Minha Esposa com Outro Macho no Banheiro da Balada

Era sábado e após um dia de praia com a minha esposa como sempre com biquini de putinha e a macharada tarando ela, tudo isso nos deixa cheios de tesão, ao chegar em casa normalmente eu levo ela para o quarto e enfio a rola nela, mas nesse dia ela só ficou me provocando me beijou e disse que não faria nada agora , que iriamos descansar um pouco para ir para balada hj, nesse momento desconfiei que a minha esposa estava afim de aprontar hj, então ficamos de boa assistindo tv e quando era de noite a minha esposa pegou a toalha foi para o banho e deu para ouvir a gilete na

parede, então pensei mais uma vez que ela má intencionada… Então ela saiu do banho e se trancou no quarto e eu foi tomar banho rapidamente coloquei um jeans, uma camiseta , um tenis e ja estava pronta e minha esposa ainda estava de calcinha e sultien fazendo a maquiangem após secar o cabelo… Então ela colocou uma blusinha bem decotada e uma mini saia soltinha e um salto alto e deixava as pernas bem amostra e veio defilar perguntando se estava bom, e eu disse que ela esta linda e gostosa e que iria fazer sucesso … ela só deu um sorrisinho de putinha e voltou para o quarto … E fomos para a balada, eu como sempre parei no posto para abastecer e comprar um energético e minha esposa esposa que foi na loja de conveniencia desfilando toda putinha no posto e a macharada tudo tarando ela… E fomos para uma balada sertaneja.

Chegamos e entramos na balada que ja tinha bastante gente e peguei uma mesa dessas que tem umas banquetas altas e era proximo da pista e ficamos por ali tomando uma caipirinha e curtindo o som, tinha uns solteiros em volta e como sempre eles sempre ficam tarando a minha esposa e minha esposa tb sempre dá uma olhadinha para eles e faz um charminho e eu fico sempre cara de corno, as vezes até me dá um pouco de ciúmes quando a minha esposa não me dá muito atenção e fica mais preocupada em fazer charminho para os caras …

Nesse dia tinha um cara encostado no balcão do bar que não tiva o olha da minha esposa , e o cara não fazia nem questão de disfarçar, e minha esposa tb reparou no cara e toda hora trocava olhar com o cara e mexia no cabelo, nessas horas a minha esposa fica parecendo uma adolescente flertando com o cara e eu fico parecendo um primo dela, o cara era bonitão grande forte cabeça raspada parecia bem sucedido pelas roupas e pelo relogio… E ficamos nessa paquera um bom tempo e eu me fazendo de bobo, foi quando cara após tomar uns drinks e ter certeza que a minha esposa estava dando bola para ele se levanta e vem até a nossa mesa e se apresentou dizendo seu nome e que era de outra cidade , que era representante comercial e estava de passagem , e minha esposa foi super receptiva com o cara e cheia de sorrisos, e eu como estava meio enciumado eu estava mais curto seco com o cara , e minha esposa nem estava me dando atenção direito me deixando meio emburrado, então o papo esta fluíndo bem entre os dois que estavam cheiros de sorrisinhos, eu nem sei o que falavam eu nem estava participando da conversa, então ele pegou na mão da minha esposa e eles foram para a pista dançar sertanejo, nessa hora me deu mais ciúmes de ver ele pegando na cintura dela e sentindo o perfume dela, e ela rebolando para ele e ele girava e e encochava ela , e minha esposa nem se importava comigo e ela só me olhava as veze eu com cara meio fechada… E eu só olhava o cara se aproveitando da minha esposa , eles ficaram dançando bastante tempo, e quando voltaram para a mesas para beber a minha esposa ficou do lado dele e depois que eu vi que os dois estavam de mãos das por baixo da mesa… A minha esposa percebe quando eu fico com ciúmes e parece que isso deixa ela ainda mais safada…

Então a minha esposa o esse cara ficaram conversando em bebendo mais um pouco quando a minha esposa só me avisou que eles iriam no banheiro e sairam os dois de mãos dada e eu fiquei com cara de corno só olhando a minha esposa puxando o cara e eu fiquei só prestando atenção, então a minha esposa foi no banheiro feminino e o cara foi no masculino e ficou esperando a minha esposa, então quando os ela saiu e o cara puxou a minha esposa um local mais tranquilo da balada , onde tinha pouca gente então ele grudou minha esposa na parece e beijou ela e ela correspondeu o beijo e os dois ficaram se beijando bem devagarzinho e deu para ver de longe que a minha esposa esta doidinha de tesão , na hora meu deu gelo no corpo, um mistura de ciúmes com tesão, meu pau ficou durão na hora e eu fiquei olhando tudo de longe… os dois estava se beijando com muito tesão, então o cara pegou na mão da minha esposa e entrou com ela no banheiro masculino que mais afastado e quase não tem movimento, nessa hora meu coração disparou , então eu dei um tempinho e foi la no banheiro, e quando eu entrei não tinha ninguem no banheiro e a ultima cabine estava fichada, então eu entrei na cabine do lado e tranquei e fiquei ali fingindo que estava mijando, e entrou outros caras e mijaram , olhei por baixo deu para ver que a minha esposa estava sentada na privada e o cara estava em pé na frente dela e ela estava chupando , então deu uma olhada por cima e vi minha esposa chupando o pauzão do cara no banheiro da balada e ela chupava e punhetava com muito tesão, então depois o cara levantou e virou a minha esposa de costas e apoiou ela na parece e o cara levantou a saia dela e tirou a calcinha dela e guardou no bolso e ele começou a bulinar minha esposa por trás e minha esposa ficava esfregando a buceta melada na mão do cara , então ela agachou atrás da minha esposa abriu a bunda dela e ficou lambendo a buceta e cúzinho dela e ela até deixava escapara uns gemidinhos , depois o cara levantou e começou a esfregar o pauxão na xoxota melada dela, então o pauzão dele foi escorregando para dentro e minha esposa nessa hora geme gostoso, por sorte não tinha ninguem no banheiro e então o cara começa meter nada devagar ela rebolava igual uma puta no pau do cara , e ela delirava de prazer e sempre escapava uns gemidinhos e uns poc poc, então entrou um cara para mija eles disfarçaram um pouco ele meteu mais leve, e depois que o cara saiu o cara começou a meter para valer nela e ela gemeu baixinho … Então quando ele estava quase gozando ele tirou o pau e colocou minha esposa sentada e minha esposa começou a chupar e a punheta e ele ficou parado com a mão na cintura e a minha esposa chupando e punhetando até o cara não aguentar mais e encher a boca da minha esposa de porra e minha esposa não tirou a boca não deixou cair uma gota então minha esposa engoliu tudo e depois lambeu o pau do cara e deixou ele limpinho , nessa hora eu saiu do banheiro silenciosamente e voltei para a mesa rapidamente cheio de adrenalina por tudo que tinha presenciado… Passado alguns minutos a minha esposa volta para a mesa sozinha e disse que o amigo dela foi embora e que ela queria ir embora tb, então puxei ela pela mão e ela vei toda facinha e eu dei um beijo na boca dela que ainda estava com gosto de porra e minha esposa ainda estava cheia de tesão pois ainda não tinha gozado então eu passei o dedo na xoxota dela esta toda babada, então pagamos a conta e fomos rapidamente para casa, chegando em casa eu comecei ela beijar ela na sala mesmo derrubei ela no sofá e ela ja caiu de quatro toda arrebitada então levantei a saia dela ela estava sem calcinha com a buceta toda babada então eu comecei a lamber a xoxota dela e ela rebolava na minha cara, então eu comecei a dar uns tapas na bunda dela e dizia para ela…

– Pensa que eu não vi o que vc fez com o cara no banheiro é ??

– Ain Amor, eu não fiz nada …

Então eu coloquei meu pau na buceta melada e amaciada dela e dava uns tapas na bunda dela :

– Pensa que eu não vi vc chupando a rola dele no banheiro é sua putinha safada…

– Ain Amor, como que vc viu seu safado ??

– Eu fiquei no cabine do lado vendo tudo sua putinha …

– Ain Amor, era vc seu safado… Eu vi que tinha alguem…

– Sim era eu sua putinha safada , eu vi quando deixou o cara abaixar a sua calcinha e enfiar o pauzão na sua buceta e vi vc rebolando na rola dele bem putinha …

– Ain Amor, ele era muito tarado , eu viu que eu era casada e mesmo assim levou sua esposinha no banheiro e meteu bem gostoso…

– Vc gostou do pauzão dele né sua putinha safada ??

– Ain Amor eu adorei o pauzão dele, ele enfiu tudinho dentro da sua esposa enquanto vc esta cheio de ciúmes…

– Pense que eu não vi depois vc chupando e punhetando ele até ele gozar na sua boca e vc lamber tudinho …

– Ain Amor , esse safado gozou na boca da sua esposa e vc não fez nada seu corno … Vc fica com ciumes mas adora ser corno bem mansinho né amor ??

– Sim minha putinha safada , eu adoro quando vc me deixa com ciumes e apronta com outros machos…

Nessa hora eu começo a meter nela cheio de tesão e ela começa a esfregar a buceta por baixo até ela não aguentar e ter um fortissimo orgasmo e seu corpo se contrai todo e solta até uns esguchos de xixi e eu segura com força na anca dela e dou mais umas bombadas e descarrego toda a porra na buceta dela e depois eu solto ela e ela desaba ainda sentindo alguma contrações do orgasmos que vai passando ao poucos… Então ela respira profundamente , volta a si e vai para o banheiro se limpar e eu vou na area de serviço pegar um pano para limpar a molhadeira que ela fez…

Essa foi mais uma aventura da minha esposa putinha, espero que tenham gostado , favor deixar uma nota e um comentário para sabermos se estão gostando.

Temos um blog para casais liberais : https://clubedosmaridoscornos.blogspot.com/

Um abraço e até a proxima aventura… Confiram nossa aventuras anteriores.

3 Replies to “Minha Esposa com Outro Macho no Banheiro da Balada”

    1. Eu queria uma esposa assim.
      Ja dividi esposas de cornos, mas nao consigo que minha esposa aceite isso,
      Como eu gostaria de uma esposa liveral como eu sou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *