Brincadeira com o Ex e seu amigo

Naquele mesmo sábado minha namorada tinha saído as 07:00 da manha de casa para resolver seu problema, ela vestida uma calça leg preta e uma camisa branca colada no corpo e com decote, ela pega o ônibus sentido barra e chega lá por volta das 9:30, o transito não tinha ajudado muito na viagem. Chegando lá ela manda mensagem para o seu amigo que responde mostrando o motel que ele estava e manda ela ir para lá. Chegando lá ela manda mensagem para ele que responde dizendo o numero do quarto que estava e ela sem falar mais nada apenas sobe os

andares ate chegar no quarto dito por ele, ela da duas batidas na porta e não demora muito para atende-la, mas nesse tempo alguns homens mexem com ela o que a incomoda. Ela vê a porta se abrindo e de lá sai uma mulher branca de biquíni preto que a olha com um sorriso e vai embora, ela entra no quarto e vê seu amigo de pé vestindo um roupão de banho e bebendo algo perto da janela, ela da uma suspirada e fecha a porta e nisso ele se vira para ela e diz:

-Conheceu minha amiga, deveria dizer que não rolo nada, mas como a gente não é nada não preciso esconder.

Ela da outro suspiro e fala:

-Vamos terminar logo com isso para eu ir embora.

-Para a que a pressa, não tem nada de importante para fazer hoje, certo?. – Ele diz sorrindo.

Ela abaixa a cabeça e ele se aproxima dela e com sua mão levanta a cabeça dela e a beija, colocando toda sua língua dentro da boca dela que permitia toda a ação dele sem recusar, ele se afasta dela e fala:

-Espere aqui, vou pegar uma coisa.

Ele entra no quarto e ao voltar para sala ele tinha em posse uma caixa preta e estende para ela e diz:

-Pra você dizer que não te dou nada, isso é um presente, agora vai lá e vista isso que vou te esperar aqui no sofá.

Sem falar nada ela pega a caixa e vai para o quarto onde momentos atrás ele estava com a outra garota, mas ao se virar o seu amigo diz:

-Não vai agradecer?

-Obrigada pelo presente. – Diz a menina.

A menina volta a caminha ate o quarto e ao entrar ela fecha a porta e se aproxima da cama onde tinha 4 camisinhas usadas, o cheiro de sexo era vidente no quarto. Ela coloca a caixa em cima da cama e de repente lagrimas saem do seu rosto molhando a caixa:

-Porque? Porque eu deixei isso acontecer? Era so ter recusado no começo… Um video do passado não mudaria nada, mas agora… Depois do que eu fiz… Eu sou uma vadia mesmo… Vamos acabar com isso e voltar para o meu amor… – Pensa ela que abre a caixa.

Ao abrir a caixa se depara com uma saia verde quadriculada e uma camisa de botão branca e em seu peito tinha um emblema de boqueteira estampado, ela separa a roupa no lado da cama e começa a tirar a sua roupa revelando sua calcinha e sutiã branco de renda, ela dobra sua roupa e coloca em cima de uma poltrona no quarto e começa a vestir a roupa dada pelo seu ex. Conforme foi vestindo percebeu que a saia era curta deixando a poupa da bunda a mostra e a blusa parecia que ia estoura na altura do seio, ela senta na cama e pensa no que estava para fazer e durante seus pensamentos ela escuta:

-Vai demorar muito ai? – Grita ele da sala.

-Já estou indo. – Responde ela se levantando da cama.

Ela termina de se vestir e percebe que a blusa era apertada para seus seios que pareciam que saltariam dali, ela abre a porta e o vê sentado na poltrona que se localizava na frente do quarto, nisso ele diz:

-Porra! Que demora hein.

-Me desculpe. – Diz ela abaixando a cabeça.

-Vou relevar dessa vez porque você esta uma delicia, se aproxime mais. – Diz ele.

Ela se aproxima dele que não perde tempo e já passa a mão em sua bunda e puxa sua calcinha pra cima enviando mais ainda na bunda:

-Agora de joelho… Começa me mamando sua puta. – diz ele abrindo o roupão.

Seu pau estava meio bomba e devagar ela se aproximava dele enquanto olhava para aquele pau pensando que teria que mamar novamente ele, mas que faria rápido para voltar logo para casa. Ela se ajoelha e nisso ele passa a mão em seu rosto e fala:

-Mama com vontade putinha.

Ela segura o pau com sua mão direita e começa a masturba-lo de leve enquanto ele acariciava seu cabelo e fala:

-Eu sabia que você não ia conseguir ficar muito tempo longe do meu pau.

Ele da uma risada e ela o olha com desprezo, ela coloca o pau na boca e devagar vai o engolindo todo e começa a fazer o vai e vem com a boca, conforme ia mamando sua saliva ia lubrificando cada vez fazendo assim ela engolir cada vez mais a rola que um dia ela já tinha mamado:

-Puta que pariu hein, você gosta mesmo de mamar. – Diz ele que começa pegar no cabelo dela.

Ele começa a forçar a cabeça dela contra seu pau a sufocando um pouco e pergunta:

-Você gosta disso sua puta?

-Uhum…- Mumura ela com o pau na boca ainda.

Ele a puxa e vê seu pau todo babado e a boca dela escorrendo saliva, ele da um tapa na cara dela e fala:

-O que você é?

-Sou uma puta.-Responde ela meio sem graça.

Ele da outra tapa na cara dela e fala:

-Uma puta? Fala o que você é puta.

Sem graça ela o olha e fala:

-Sou sua puta.

Ele a puxa para seu pau de voltar e com violência ele faz movimentos frenéticos de vai e vem com a cabeça dela e diz:

-Isso ai sua puta, você é minha putinha e não daquele corno. Esta entendendo?

Ele a puxa e com um tapa na cara dela diz:

-Me diz, o que você entendeu?

-Sou sua puta e não do corno. – Diz ela com tristeza na voz.

Com um sorriso ele pega seu celular e começa a filmar e diz:

-Agora continue seu trabalho vadia.

Ela volta a mamar ele e pensa:

-Ele esta filmando como da ultima vez, isso não vai acabar bem.

Ela começa a lagrimejar enquanto ele a filma mamando e assim eles ficam ate a campainha tocar:

-Já estava na hora, cadela vai atender. – Diz ele a puxando pelo cabelo.

-O que, não vou… Olha como estou vestido, não vou atender ninguém. -Diz ela se levantando.

-Olha… Se você não atender, não só as imagens vão vazar como também seus vídeos vão rolar na net e acho q você não quer isso, ne santinha? – Diz ele sorrindo.

Ela fica com raiva e triste e vai ate a porta e para na frente dela e com uma respirada ela abre a porta e se depara com um homem moreno, forte e de mais ou menos 1,80m. Quando ela abre a porta o cara fica surpreso e fala:

-Uau… Acho que estou no lugar errado.

-Demoro hein viado, entra ai. – Diz o outro agarrando ela pela cintura. – Então Bruno, essa é minha putinha e vamos nos divertir muito com ela hoje.

-O que? Nem pensar… – Diz ela se afastando da dele.

Bruno entra no quarto enquanto o outro fecha a porta:

-Então é ela que vai aguentar minha rola? Sei não hein, tem ate um rabão, mas não acho que vai aguentar.- Diz bruno olhando para a menina que se afastava deles.

Ela se afasta, enquanto bruno caminhava ate ela e o outro fechava a porta:

-QUE PALHAÇADA É ESSA?- Grita a menina que escondia seu corpo com os braços.

-Então… Esse é Bruno, ele é um amigo antigo e como somos bons amigos gosto de dividir as coisas com ele. – Diz o cara que se aproximava de Bruno.

-Isso ai mano. – Diz Bruno rindo.

-Você vai dar para nos dois hoje. – Diz o cara rindo.

-Nem pensar, eu não vim aqui para ser puta de vocês. – Diz ela quase gritando.

Bruno se aproxima e da um tapa na cara dela que a faz ir para trás e cair de bunda no chão, nisso o outro se aproxima e diz:

-Acho que você não entendeu sua situação… Você não tem escolha, vai dar para nos sem reclamar ou seus vídeos vão sair por ai.

Ela com lagrimas nos olhos abaixa a cabeça e pensa:

-Filho da puta, como pude deixar isso acontecer…

Nisso Bruno a pega pelo cabelo e já estava com o pau para fora a assustando com seus 19 cm, ele sorri e diz:

-Melhor mamar direito.

Bruno a puxa contra seu pênis a fazendo ela engolir de uma vez a engasgando, como reação ela coloca suas mãos na cintura dele para tentar empurra-lo para trás numa tentativa de afasta-lo, mas em vão o rapaz era mais forte e sua tentativa de escapar o deixa irritado o fazendo pressionar sua cabeça com mais força contra seu pênis, ela senti o membro do rapaz entrar pela sua garganta a fazendo arregalar os olhos. Bruno a solta e ela cai para trás e nisso ele diz:

-Você leva jeito.

A menina estava no chão recuperando o folego entre as tossidas que dava, em sua frente tinha dois homens que não mostraria piedade a ela e sabia que tinha mais por vim:

-Deus me ajude. – Pensa a jovem.

-Levanta-se! – Diz seu ex com um tom alto na voz.

Devagar a menina se levanta enquanto o outro rapaz começava a tirar sua roupa:

-Não precisa olhar dessa maneira, nos daremos o que você quer… O que você queria mesmo? – Pergunta seu ex.

A menina agora de pé fala baixo:

-Pica.

-Não entendi o que ela falo. – Diz o outro rapaz que se vira.

Seu ex da um tapa em na sua bunda mandando ela falar direito e nisso a menina fala:

-Eu quero pica!

-Nossa, não precisa grita… Deve esta com muita vontade mesmo. – Diz o rapaz.

-Esta mesmo, o corno do namorado dela não fode ela direito, né? – Diz seu ex.

-É… – Diz a Menina triste.

O rapaz se aproxima dela e toca em seu rosto gentilmente e fala que eles dariam um jeito nisso e a beija penetrando sua língua em sua boca e ela não podia fazer nada a não aceitar tal ato do rapaz que apertava agora sua bunda com força. Seu ex a manda retribuir o carinho do seu amigo e nisso ela segura o pênis do rapaz começando a punheta-lo de leve o que o faz falar:

-Precisa dar uma molhadinha querida.

A menina fica de joelhos de novo de frente para aquele pau grande e que deveria colocar de novo na boca, devagar ela o introduz em sua boca e começa o movimento de vai e vem deixando-o molhado, nisso seu ex se aproxima colocando seu pau perto de seu rosto falando para não esquece-lo e nisso a menina tira sua boca do pau do rapaz e começava a chupar seu ex, mas sem deixar de masturbar o outro. A jovem fica revezando entre as rolas dos dois, seu ex a deixava chupar como queria, mas o outro forçava sua cabeça contra seu pau a fazendo sempre engasgar:

-Ela deve estar com calor usando essa roupa. – Diz Bruno que levanta a jovem pelo braço.

O rapaz a beija e aproveita para abrir a blusa e descer a saia:

-Caralho, que corpo gostoso que essa vadia tem. – Diz o rapaz que da uma volta.

Ele da um tapa na bunda da jovem que fica imóvel, com uma risada o rapaz pergunta:

-Ela anda bem na escola?

-As notas caíram muito, deve ser porque fico muito tempo sem praticar. – Diz o ex da menina.

-Entendo, ela precisa ser punida. – Diz o rapaz.

Com um sorriso o ex da jovem a manda ficar de quatro no chão para levar sua punição e assim ela faz, por sua vez o rapaz passa a mão na bunda da menina e abaixa a sua calcinha revelando sua buceta e levanta a mão e com força bate na bunda da menina que grita, de imediato o seu ex vai ate eles e coloca todo seu pau na boca da menina e fala:

-Assim evita dela gritar.

Os dois caem no riso enquanto o rapaz batia na bunda da jovem ate ficar bem vermelha e o outro socava em sua boca, a menina começava a lagrimejar ate que o menino se posiciona atrás dela e diz:

-Não aguento mais, vou fuder essa buceta agora.

O rapaz posiciona seu pênis na porta da buceta da jovem e coloca tudo de uma vez a fazendo dar um grito abafado, o vai e vem já era frenético e forte, seu ex tira seu pau da boca dela para ouvir seus gemidos ate que ele pega o celular e começa a filmar seu rosto e diz:

-O que é você?

-Sou sua puta. – Responde a menina sem jeito.

-E do que você gosta putinha? – Continua o seu ex.

-Putinha gosta de rola. – Diz a jovem.

O outro rapaz puxa a jovem pelo cabelo e começa a meter mais fundo a fazendo gemer mais alto e anuncia o gozo no qual ela pede para gozar fora, mas em vão pois o rapaz goza dentro. Após tira seu pau o rapaz da um tapa na bunda da menina que nem reclama por que sabia que era em vão, sem tempo para descanso seu ex pede para ela se levantar e ele começa a mamar seus seios enquanto o outro rapaz a beijava de lingua, ambos os rapazes alisavam o corpo da jovem que apenas aceitava os atos deles:

-Koe, vamos fazer aquilo? – Diz o rapaz parando de beijar a jovem.

-Bora. – Diz o ex da menina.

Eles a levam para o quarto e seu ex deita na cama e pede para a jovem sentar em seu pau e de imediato ela faz, mas o q ela não esperava era o outro se aproximando por trás e posicionando seu pau na entrada do seu cu:

-Nem pensa nisso. – Diz a menina.

Com um sorriso o rapaz introduz seu pau na jovem que grita de dor e após colocar tudo ele fala:

-Caralho que cu apertado ela tem.

-Bora meter e encher essa puta de porra. – Diz seu ex.

Ela xinga eles que começam a meter com força em seus buracos fazendo a menina gritar seja de dor ou prazer eles não paravam, seu ex aproveita para beija-la enquanto o rapaz batia na bunda já vermelha da menina:

-Puta fala algo caralho. – Grita o rapaz que bata na jovem.

-Fode meu cuzinho com força, maltrata essa puta. – Diz a jovem.

-Se é isso que quer, vou fazer. – diz o rapaz.

Ao ouvir isso o ex da menina pede para sair da posição e da um beijo na menina que não entende nada, novamente o rapaz se posiciona atrás da jovem que pede para ir mais devagar, no qual o rapaz ri e vira a cabeça da menina para frente falando para ela aguentar, já o ex da jovem pega o celular para filmar o que seu amigo iria fazer a jovem:

-Pede piranha. – Diz o Rapaz.

-Fode meu cuzinho, fode com força essa piranha. – Diz a jovem sem jeito.

Nisso o rapaz coloca seu pau de uma vez na bunda da menina que grita para ele ir devagar, mas o rapaz segura ela pelo cabelo e diz que piranha tem que aguentar, nisso a jovem fala que o pau dele era grande e que estava machucando-a o que ele rir e fala que ela não estava acostumada a receber pica no cu e nisso ele da vários tapas na bunda da menina que começa a implorar para ele ir devagar, o rapaz parecia que tinha aumentado de tesão e começa ir mais rápido forçando mais seu pau na bunda da menina que só gritava:

-Implora piranha, implora por pica senão vai apanhar. – Grita o rapaz.

Com choro ela fala:

-Fode mais meu cuzinho, fode o cuzinho que não aguenta pica.

Ao ouvir isso ele puxa ela pelo cabelo e aumenta as estocadas a fazendo gritar ate ele anunciar o gozo e jogar tudo dentro da bunda da menina que cai na cama quando ele a solta. Seu ex se aproxima do cu dela que estava todo aberto e saindo semen, ele tinha filmado tudo e fala:

-Como se diz puta?

-Obrigada por fuder meu cuzinho e me encher de leite. – Diz ela chorando enquanto desmaia.

A jovem acorda por volta das 18:00 sozinha no quarto e sem roupa, ao se levantar sente um dor no quadril que provava de fato que as batidas na bunda e o anal não tinha feito bem e vai ate a sala mancando aonde estava suas roupas e que elas estavam no sofa, mas sua calcinha e sutiã não e do lado tava seu celular que ao pegar ve uma mensagem do seu ex falando que puta não precisava de roupa de baixo e que tinha deixado varias lembranças no celular dela na galeria que ao abrir era varias fotos delas sem roupa e uns videos dela sendo comida enquanto estava desacordada, isso a deixar nervosa a fazendo vestir a roupa e sair do local.

A ida varias pessoas a olham o que a deixa envergonhada ate que recebe uma mensagem do seu ex perguntando se ela gosto dos videos o que ela o xinga, mas ele rebate para ela ficar calminha ou tudo que eles fizeram iria vazar, ela ignora ele ate chegar em casa. Ao chegar em casa ela corre para seu quarto, mas sua irmã percebe e pergunta para ela o que tinha acontecido no qual ela responde que tinha se machucado, nisso sua irmã percebe que ela estava sem calcinha o que estranha, mas ignora, já a jovem fala com o namorado e fala que seu dia tinha sido uma droga e que iria descansar.

De madrugada a irmã mais velha entra no quarto da jovem e pega seu celular e após colocar a digital da irmã mais jovem vê tudo que ela tinha feito o que a deixa de boca aberta…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.