Fudendo a amiga gostosa

Tenho uma amiga de 42 anos, sempre que podemos nós saimos para aproveitar o melhor do sexo entre homem e mulher. Ângela é uma pessoa incrível com um marido que não dá o calor que ela merece, ela é uma delícia e sempre que nos encontramos rola uma química incrível. Estávamos num bar de uma amiga que sabe dos nossos encontros e de nossas transas, uma roda de amigos tomando cerveja, o marido dela estava junto bebendo também. Ele precisou sair, eu fiquei muito feliz, aos poucos os outros amigos foram indo embora, ficamos eu e ela.

Libidgel Gratis


Conversamos com nossa amiga dona do bar para “emprestar” um quarto para nosso encontro, Ângela entrou e fui atrás, ela estava deliciosa, nos abraçamos e nos beijamos, mas neste dia tinhamos que ser rápidos. Ela baixou minha bermuda e abocanhou meu pau, como ela chupa gostoso, tirei sua blusa liberei seus seios e mamei gostoso, como gosto se chupar seus seios, fui acariciando todo o seu corpo até chegar na xota deliciosa que ela tem, chupei e brinquei com os dedos na xota e no cuzinho dela, ela goza fácil e logo estava gozando, a pus de quatro e fiquei brincando com o pau na entrada da xota, ela pedia para fude la logo, botei a cabeça do pau na estrada da buceta dela e forcei para dentro com força, ela gemia alto e eu enfiava mais forte até que ela gozou de novo.

Queria fuder o cu dela dessa vez, já tentamos varias vezes mas ela nunca conseguia aguentar meu pau, sei que ela dava o cuzinho pro marido e eu também queria.
Chupei o cu dela e tentei alargar com os dedos, deixei bem molhado coloquei a cabeça na entrada do cu e forcei um pouco, ela tentou sair mas desta vez a segurei e não deixei ela escapar, disse que queria fuder o cu delicioso dela naquele dia, ela se acalmou e eu coloquei um pouco mais, ela começou a chorar mas pedia para continua empurrando no cu com força, era quase um estupro, estava me dando muito prazer, quando consegui enfiar tudo no cu dela comecei a bombar mais forte e cada vez mais fundo, anunciei que iria gozar e gozei muito naquele cuzinho, ficamos deitados por um tempo e sai de dentro dela, tinha porra escorrendo com sangue. Tomamos banho e fomos para o bar.

Sexo Telefone

Ela ligou para o marido e disse que iria dormir na casa da dona do bar, disse que havia bebido muito, não tinha condições de dirigir, dormi lá também mas ela estava arrombada, toda inchada de ter dado o cu, apenas chupou meu pau e gozei em sua boca, dormimos abraçados o resto da noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *