Dei para meus priminhos

Bom tudo começou quando eu ficava lendo os contos desta Hp.Eu adorava era apenas uma adolescente doida para ser logo iniciada no sexo. Sempre tive muita atração por sexo anal e sexo bizarro, pois achava que devia ser maravilhoso. Mas nunca tive coragem de enfiar nada em meu apertado buraquinho.Numa tarde tomei coragem e resolvi enfiar então algum objeto , olhei e fiquei pensando o que poderia ser , achei melhor começar com um dedo , para não doer muito, peguei um oléo e

juntei meu dedinho, de repente ele foi entrando, entrando. Senti uma sensação maravilhosa meu pequeno cú sendo preenchido, mesmo que não fosse por um pau.Por azar meu me esqueci que naquele dia meus lindos primos vinham aqui com seus amigos.Iam vir 3 primos e 1 amigo.Eu com o dedo todo enfiado no meu cuzinho , gemendo de prazer , totalmente nua – gostaria de deixar claro que mesmo com 18 anos sou muito gostosa-quando vejo a porta se abrir , pensei que era o vento, mas eram os quatro.Fiqueri sem reação.Meus 3 primos e seu amigo me vendo enfiar o

jdedo no cu.Fiquei vermelha e tentando me desculpar quando o mais velho disse_Não fique assim, não iremos contar nada a ninguém, mas você tem que fazer uma coisinha em troca. Tomada pelo medo e tesão daquele momento disse que faria qualquer coisa.Gostaria de deixar claro que meus primos são lindo e seu amigo também. Então o mais velho (vou chamá-lo de Pablo) me levantou olhou meu cuzinho e disse para os outros rindo que era bem apertadinho.Rômulo disse que isso iria mudar ,Pedro concordou e chamou Fernando que estava com vergonha por não ser da família.Todos abaixaram as calças e me “obrigaram” a pagar um delicioso

boquete para eles.Nunca tinha sentido o gosto de um pau, imaginem 4 de uma vez.Eles acabaram de tirar a roupa e começaram a me chupar, me chuparam toda, para eu ficar mais lubrificada, quando Pablo ia meter na minha bucetinha pedi para ele ir devagar pois era virgem.Então pedi para Pedro tirar meu cabacinho, ele muito gentil me meteu, de repente aquela gentileza foi embora e começa a bombear, disse que eu era uma poutinha muito gostosa.Vejo Fernando se aproximar por trás e levanta meu cuzinho e dá uma risadinha dissendo _ que pena essas preguinhas iram

sumir_ fiquei com muito medo, mas ao mesmo tempo um calor tomou conta de mim, finalmente iriam comer meu cuzinho.Ele sem por nenhum óleo enfiou o pau dele num movimento brusco, começei a chorar de dor e pedia para sair , mas Pablo e Rômulo disseram que ainda não tinham me comido. Comecei a gostar e comandar a situação queria que todos me comessem. Quando vi que Pablo foi até a cozinha e trouxe algo escondido na mão , não pude ver o que era pois estava com o pau de Fernando na buceta, o de Rômulo no cu e o de Pedro na boca, mas logo vi que não

iria caber mais nada.De repente sinto que tentavam abrir mais meu cu quando consegui olhar para trás vi um enorme pepino no meu rabo junto ao pau de Rômulo, gozei sem parar, Pablo chegou e comeu minha bucetinha junto com Fernando. Quando acabamos dei um banho em cada um e eles me levaram para casa de Leonardo nosso outro primo. Mas isso é outra história. A partir desse dia virei uma verdadeira putinha, e quando não posso dar para meus primos dou para meu cãozinho. Se vocês gostaram deste conto totalmente real me escrevam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.