Comendo a minha irmã e amiga dela

Tenho duas irmãs que são gêmeas , atualmente elas são casadas . Sempre fui muito ciumento e como sou mais velho tinha um instinto exagerado de proteção em relação a elas. Brigava com seus namoradinhos, fazia escândalos em casa dizendo que elas estavam passando dos limites e meus pais não faziam nada.


Quando tinha uns 18 anos , elas tinham 16 e cada vez ficavam mais gostosas e comecei a sentir uma atração estranha por elas, tesão mesmo. Eu não sabia muita coisa sobre elas , pois não tínhamos uma relação muito boa , pois eu era muito chato, pegava muito no pé. Mas , uma delas me atraia mais … Era mais peituda e bunduda. Quando eu tinha 20 anos, uma delas já havia se casado e sobrou apenas a minha predileta em casa. Nossa relação então começou a mudar , conversávamos mais e começou a rolar um afeto , mesmo. Amor de homem e mulher. Sonhava com ela e acordava indignado quando caía na realidade. Foi entao , que num sábado uma amiga da minha irmã foi almoçar em casa , e acordei com as conversas e risadas das duas. Meus pais não estavam , pois trabalhavam. Essa amiga da minha irmã era a maior biscate e já havia namorado com um primo próximo, então sempre tinha contato com ela e me dava a maior bola. Levantei da cama e vi as duas almoçando. – Oi , né – disse a amiga. – dormiu comigo ? Olhei, dei uma risadinha e disse em tom de sacanagem – Vou tomar banho , que vir? – Não , vc está louco? – (amiga). Pára de enxer o sacominha irmã ). Aí ri de novo e falei que ia deixar a porta aberta do banheiro caso a amiga mudasse de idéia. Comecei a tomar a ducha e passou uns três minutos e porta do banheiro se abriu – Só quero ver, só isso, não vai pensar sacanagem- Era a voz da amiga – Abri o box e ela olhou direto para o meu pau. Fui pra cima dela e já fui beijando – Pára , seu louco ! Pára…- Ela disse já aceitando meus beijos- Fechei a porta do banheiro , tirei a roupa dela e a sentei na tampa da privada . Já sabia que ela adorava chupar , pois meu primo me contava e fui colocando o pinto na sua boca e ela começou a engolir como louca e gemendo olhava pra mim com cara de puta. Pedi para que ficasse de quatro em cima da tampa e comecei a comê-la e ela começou a gemer muito alto.- Fica quietinha , se não minha irmã vai ouvir – pedi , pois respeitava minha irmã e não sabia a atitude que ela podia tomar. Poderia contar para meus pais e me ferrar ,sei lá. Foi então que ouvi uns tapas da minha irmã na porta, dizendo – Que vocês estão fazendo aí? Oquê está acontecendo? Abre essa porta agora ! – Sai !!!! Não se toca? – disse eu. Minha irmã continuou batendo na porta e gritou – Pára com isso agora ! Abre ! -Coloquei meu roupão e abri um pouquinho da porta. – Oque é que vc quer? Está louca? – Você que está louco ! Não respeita minha amiga ! Seu sem vergonha, que vocês estão fazendo e empurrou a porta com todas suas forças e viu sua amiga peladinha de quatro na tampa da privada. – Não acredito ! que nojo ! Você aí com meu irmão! Você também é uma louca ! – Gritou minha irmã desesperada. A amiga então sentou de frente e me puxou pelo roupão e já foi chupando meu pau e intercalando com frases – Vai dizer que você não quer também ? Que pinto gostoso , olhe como está duro ! Experimenta , vai ! – Com cara de nojo , minha irmã sussurou – Até parece que tenho coragem de colocar isso na minha boca… Aí eu não aguentei e comecei a sacanear a minha irmã também , arriscando meu pescoço para ver oque acontecia.- Vem , chupa também. Não contaremos para ninguém…Vem…- Peguei na mão da minha irmã e pus no meu membro. -Viu como está duro ? – Soltei a mão dela e para minha surpresa ela não largou me pinto. – Vai , fica de joelhos aqui no chão e experimenta, eu sei que você nunca fez isso e está louca de vontade , vai – disse a amiga com carinha de pena . Puxei minha irmã pra baixo para que se ajoelhasse e comecei a passar o pinto em sua boca fechada , que com os olhos abertos fazia cara feia. – Vai , abre a boquinha – Disse eu. Ela abriu … Foi um dos momentos mais felizes da minha vida… Ela começou a chupar meio sem jeito , mas afinal , era uma loucura , minha irmãzinha gostosa estava chupando meu pinto! Gemia muito e chupava inteiro como louca. A amiga começou a chupar meu pau também , aí não aguentei ! Gozei como louco e as duas engoliram tudo . Minha irmã se levantou e me abraçou .- Desculpe se fui chata . É que te amo demais! Queria você só para mim. – Também te amo muito – disse sussurrando . Transamos direto depois , mas isso fica para outra história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *