Comendo a minha sogra safada

Oi meu nome é Alexandre tenho 21 anos sou meio moreno um café com leite , sou meio fortinho por ter servido no exercito por 2 anos cabelo e olhos castanhos sem barba e 1,70 de altura.

Aumento Peniano

A história que vou contar é real e me ocorreu de compartilhar com mais pessoas como aqui. Tudo começou quando eu tinha saido do exército com 20 anos e conheci uma garota chamada Rossi garota linda sexy 19 anos mas bem madura eu sempre

gostei de meninas mais novas mas meu fetiche sempre foi as velhas coroas sempre me masturbava pensando em coroas meu sonho era comer uma coroa , mas voltando a história Rossi morava numa casa em baixo da dos pais dela e quando fui conhecer a casa dela já conheci seus pais e de cara meus olhos foi pra mãe dela uma coroa de 47 anos chamada Cessi baixinha branca com bastante peito e bunda uma mulher velha que pintava os cabelos longos que iam até a sua bunda gostosa pra esconder os brancos e sem muita rugas.

Disk Sexo

Desde que conheci mãe de Rossi criei um fetiche por ela me masturbava quase todos os dias imaginando eu comendo aquela coroa , nas minhas relações sexuais com Rossi quase sempre imaginava que era sua mãe e meu pau ficava mais duro e socava com muita força nela e gozava feito louco as vezes Rossi falava que machucava sua buceta com minha violência mal ela sabia porque eu me excitava assim. Quando se passou um tempo Rossi pediu pra mim morar com ela e aceitei pois assim poderia ver minha sogra todo os dias , quando me mudei Cessi sempre descia em casa pra conversar com nós e eu sempre ficava de olho nela sempre com camisa de botões quase abertas que dava pra ver seu decote leggs ou calções apertados querendo parecer mais jovem e tudo isso me deixa com um enorme tesão querendo pular naquela mulher e abrir suas pernas e fuder todo sua buceta ali mesmo .

Quando Rossi começou a trabalhar foi o que tudo mudou , ela arrumou um trabalho numa loja de roupas que começava de manhã e ia até a noite de segunda a sábado com isso o sexo entre nós foi diminuindo e a masturbação aumentando , mas o pior foi é que Cisse não descia mais em casa quando eu estava sozinho eu estava desempregado e ficava em casa sozinho só podia ver ela penas quando ela ia estender roupas e eu ficava na janela olhando ela ali e ela sempre de legg apertada destacando seu enorme bundão quando caminhava e bem atoladinho no seu rabo e bucetão aquilo me deixava com tesão me fazendo melar minhas cuecas ,então decidi subir e conversar com ela comecei ir quase todos os dias conversar com ela tomar café e ficar olhando seu corpo cada dia com uma roupa que deixava pra mim ela muito gostosa mas uma coisa percebi que meu sogro não estava quase nunca com ela ou estava dormindo ou no bar e senti em algumas conversas que eles não tranzavam e que ela estava carente de dar sua xota. Mas tudo mudou numa sexta feira que rossi foi trabalhar e eu tranquei a porta após ela sair e fui deitar era 8 da manhã eu gostava de dormir de cueca e eu não tinha me vestido ainda e estava

deitado mexendo no celular quando ouvi a porta de casa se abrindo pensei que fosse Rossi voltando então larguei o celular e fingi que estava dormindo estava descoberto e a porta do quarto aberta , mas a voz que entrava no meu quarto sussurando meu nome era de minha sogra na hora fiquei confuso pois ela nunca entrava de manhã e comigo sozinho apesar de ela ter a chave de casa nunca tinha entrado , eu sem saber o que fazer fingi estar dormindo e ela venho do lado da cama e ficou me olhando derrepende senti ela passar sua mão em minhas pernas e me dar selinho eu não sabia o que estava acontecendo e não me mexia mas o que me assustou foi quando ela subiu sua mãe das minhas pernas e e começou a passar no meu pau por cima da cueca e apalpar , eu não estava aguentando e meu pau endurecia saindo a ponta pra

fora da Cueca acho que ela percebeu que eu tava acordado e tentou sair então eu impedi agarrando pela cintura e punpuxando pra cama beijando ela na boca pedindo pra ela enfiar a lingua dentro da minha boca , logo me livrei de minha cueca e fiz ela chupar meu pau dizendo não era isso que voce queria vadia e ela chupou tanto de um jeito que não sabia que uma coroa sabia fazer quase gozei mas segurei então tirei toda a roupa dela e cai de boca nos seus peitos bem molinhos depois desci na sua buceta cheirosa depilada lambi muito e ela gemia de um jeito que pareceu que nunca um homem tinha feito aquilo e seus gemidos eram fortes e ela soltava palavrões me chamando de vagabundo ai seu vagabundo e me deixava mais excitado meu pau latejava eu chupava seu clitóris e enfia meus dedos nela e saim melados e fazia e lamber meus dedos logo logo depois abri bem suas pernas e enfiei tudo na sua xota e ela mordia os travesseiro eu com as mãos em sua cintura alevantava ela pra meter mais forte e seus gemidos só me deixavam mais excitado eu socava com mais força coloquei minhas mãos na sua bunda e abria e fechava passando meu dedo

no seu cuzinho as vezes o que deixava ele mais louca abaixava minha cabeça pra enfiar minha lingua na sua boca e ela pedia pra ser minha vadia e eu dizia que ela sempre foi minha vadia gostosa e ela gemia forte não acreditava naquilo sem demorar muito ela gozou e se mijou toda de tão excitada que tava e eu logo gozei também e de um jeito inacreditável nunca tinha gozado tanto assim a cama estava encharcada e deitamos em cima da porra e do mijo e eu perguntei porque ela quis

ela disse que percebeu que eu queria a buceta dele e sentia falta de homem dentro dela cansou de se masturbar e queria dar a buceta dela limpamos nossas bagunça e fomos tomar banho onde comi ela no chuveiro com elea com as maos na parede empinou o rabo e eu atrás metia na sua xota passando a mão no seu rabo gostoso meu sogro não estava em casa então deixei ela gemer a vontade isso virou rotina nossa sempre que Rossi sai minha sogra desci pra me dar a buceta dela vezes até quando meu sogro ta em casa dormindo ela vem pra mim comer ela minha sogra é minha amante agora .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *