Brotheragem com amigo de infância

Olá, meu nome é Pedro. Atualmente tenho 23 anos, 1,72 de alt, 65kg e 19cm de dot hehe.
O que vou contar aconteceu quando eu estava estudando para ser aprovado em uma escola do ensino médio. Eu estava muito focado em ser aprovado, queria muito e por isso sempre tava estudando em casa no final de semana, e em um desses finais de semana meus pais decidiram visitar meu avô que mora numa cidade longe, no interior do estado. Eu não quis ir para não perder o foco, acabou que meu irmão também disse que não iria, então minha mãe ficou despreocupada. Eles partiram no sábado pela manhã, no almoço meu irmão me fala que ia sair para me deixar em paz estudando, é que só voltaria de noite. Ele saiu e eu comecei a estudar.
1 hora depois estudando, um amigo meu me liga, o Igor. Ele era de corpo normal, padrão, moreno claro, sorriso lindo. Morava numa parte distante da cidade, era aquele amigo que demorávamos a nos ver, mas a diversão sempre era garantida. Pois bem, atendi a ligação.

Aumento Peniano

Eu: Fala, Igor!
Igor: Iaae, escuta tu vai fazer algo hoje a noite?
Eu: olha, eu tô estudando pra uma prova e essa é minha programação do final de semana.
Igor: Não acredito! Eu vou ai hoje e queria te ver, a gente podia sair para lanchar, eu acho que vou dormir na minha tia.
Eu: eu acho que dá para ir sim, se for rápido.

Igor: fechou! Quando eu chegar te mando mensagem para a gnt combinar o horário.
E desligou a ligação, eu foquei nos estudos para compensar o tempo que não ia estudar e quando foi depois ele mandou o horário e a lanchonete, me arrumei e fui, cheguei tinha outras pessoas que eu conhecia e foi aquela diversão. Todos decidimos ir, e resolvemos que iríamos sair deixando cada um em casa, só assim ninguém andaria sozinho de noite, no final sobrou só eu e Igor e foi quando nós tocamos que um teria que ir sozinho, pois a tia dele morava um pouquinho longe da minha casa, eu disse que levaria ele, por conhecer mais as pessoas do bairro. Fomos conversando amenidades até que o assunto chegou em namoradas e punheta e sexo hahha

Igor: iae tá namorando não?
Eu: tem uma garota que a gente tá conversando, e eu tô afim dela mas nada demais.
Igor: como assim nada demais? Já se beijaram?
Eu: Ja né, mas estamos conversando, nos conhecendo. Mas e tu?
Igor: ah eu tô sem ninguém, só na punheta kkkk
Eu: duvido que você já não tenha transado!
Igor: ah, já rolou umas coisas com uma menina, mas não chegamos a transar.
Eu: eita! Tá melhor que eu então, porque não sai do beijo.
Do nada passamos em uma casa que tava sendo construída e ele falou:

Igor: vamos entrar aqui, eu quero mijar!
Como ainda faltava um pouco para chegar na casa da tia dele, concordei e eu queria mijar tb. Entramos e ficamos lado a lado mas com uma certa distância e mijamos, depois fomos andar pela casa pra conhecer.
Eu: eu já vi um pornô que era numa construção hahah
Igor: haha eu também já vi!
A casa era enorme e do nada Igor para e fala:
Igor: quer bater uma punheta aqui?
Eu: eu ein, um vendo o outro? Nam!
Igor: ah quer dizer que tu nunca bateu uma com teus amigos?

Eu: eu não! A gente comenta umas coisas mas nunca!
Igor: bora, vai ser Divertido!
Eu relutei um pouco mas confesso que aquilo me despertou um tesao na hora e concordei.
Cada um no seu canto, começamos a massagear o pau por cima da calça, o tesao foi surgindo e comecei a pensar coisas com Igor, eu já tinha tido fantasias com homens antes mas nunca falado para ninguém, já tinha visto pornô gay e tinha vontade de experimentar mas até aquele momento eu ficava só na minha, quando meus amigos comentavam eu nem dava bola para esses assuntos. Enquanto meu pau ficava duro, o de Igor também, e eu via aquele volume crescendo, tiramos o pau pra fora e ficamos punhetando um com o olhar fixado no outro, depois de um tempo Igor me pergunta:
Igor:quer bater uma pra mim?
Eu: só se você bater pra mim tb

Ele concordou e nos aproximamos l, peguei no pau dele e foi uma sensação gostosa haha o pau dele era um pouquinho maior que o meu, só que menos grosso, reto, veiudo e tava peludinho, com uns 2 minutos ele pegou no meu pau e ficamos tocando um para o outro, de frente mas um ao lado do outro, aquilo foi subindo uma energia, um fogo, um tesao e a gente foi se aproximando cada vez mais até que avançamos e nos beijamos, AQUELE BEIJO, com pegada, gostoso, molhado, empurrei ele para a parede e continuamos se beijando, segui meu instinto e fui descendo até encontrar com o pau dele e fui colocando na boca, meio sem jeito mas

a vontade aumentava cada vez mais e assim fui acelerando a mamada nele, ele começou a gemer baixinho, depois de uns 10 minutos mamando ele, Igor me puxou pra cima, me beijou e falou: agora é minha vez, com isso se abaixou e começou a me chupar, nessa hora meu irmão me liga, dizendo que era pra ir pra casa cedo e tals, desliguei e Igor me mamou mais um pouco, decidimos gozar e ir para realmente não ficar tarde, ele levantou e continuamos nos beijando e nos punhetando, até que começamos a gemer baixinho enquanto nos beijávamos e gozamos juntos na parede hehe, ficamos um tempo rindo, nos ajeitamos e saímos, ele disse que iria sozinho e para eu voltar pra não ficar tarde, nos abraçamos e seguimos caminho cada um para seu lado, cheguei em casa e antes de dormir bati umas 3 vezes ainda pensando no que tinha acontecido.

Desculpem se o conto ficou longo, eu gosto de descrever tudo, espero que tenham gostado, pois to animado para contar outras aventuras que aconteceu cmg, pois apesar de novo, já tive várias aventuras. Se vc gostou comenta aí hehe até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *