aquela rola enorme na boca, não aguentei é sem poder fazer barulho gozei gostoso naquele bucetinha lisinha e apertada de Mônica com Veronica ao lado. E voltei pro meu lado da barraca e esperei uns 5 minutos mas de olho no vulto da minha esposa ajoelhada mamando meu amigo ,quando vejo que ela se levanta ,espero mais uns minutos e volto a ouvir os dois conversando e aproveito para sair e vejo que já estavam recompostos e com cara de quê não fizeram nada de anormal aviso que vou até o banheiro nisso ouço Mônica pedir pra esperar que iria também e chamou minha esposa Cinthia para acompanhá-la, retornamos e fomos todos dormir. Dia seguinte café da manhã todos juntos na mesa , conversando como nada tivesse acontecido, começamos a arrumar algumas coisas porque iríamos embora naquela tarde,garotas na praia ,bikini enterrado aproveitando último dia, hora de ir embora, eu e minha esposa em um carro meu amigo com as duas em outro , transito carregado muito devagar ,quando na subida da serra parou tudo ,minha esposa Cinthia vira pra mim e pergunta , é verdade que o Alexandre é dotado , eu fiz cara de eto e retornei com outra pergunta, quem disse isso, ela responde com uma naturalidade foi a Mônica ela disse que tentou chupar ele na barraca na primeira noite e não conseguiu porque o pau dele era grande grosso e cabeçudo só fiquei curiosa pra saber se existe mesmo pau assim do jeito que ela falou,olhei bem nos olhos dela e vi que ela havia gostado da rola do Alexandre e falei assim , é verdade um pau de dar inveja ai já mandei logo , ele me disse que nenhuma menina(mulher)ate hoje havia conseguido colocar a cabeça da rola dele na boca ela me olhou com cara de surpresa e disse não acredito ele esta mentindo,perguntei como ela sabia que ele estava mentindo ela desconversou colocou a mão por cima do meu pau que já estava duro com aquela conversa,puxou minha bermuda pra baixo , transito parado e caiu de boca mamando gostoso até eu gostar na sua boca, percebi que aquele gesto era um sinal pra mudarmos de assunto, mas que eu já sabia a resposta e já ficando com tesão novamente com aquela imagem dela ajoelhada chupando meu amigo e quem sabe outros homens. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.