Foda Deliciosa no Shopping

Conheci um garoto em um app de relacionamento, ele não é muito bonito, mas não estava enteressada em nada sério apenas em uma boa tranza, e quando vi a foto daquele pau, me deu água na boca na hora. Marcarmos de ver um filme e eu super comportada falei que não ia tranzar no primeiro encontro, mas o meu vestido super colado indocava outra coisa, assistimos um filme bem mais ou menos, no qual não prestei muito atenção, tava ocupada batendo uma punheta nele na ultima fileira, depois de ele me masturbar, me deixando bem molhadinha, enfiou um dedo e depois dois, quando enfiou o terceiro eu ja tava pronta pra arrancar minha calcinha e sentar no pau grosso dele, mas me controlei e bati uma boa punheta pra ele, sentir todo aquele pau d tamanho bem mediano 14 cm, mas o que o deixa especial é a grossura, minha mão não contornava todo, com as veias saltando, o pau pulsando na minha mão. Quando saimos ele começou a me puxar

para um canto achei que pegariamos o elevador, mas ele abriu a porta d emergência que ligou a luz no automático, decemos dois lances d escada e a luz se apagou, era o lugar perfeito, não dava para ver quase nada, o que deixa tudo muito mais excitante, ele tirou minha calcinha de renda vermelha, e voltou e enfiar seus dedos em mim bem fundo, era só um aperitivo. Me empurrou d leve ao chão, fiquei de joelhos, ele abriu a calça e tirou o pau pra fora completamente duro, chupei, mas como chupei, mordi de leve, chupava e batia punheta ao mesmo tempo, beijei ecariciei e depois abocanhava como podia, cheguei a ficar com a mandíbula doendo de tanto que precisava abrir a boca. Então ele me puxou pra cima, assim como meu vestido deixando a mostra minha bunda e claro a minha bucetinha pingando de desejo, se

ajoelhou e me chupou no começo um pouco sem jeito, mas pegou logo, me chupava e enfiava os dedos, parava de enfiar os dedos para se masturbar, eu tava pronta, gemia aos baixinho, mas não era o que eu queria, gosto de gemer alto, gosto que tampem minha boca e me mandem calar a boca, Então ele se levantou colocou a camisinha, deu uma cuspida no pau e meteu de uma única vez, eu gritei, como ele estava atrás de mim, puxou meu cabelo e socou aquele pau sem nenhuma piedade, abri mais as pernas e empinei a bunda o maximo que dava, cada tapa dele na minha bunda ardia e me deixava com mais tesão, queria gozar, gritar, empurrei ele e o mandei me pegar no colo de frente, ele fez e apoiou as minhas costas na parede, com as pernas entrelaçadas nele, bem abertas, para receber mais daquele pau, joguei

meu peso quase todo no corrimão que tem a altura perfeita, e me abraçei a ele, e ele .meteu com mais força, gemia no ouvido dele, e o mandava gozar, me comer, e arrebentar inteira, até que ele falou que ia gozar, me ajoelhei bem rapido e tirei a camisinha e abocanhei o pau tudo que consegui, em poucas chupadas ele gozou, chupei, e limpei todo o leitinho e engoli. Logo ele tava com tesão de novo eu tinha acabado de achar minha calcinha e ele ja veio querendo me comer denovo. Mas como ja tava toda dolorida e gozada, e com um puta medo de sermos pegos, falei que não, e prometi que se ele se comportase na proxima eu dava o cuzinho, e promessa feita precisa ser cumprida, mas esse é para outro conto. ?? bjs amores, e gozem muito ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *