Enteada mamando enquanto estava dormindo

Ola amigos, esta é minha primeira participação relatando um conto erotico pois sempre vivi boas aventuras mas nunca as publiquei pq não conhacia nenhum site que me parecesse verídico até que encontrei este e me senti a vontade para compartilhar parte de minhas historias com possiveis novos amigos que gostem de uma boa sacanagem. Enfim, esta é uma das situações mais inusitadas que me aconteceram por isso escolhi para ser a primeira de varias outras isso logicamente se aprovarem e votarem. Pois bem sou casado e minha esposa trouxe junto a ela uma menina e hj ela ja tem 21 mas oque aconteceu foi qdo ela tinha 19 pra 20. Ostentava uma

bundinha dura e coxas que sempre me deram muito tesão pois alem de firmes pela pratica de esportes são bem torneadas e lisinhas ,sei bem pois em varias situações em que ela dormia eu acariciei suas pernas e sua bundinha e por algumas vezes cheguei a tocar sua bocetinha e seus seios medios e durinhos.Sempre gostei de sair aos sabados para encontrar amigos e qdo chegava tomava um bom banho e dormia vendo aqueles programas chatos de sabado a tarde até que um dia numa dessas ocasiões deitei no sofa e cochilei um pouco ate ouvir minha mulher dizendo a ela que iria até o mercado e minha enteada perguntou pq não me chamava pra ir junto mas ela respondeu que qdo eu dormia a tarde podia cair a casa que eu não acordaria.

Achei otimo pois nunca gostei de ficar passeando entre as preteleiras do supermercado e continuei cochilando, eu estava vestido com um shorts destes de futebol que tem um forro mas sem cueca quando notei entre olhos que minha enteada sentou-se no sofa de dois lugares que ficava e ‘L’ perto dos meus pés.Não sei bem pq mas percebi que ela me olhava fixamente e eu não esbocei reação até sentir que ela se aproximou de mim aos meus pés e me olhava fixamente e isso me deu um certo arrepio,ela então colocou suas mãos em minha perna como se quisesse me acordar mas eu resolvi não atender seu chamado e continuei como estava, porém, ao sentir sua mão em minha perna meu pau foi endurecendo até levantou o calção.ela percebeu e como se estivesse esperando por isso pegou a barra do calção com a

ponta dos dedos e levantou e foi ai que entendi oque ela procurava. Ela levantou a barra do calção com a ponta dos dedos e senti meu pau sendo libertado pelo lado.ela ficou uns minutos abservando até que criou coragem e tocou a cabeça com o indicador e foi massageando a cabeça com a ponta dos dedos oque era facilitado pela quantidade de liquido que meu pau soltava devido ao tesão enorme que sentia mas ela não parava de alisar em volta da cabeça e na ponta ate que puxou a pele pra tras liberando o cabeção que ja estava pra estourar de tão dura e inchada e ela alisava agora sem medo e quanto mais acariciava mais dificil era manter o controle mas eu me aguentei ate sentir um calor enorme em volta da cabeça da rola… sim , ela abocanhou meu pau vagarosamente e foi descendo até engolir metade do meu pau que alem de 21cm é grosso oque dificultava seus movimentos e ela se manteve

parada com meu pau na boca por algum tempo e depois foi movimentando a cabeça pra cima e pra baixo lentamente e eu não me aguentava de tesão mas ela ja não se importava com mais nada só queria mamar gulosamente minha rola parecia ateé que era seu sonho de consumo pois ela nã só chupava mas mamava todo aquele caldinho que meu pau soltava sem tirar ele da boca. acreditem, creio que nenhuma outra chupeta teve a mesma sensação pois aquela boquinha não devia ter chupado nem um outro como me chupou aquele dia .seus movimentos foram ficando ritimados e eu não me contive e explodi num gozo tão intenso que senti minhas bolas endurecerem sem suas maozinhas quentes que as apertava com força e sem duviada nenhuma eu devo ter gozado o suficiente para encher meio copo pois até doeu minha rola de tanto tesão e gozo. Ela deixou a boca no meu pau até acabar de

gozar oque parecia uma eternidade achei que não pararia mais e quando acabou ela abriu a boca e deixou escorrer em cima de minhas pernas, não quis engolir mas só de deixar eu acabar em sua boquinha ja me foi suficiente, depois que escorreu tudo de sua boquinha quente ela apanhou um pano me limpou e saiu da sala para seu quarto e eu depois de me recompor fui ao banheiro me lavei e fui pro meu quarto. Horas depois me levantei, sua mãe fazia o jantar e ela estava no computador dei um beijo em su testa e fui ajudar mminha mulher que naquela noite levou uma surra de rola e nem imaginou que aquele tesão todo se deu por conta de sua filhinha.Depois desse

dia eu não podia ve-la que meu pau ficava duro como rocha e pra aliviar eu esperava ela adormecer ,ou fingir que dormia, ai eu puxava o shortinho de seu pijama de lado deixa sua bocetinha com pelios be aparados a mostra e me ajoelhava aos lado de sua cama passava a lingua bem fundo naquela raxinha e tocava uma punheta com sua mãozinha em volta do meu pau até jorrar jatos de porra em cima daquela xaninha linda e assim conseguiamos dormir e por anos nessa brincadeira sem um interferir ou se insinuar ao outro fora dessas fantasias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *