A Transa que mudou a minha vida

Olá amigos! Primeiramente vou me apresentar. Me chamo Graziele, tenho 22 anos, morena, cabelos castanhos, seios médios e durinhos, bunda média pra grande, coxas grossas de malhar.
O que passo a contar aconteceu quando eu tinha recém completado 18 anos e mudou tudo em minha vida. Nessa época eu havia acabado de começar minha faculdade, trabalhava em uma empresa de médio porte e com meu salário pagava minha faculdade e ainda sobrava algum dinheiro pra minhas coisas do dia a dia.

Porém seis meses após começara faculdade acabei sendo demitida. No começo tudo ainda ia bem, pois consegui adiantar alguns meses da faculdade, como não arrumava emprego logo, comecei a atrasar as mensalidades e pensei em trancar a faculdade e voltar assim que arrumasse emprego, porém um dia conversando com uma amiga ela me perguntou por que eu não fazia programa para pagar a faculdade. Na hora fiquei um pouco irritada com a pergunta, mas ela me disse que aquilo era muito comum e que ela mesma fazia já tinha uns oito meses. Desconversei e mudei de

assunto, porém aquilo ficou em minha cabeça. Uma semana depois chamei a para conversar e perguntei melhor como era. Ela me explicou que saia principalmente com coroas e alguns professores da própria faculdade. Mesmo com um pouco de medo e vergonha, perguntei se ela me apresentava aos caras que ela fazia programa, ela disse que sim e três dias depois fiz meu primeiro programa com um coroa de 45 anos. Confesso que não foi uma experiência boa, porém pelo dinheiro valeu muito à pena. Depois do primeiro vieram outros e aos poucos fui me acostumando e

curtindo e algumas vezes até gozando. Mas o que realmente mudou minha vida foi quando fiz meu primeiro programa com um dos professores de lá o João. Ele um homem de 38 anos, moreno claro, corpo bem definido, bonito um delicioso pau grosso de 18 cm e além de gostoso sabia muito bem como tratar uma mulher. João me tratou na primeira vez como uma verdadeira dama e não como puta que eu era. Após nossa primeira vez, João praticamente virou meu cliente de toda sexta feira, às vezes saíamos na sexta eu passava o final de semana todo com ele, íamos pra festas, barzinhos, como dois namorados mesmo.

Quatro meses após nossa primeira vez, João me fez uma confissão e uma proposta. Ele me disse que sentia vontade de me ver dando e se eu não topava um programa em que eu seria puta de outros e ele assistindo. Achei um pouco estranho, mas pensando no dinheiro aceitei a proposta e perguntei como seria ele me disse que arrumaria uns amigos, iríamos para a chácara dele e eu daria para eles na frente dele como se eu fosse sua namorada e ele corno. Combinamos então que faríamos no sábado seguinte então.

Na sexta feira saímos e passei a noite toda dando para ele e ele falando como queria que eu fosse puta dos amigos dele. No sábado, acordei, tomamos um café e ele me disse que seus amigos chegariam por volta de meio dia, que era pra eu me arrumar bem sexy. Coloquei então um shortinho jeans que praticamente mostrava toda a popa da minha bunda e deixava minhas pernas bem à mostra, uma blusinha rosa decotada que realçava bem meus seios, uma calcinha branca de licra por baixo.
Por volta de meio dia e meia os amigos de João chegaram, eram quatro no total.

Todos na faixa de idade entre 37 e 46. O Sérgio, branco, cabelos grisalhos, forte, 46 anos e um delicioso pau de 17 cm cheio de veias saltadas, o Julio, morno claro, 39 anos, um pouco barrigudinho, mas bem bonito também e uma bela rola de 19 cm, o Joel 42 anos, moreno, um pouco gordinho também, porém o mais pauzudo deles, 22 cm e por fim o Rogério, moreno também, magro e uma rola de 18 cm também.
Cumprimentei um a um com um beijinho e começamos a beber um pouco e conversar. Seus amigos já estavam loucos pra me foder, porém João foi falando como queria que eles fizessem e me tratassem como puta deles, o que eles adoraram.

Após conversarmos e eu beber algumas cervejas para perder o medo e um pouco da vergonha que ainda tinha, João nos levou até o quarto e se sentando em uma cadeira que havia lá disse para que começássemos. Fui rodeada por eles então e comecei sendo alisada, beijada, chupada, lambida de todas as formas por aqueles machos que foram tirando minha roupa. Aos poucos fui me soltando mais e quando me dei conta já estava ajoelhada chupando todas aquelas rolas de forma gulosa. Todos faziam questão de segurar minha cabeça e praticamente foder minha boca. Em determinado momento u chupava o Julio e comecei a ser chupada pelo Sérgio que sugava meu

grelo arrancando gemidos de prazer verdadeiro e Rogério mamava em meus seios. Após muita chupação e eu já bem molhada, eles se organizaram e me colocando de quatro virada de frente para João começaram a me foder. O primeiro foi o Julio que me segurando forte socou de uma vez só em minha bucetinha que estava bem molhada e engoliu com facilidade sua rola. Ao mesmo tempo em que era fodida por ele eu chupava os outros três que se revezavam em minha boca. Aos poucos eles foram fodendo um a um minha buceta e confesso que no calor acabei gozando

gostoso na rola de Rogério, principalmente ouvindo João me chamando de puta e que eu era sua namoradinha safada e vadia. Após foderem muito minha buceta, eles começaram a se revezar em meu cuzinho, primeiro deixaram ele bem molhadinho com um gel que João nos deu e então começaram a socar em meu cu. Primeiro foi o Sérgio, depois o Julio, o Rogério e por fim o Joel que sendo o mais dotado me fez sentir um pouco de dor, porém prazer também.

Eu já estava toda molhada de suor, vermelha, melada de seus líquidos, porém eles e João ainda queriam mais. Então começaram a me foder em dupla fazendo dupla penetração. Eu já tinha feito uma vez e gostado, por isso não foi tão difícil pra mim. Primeiro veio o Sérgio em minha buceta e o Julio em meu cu, que me fodiam num gostoso ritmo me fazendo sentir muito tesão. Eu gemia, gritava e chamava João de corno, pois ele havia pedido isso pra mim. Após Sérgio e Julio vieram então o Joel em minha buceta e Rogério em meu cu. Eles começaram a me foder tão gostoso que

acabei num delicioso gozo que beirou um orgasmo praticamente. Nisso João quase gozando pediu para que eles me enchessem de porra. Continuei então cavalgando na rola de Joel que se acabou num delicioso gozo e encheu minha buceta com muita porra. Então saí de cima dele e me coloquei de ladinho e Julio então socando em meu cu encheu ele de porra também, Sérgio e Rogério gozaram em minha boca, rosto e seios me deixando completamente melada de porra.

Fiquei caída exausta na cama. Então João se aproximou e começou a me beijar, chupar minha buceta e limpa La com a porra que escorria e me beijava em seguida. Como ele ainda não tinha gozado colocou sua rola em minha boca e despejou um rio de porra que eu engoli tudo e ainda começamos a nos beijar. Após descansar um pouco, me levantei e fui tomar banho com João que me beijava me alisava, me chamava de sua putinha safada.

Quando saímos, continuamos a beber e conversar e durante o dia ainda dei de novo para eles todos, mas separados.
À noite por volta de oito horas todos foram embora e eu passei a noite com João que disse que tinha amado tudo aquilo. Confesso que além do dinheiro que foi muito bom, adorei também, pois me senti muito puta e ao mesmo tempo desejada e amada. Alguns meses depois terminou o primeiro ano da faculdade, mas ainda continuei fazendo programa e sempre com João aos finais de semana. Depois de uns dois meses que havia voltado as aulas, João me fez uma proposta, ele me chamou

para morar com ele e disse que eu poderia continuar fazendo programa, mas que sempre contasse pra ele e que de vez em quando iria querer me ver dando pra outros, achei um pouco loucura, mas acabei aceitando e estamos juntos desde então eu sendo sua putinha e esposa ao mesmo tempo. Os ritmos de meus programas diminuíram bastante até porque não preciso mais, primeiro porque já estou terminando a faculdade e segundo que João me dá de tudo. Tenho feito mais por prazer meu e de João que adora ser meu corno e me ver dando pra outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.