História de amor entre Mãe e filho!

Tudo começou quando meu pai deixou da minha mae e deu pra nós um sítio a uns 14 km da cidade, minha mãe com 55 e eu com 32, porém nesse tempo de separação dos meus pais, eu estava saindo de um casamento de 4 anos, trabalhava na cidade e minha mae me convidou pra ficar no sítio uns dias pra ela nao posar sozinha e eu tbm dar uma ajuda nos afazeres do pátio…

segunds feira trabalhei na parte da manha ate as 14, passei na casa de minha mãe enchi o carro e fomos pro sitio… a tarde cai, fogo na lareira, jantamos cedo as 20 por ai… a casa tinha 1 quarto, sala, cozinha e 7m banheiro no fim do corredor que nao tem porta.. a casa era de madeira bem precaria.. tinha um sofa, e uma cama de casal com um tv antica e um bide lateral…

tudo muito simples… fui criado vendo minha mãe tomar banho nua e nunca me passou pela cabeça algo como incesto, mas aquando adolescente ouvia meus pais transando e achava excitante ouvir ela gemer.. coisa de adolescente!!

tomei banho coloquei uma bermuda e uma camiseta, minha mae ja deitada com uma camisola branca aciando joelho e a frente de renda realçando os seios sem sutiã, ela e magra seios fartos e uma bundo bem bonita apesar da idade pele macia.. cabelo preto crespo ate abaixo do ombro, eu tenho 1,70 nao sou musculosos… tenho pelos lisos no peito e na barriga nao tenho barriga, uso barba e sou sério, sou de pouca risada.. mas depilo toda parte genital pq acho mais higiênico…! deitamos fiquei de costas pra ela.. no meio da madrugada acordo com ela abraçada em, mim! ok e minha mãe!

no outro dia segue a rotina.. fui pro serviço voltei a meia tarde… fizemos nosso afazeres… minha comenta sobre a falta do meu pai e tals e eu falei que tbm estava achabdo estranho estar solteiro pq gosto da vida de casado… mas ja fazia 5 meses que eu e minha esposa na vivíamos mais juntos como marido e mulher.. ela entendeu o que eu quis dizer .. pois ela e meu pai ja faziam 1 anos que tbm nao faziam sexo…

depois de ssa conversa fomos dormir.. como aqui no sul e muito frio… assim fomos terça ,quarta, quinta…
todos os dias acordavamos abraçados e tal..
na sexta deitamos estava um temporal eu estava sem camisa recem tinha saido do banho estava usando uma cueca branca bem solta ajudei minha mae a fechar as janelas era umas 11 da noite ela ja estava de camisola quando ela deitou eu me atirei na cama de cueca e bem na hora faltou luz… dai acabei me tapando e ela tbm..

ficamos ali deitados ouvindo as trovoadas e o sono foi chegando dormi… era umas 2 da manhã me acordei abraçado na minha mãe, de conxinha.. com o pau meia bomba…e senti que ela meionque tentava se encaixar em mim talvez por causa do frio.. so que aquilo me deixou um pouco anestesiado pois eu sentia sua pela macia sua bunca encostar bem no meu pai.. que ja dava sinais de vida própria.. e eu fui deixando.. a fricçao foi ficando intensa, meu braço ja estava por cima dela, meu pau já estava todo babado poia fazia 1 mes que eu nao comia ninguém…certa hora

minha mae deu uma empinada na Bunda, pois ela estava vendo e sentindo o que estava acontecendo, minha rola e grossa e sou sacudo nao tinha como disfarçar e outra ela ja estava estourando pra fora da cueca a camisola de minha mãe ja estava na altura da bunda…coloquei a mae na cintura dela e preasionei contra meu corpo seu quadril fazendo meu pau encaixar na bunda…e fui subindo mais a camisola dela… a luz dos relâmpagos iluminavam a quarto pelas frestas sa madeira… e podia ver ela se retorcebdo eafregando sua bunda em mim…criei coragem.. tirei meu pau pra fora e encaixei entre as coxas… ela levantou a perna pra dar espaço dele chegar ate sua bucetinha, que ja melava ate calcinha,

puxei devagar a calcinha dela pro lado e baba do meu pau ae misturava com baba da buceta dela… aos poucos acabeça encaixou bem na portinha dajela buceta cabeluda, buceta essa que era da minha mãe..
foi movimentando devagar eu ela na mesma sintonia… quando meu pau entrou todos nossas respirações começaram a fica ofegantes… so se ouvia a cama ringindo e nossas respirações….fodiamos nao tao devagar no ritmo vai vem… era a so nosso

quadris se mexendo.. um sexo delicioso e pecaminoso… mas cheio de tesao… comecei a acelerar… dos sussuros e respiração acelerada… deu espaço a espasmos de desesepro de muma mulher madura que precisava de carinho e de um homem quem precisava amar uma mulher….ela levantou um pouco a perna pra socadas ficarem mais forfe….

eu ouvi a voz trêmula e baixe de minha mae dizendo.
– assim amor assim amor…. haaaaa haaaa… sin ela estava gozando no pau do filho… e eu ao ouvir nao contive o tesao e gemi alto junto com ela… e nossa porra se encontrou e eu senti ela escorrendo pelas minhas bolas me deixava louco…e ficamos abraçados todo melado …so ouvindo nosas rapiraçoes…. e acabamos dormindo daquele jeito…!!! no outro dia me levantei e fui a cidade trabalhar cheguei e nada falamos sobre o assunto…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *