Primeira Vez Com Dois

Boa noite… Sou a Mônica, prazer… Tenho 40 anos e essa loucura foi minha primeira, faz dez anos e portanto tinha 30 anos na época… Não mudei muito, tenho 1,72 m e 58 kg, típica brasileira gostosa com seios grandes e empinados… Uma tatuagem de triângulo na nuca e muito tesão ali e nos seios… Sou tipo cavala, minha xoxota é bem grande e receptiva… Na época de faculdade sempre causava separações e brigas, o que mudou é que sou ruiva por completo hoje, antes eu dividia entre o escuro natural e a metade ruiva… Isso não sei o motivo me fazia passar por puta ali… E eu era, com algumas regras… Nunca faria um 69 e sempre com apenas uma

LibidGel

pessoa… Meu conto não é apenas de sacanagem gente… Me formei em economia, bancada pelos pais, e fiz mestrado… Minha sacanagem na faculdade diminuíra… Agora gostava de instrutores de academia, amigas eles servem para isso e são discretos… Depois do mestrado passei em um concurso aqui para o Rio de Janeiro, somos cariocas… Dava aulas, fazia academia e engatei no doutorado, tudo perto na zona sul do Rio… Assim conheci o Nando, na época professor de economia e com 34

Aumento Peniano

anos muito atraente… Namoramos e casamos em um ano… Eu não o traí… Estava estressada demais… E não imaginava o motivo, o Nando me satisfazia em tudo… Um amigo em comum com quem conversávamos horas era o Rodrigo, também economista e ainda matemático, mas um fracasso em relacionamentos… Com o stress, eu descontava nele chegando a ser grossa, ele se afastou, o Nando me fez

pedir desculpas… Marcamos uma noite em que meu sobrinho Sandro de 20 anos estaria em casa… O Rodrigo chegou e fizemos um churrasco, todos bem amigos ali… Por um momento imaginei o Rodrigo sem roupa… Nossa que loucura… De onde aquilo vinha??? Piorando nossas propostas, o churrasco teve vinho e depois o Rodrigo acendeu um baseado… O Nando nem bebeu pois faz plantão e com a absoluta confiança no Rodrigo esse lindo com 36 anos se arrumou e saindo disse…
– Fica a vontade Rodrigo… A casa é sua…

Nos olhamos chapados e rimos… O Nando achou graça…
– Vocês ficam fumando essas merdas e dá nisso…
O Rodrigo perguntou se podia mesmo ficar… Ele disse que sim e se foi… O Sandro ainda fraco com vinho e erva tomava banho e se jogava na cama apagando… Peguei duas garrafas de vinho geladas e o Rodrigo seus baseados… Eu sabia o que ia acontecer ali… Minha xoxota estava latejando e quente… Sentei a beira da piscina com ele, abri o vinho e tragamos um baseado cada… A bandeja de carne entre nós e nos olhávamos sem falar nada… Tentávamos conversar mas não conseguíamos… Eu bem alterada mas decidida fui ao meu quarto mandando ele esperar… Talvez porque ele só gostasse de magrinhas??? Essas coisas me passavam pela cabeça… Voltei dando um mergulho na piscina… O biquíni exibia meus seios grandes e as coxas enormes… Dois economistas… Não seria preciso falar nada…
– Senta na mesa comigo Rodrigo… Vamos falar das mulheres…

– Ahhh Mônica… Esse papo só me deixa para baixo…
– Rodrigo, quando você transou pela última vez???
– Nossa Mônica que coisa direta…
Uma chuva enorme começou e entramos… Ele foi tomar banho e eu peguei mais bebidas… O encontrei no meu quarto, ele tem essa liberdade… De bermuda e camiseta, coloquei as bebidas e disse que tomaria banho… Peguei uma calcinha de algodão e uma camiseta enorme, seria mais direta com ele… E voltei ao quarto… Sentei a poltrona do computador, ele disse que estava inseguro… Dei viagras a ele e mandei esperar a insegurança passar… Bebemos e acendemos os outros baseados… Minha xoxota escorria mas queria aquilo sem pressa…
– Me conta, quanto tempo???
– Um ano Mônica…
– Ué mas aquela sua namorada… Parecia safada…
– Mas ela reclamou do tamanho… Me chupou apenas e foi embora…
Eu jurei a mim mesma que se o Rodrigo fosse pequeno daria para o meu sobrinho…
– Então… Você sempre quis ver meus seios ou não??? Fala a verdade…
– Mas e depois??? Não estamos errando???
Eu tirei a camiseta e nunca tinha visto ele com aquele olhar… A bermuda parecia normal…
– Agora me mostra o seu… Sem vergonha…
– Mas eu sinto…
– Rodrigo hoje é nosso dia, que promete faz tempo…
Fiquei de joelhos… Ele levantou e realmente na dobra da bermuda estavam… 22 cm de pinto… Meu marido tem 20 cm, mas aquilo com pele e já babando… Ele me beijou como uma namorada… Lambeu meus seios e enfiou os dedos na minha xoxota esfregando e depois lambeu…
– Só como se gozar antes Mônica…
Eu já escorria e sem mamar ele colocou na entrada… Estava aberta na cama… E colocou… Que urro eu dei… Tocou meu útero e eu pedi clemência…
– Porra Rodrigo mulher magra não é para você… Me come…
Ele foi indo e vindo… Uns dez minutos…
– Mônica você quer leite onde???
– Goza dentro… Você pode…
Ele mijou esperma em mim… Me limpei com a calcinha e avisei…
– Sabe que não acabou aqui né???
Ele me deitou na cama e se jogou por cima de mim colocando o pinto na minha boca e lambendo minha xoxota… Era meu 69… Me debati mas gozei muito… Desisti de sair e entendi… Era mamar ou mamar… Ele estava duro… Quando gozei ele riu e mandou:
– Fica de quatro… Acho que você está precisando Mônica…
Ele me deu uma comida de macho de mais de 20 minutos… Esfolada, senti seu leite em mim de novo… Nos desengatamos já sabendo que seriamos amantes… Fumamos um… Queria água, fomos à cozinha… Nos beijávamos quando o Sandro apareceu duro…
– E agora Rodrigo???
– Brinca um pouco com ele… Depois vamos nós a um motel…
– Sandro deixa eu ver…
Comecei a mamar… Mas o Rodrigo ficou ao lado… Maior que minhas regras, eu mamei duas picas… Sentei na mesa e abri…
– Me usem…
– Mônica você é muito gostosa…
– Isso Sandro… Fala mais… Despeja em mim…
Eu punhetava o Rodrigo… O Sandro espirrou desesperado não acreditando ainda… O Rodrigo colocou… Meus seios foram mamados até ficarem marcados… Quando foi gozar, me deu um banho de leite… E fomos para a cama… O resto da noite eu mamei um e tomei outro na xoxota… Assim começou minha vida de esposa traidora…

Beijos e fotos da Mônica!!! Gozem muito e comentem!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *