Fui Seduzido pela mulher de meu amigo

Desde há duas semanas para cá venho dando umas escapadelas noturnas depois de sair do trabalho, pela casa dum amigo meu, no qual o mesmo trabalha na mesma empresa que eu mas não no mesmo horário, saio há meia noite e o meu amigo está a entrar ao serviço
Tudo acabou por acontecer por sua causa, por um esquecimento seu kkk, nós temos uma amizade enorme mas mesmo assim não impediu de acontecer o que veio acontecer ne
Sempre que é possível saíamos os três ou os quatro quando havia uma namoradinha no meu lado, uma amizade entre ela e ele ne
Continuando….

Libidgel Gratis


Assim que meu amigo chegou ao trabalho, nesse dia, me pediu um favor, se podia passar por sua casa pois tinha trazido o carregador do celular de sua namorada (ambos já viviam juntos, mas em casa dos pais dela)
Ele é meu amigo, mas claro mulher de amigo devia ser olhada como fosse um homem, mas aquela mulher era impossível não a desejar, loira, branquinha e magrinha, hmmm e as vezes quando andava de leggins notava se seu capo inchado kkk, muitas vezes meu amigo comentava comigo sobre as fodas que eles davam, e eu invejando por dentro, mas nenhuma vez tive coragem de tentar por respeito, mas meus olhares sempre que podiam miravam aquele corpinho…

Então lá fui fazer o favor a ele, e entregar o carregador à sua namorada, cheguei já ligando para ela, a mesma abriu a porta, vestidinho curto de pijama quase transparente, seus biquinhos tesos hmm uma delícia, e ela na mínima descontração com a minha presença, quando ia entregar o carregador e já me ia despedir dela, a mesma pergunta me se queria tomar um café, e até que aceitei, e lá entrei sem segundas intenções, mas me roendo por dentro, vendo o desejo proibido assim daquele jeito

Sexo Telefone

Foi me dizendo que tava só na casa, seus pais tinham ido passar o fim de semana fora, tava ali solitária, e aquele bocado ao menos ia lhe fazer um pouco de companhia
Começou comentando comigo como as vezes fazia, sobre o turno de seu namorado ainda não ter mudado, fazia duas semanas que passava noites sozinha e que quase nem tinham tempo para eles, etc… era compreensível o que ela dizia mas é a vida ne
Teoricamente tava me dizendo que tava carente kkkk, e coitado de mim, eu ali e claro que meu amigo nem sonha que fiquei por lá ne
Assim que começa a preparar o café, deixa cair algo no chão, quando ela se abaixa para buscar o que caiu, foi devagar na maior descontração, e esquecendo de certeza que eu tava ali só podia ne kkk, seu vestido sobe para cima de quanto curto era, e mostra sua bunda branquinha sem qualquer calcinha, e sua bucetinha inchada um pouco a vista, era inchada naturalmente afinal kkk, foi quando se apercebeu por si que fez algo que não devia, pois não se lembrara que tava sem calcinha kkk, eu sem que foi sem segundas intenções da parte dela….

-vc viu algo?
-eu? Não….
-eu sei que viu, pfv não conte para o Gustavo
-acha? Que ele dizer se eu contasse ne
-não sei como me fui esquecer… sabe, não pense mal de mim
-vc tá em sua casa ne
Me deu o café para a mão, e meio envergonhada pelo acontecido
-gostou ao menos do que vc viu?
-porque tas a perguntar isso?
-curiosidade, nunca ninguém me viu assim, tirando o Gustavo ne
-nem vi em condições, olhei com reação de olhar, desculpe
Ela apenas tava encostada ao balcão da cozinha, a poucos centímetros de mim, eu a controlar meu cérebro, meu olhar perdia se naqueles biquinhos tesos, seu peito era pequeno mas do pouco que era, ela era demais kkkk
Quando dei um gole no café, ouço algo com uma voz provocadora e que quase me engasguei
-posso mostrar novamente, se ficar entre a gente
-vc tá louca? Quase que me dava qualquer coisinha… vc bebeu algo?
-tou carente só isso… e vc é meu amigo ne
-sou, mas não sei, e Gustavo?
-esqueço o por agora
Ela coloca seu dedo na minha boca para estar calado, vira de costas para mim, se apoiando no balcão, e puxa seu vestido para cima
-quer ver ou não ? Eu sei que é errado, mas não aguento mais este fogo dentro de mim, preciso de um homem para me dar atenção,
-nós não devíamos, vc quer mesmo isso? É que assim nem eu aguento
Ela ainda por mais, abriu sua bunda, buraquinhos vermelhos, aquela bunda arrebitada, meu pau dando luz verde para perder a cabeça e por fim
-me toca João, pfv
Comecei passando minhas mãos pelo seu corpinho, meu pau duro por dentro da calça tocava na sua bunda, era uma gatinha no cio, perdeu a cabeça aquela mulher, parecia um sonho, eka querendo se entregar a mim ne
-João so há uma coisa, vou ter que apagar a luz se não vizinhança vai desconfiar
-se acha que é melhor, pena não puder ver sua carinha kkk
No escurinho, ela se sobressaiu mais, e eu acabei aceitando, ao mesmo tempo sabendo que era a namorada de meu amigo mas ali naquele escuro era como fosse qualquer uma
Ela se revelou, beijou me sem avisar, sem qualquer visão me despia, tocando no meu pau, massajando, sentindo a dureza do mesmo
-nossa, nunca pensei que vc fosse assim, é maior que Gustavo
-vc não vai aguentar e?
-vou mas vá com calma, não tou acostumada
-e que tal, vc acender a luz um pouco e mudarmos de lugar?
-no meu quarto não
-quero um sitio que possa ligar a luz ne, no banheiro kkk não ga janelas, e espaço não falta kkk
-sim mas com outra condição…. Quero do meu jeito
-como quiseres, desde que não te arrependas depois
Talvez a situação da luz foi desculpa por parte dela, pois a mesma se ausentou até seu quarto deixando há espera no banheiro, assim que chegou, colocou sua venda de dormir
-vc tá com vergonha de mim? Que veja seu rosto desejando este pau entrando em vc?
-não fale, e me come logo vai,
-vc tá me usando ne sua putinha, tu queres é pau nessa bucetinha, é vais ter, é chorar por mais
-vai logo
Ela se apoiava no lavatório frente ao espelho, mas a fiz virar para mim, me ajoelhei ficando ao nível para chupar, lamber sua bucetinha inchada, não podia deixar ela só querer pau ne, continha seus gemidos para os vizinhos não ouvirem, implorava para parar, sua bucetinha delirava com minha boca por lá, que gosto que tinha, hmmm sem pelinho nela, depois beijava sua boca para ela sentir o gosto, enquanto minha mão continuava na sua bucetinha húmida escorrendo segundos depois seu mel
-se é para ser feito algo, tem que ser bem feito sua putinha… agora vais ver no que te meteste… queres trair o teu namorado com o amigo dele ne? Então vais ser punida por este pau, ninguém trai meu amigo kkk…. Vira te frente… isso…. Abre bem essa bunda…
Ela apenas escutava, e mantinha se no silêncio, ela por dentro sabia que tava a ser uma valente putinha, as vezes que criticou suas amigos, por isto é aquilo que faziam aos seus namorados no passado, ela como era tão certinha acabou por ser como elas….
-coloca uma camisinha
-vai ao natural, para sentires a pele entrar nessa bucetinha
-então tente não gozar dentro por favor
Assim que meu pau tocou na entrada de sua bucetinha, se arrepiou toda, era uma putinha no cio, aos poucos a cabeça entrava, um novo tamanho e de grossura entrando nela , se continha, apenas pelo espelho via a morder seus lábios, assim que tudo entrou, agarrei seus cabelos, puxando a para mim até meu tronco, e sussurrando no ouvido
-já te tas babando outra vez? Ainda nem sentiste nada…. Que queres que eu faça agora?
-me comas toda pfv, sou tua vai
Aos poucos ia devagar, fazendo se acostumar a meu pau, sua bunda batia em mim e ficava até vermelha de intensidade que foi aumentando, ela não parava de gozar no meu pau, sua bucetinha inchada ainda mais ficou de tanto sentir meu pau, ela continha os gemidos para dentro, sentindo sua buceta a alargar, tava prestes a gozar, só me apetecia gozar dentro…mas me contive
-tas me quase a me fazer gozar…. Da me o teu braço… agora ajoelha te, e me chupa
-mas… eu…
-eu sei que gostas, se não gostares vais começar a gostar….
Sua boca era bem gulosa, sua língua brincava na minha cabeça, a mesma continuava com a venda nos seus olhos… mas como não queria ver a minha cara, não sei porque, talvez a condenação mental seria melhor ne… teve azar por que não aguentei e tinha que ver aquele olhar
No momento em que tava prestes a gozar, retiro a venda,, minha mão forcava ela a ir fundo, olhava para mim com uns olhos depois que tirei a venda kkk assim que o gozo tava chegando, retiro meu pau da sua boca e acabo por gozar no seu rosto, na boca, escorrendo pelo seu corpinho….. Que visão, que foda gostosa mas com um pingo de arrependimento, mas aconteceu ne kkkk
Ela teve que ir tomar um duche, depois de tanto leite ter recebido, não falou mais nada até eu ir embora, não arrependida não foi, nem por não ter gostado, senao não me tinha contactado
No dia a seguir não deve ter saído da cama kkkk devia ter dado uma boa desculpa ao seu namorado, pois tinha sua bunda marcada de palmadas, bucetinha vermelhinha ne kkk, pois há tarde nesse dia eu e ele tivemos juntos, e pergunte i por ela e ele apenas disse que ela tava meia doente kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *