Fodi muito bem a minha cunhada

Realmente é preciso, ter vivenciado o caso para poder contar algo, Eu e minha esposa haviamos nos separado,então ela voltou a viver na casa da mãe dela ,junto com sua irmã Flavia, 19 anos, enfim eu e a Flavia temos algumas diferencias, não nos entendemos muito bem, mas como eu estava as vezes meio sozinho ,sem fazer nada… houve um dia que ela me convidou para sair,iriamos nos encontrar com uma amiga dela em um barzinho (PUB), eu não falava muito bem o idioma da amiga

dela,por isso fiquei no meu canto quetinho.Depois do bar, ela mer perguntou o que iriamos fazer,depois dali, claro ela perguntou isso no sentido de irmos para outro bar, enfim eu disse que não sabia, fomos então em uma festa ´´boliviana´´ onde haviam amigos dela por lá.Dançamos bastante,ali ja tive minha oportunidade de roçar bem naquela bunda que ela tem, fungar em seu pescoço…Aquilo foi aumentando meu tesão por ela, aqueles peitinhos miudos, ela é como uma pera… tem uma bundona e o resto do corpo fininho… uma delicia de menina. Enfim saimos dete lugar eram 4:00 hs da manhã. fomos dormi na casa de um amigo dela, pensei

vai rolar,pois estava disposto a ser atrevida… o pior é que ela não havia bebido nada,somente eu.Chegamos na casa do rapaz, então ele disse que iriamos dormi no quarto com ele, neste quarto havia uma cama de casal e uma cama de solteiro,obviamente eu dormi na de solteiro, e ela dormiu com ele, somente de calcinha e uma camiseta longa. aquilo estava me deliciando,imaginar ela nua ali..hum até pensei demais.Enfim dormi. ao amanhecer, notei que o rapaz saiu do quarto e deixou nós domindo, ah não me exitei, tentei levantar o coberto dela pra ver a calcinha dela ,toda de renda, enfianda no rabinho, era dificil,sentia medo de ela acorda,então ia tentando cada vez mais levantar o cobertor sem fazer barulhos, era o medo do rapaz entrar no quarto e ela acorda, enfim consegui visualizar bem aquela bundinha,hum que delicia foi olhar aquilo,então ela se mexeu, levei um

susto…tentei descobrir mais ainda, quando realemnte resolvi,seja como for,se ela acorda ,acordou,segura a bronca… toquei em seu bumbum… senti ela que se mexeu novamente,então achei eu que ela estava acordada e ja havia percebido que eu estava mexendo nela.enfim seja como fosse, começei a esfregar os dedos em sua bucetinha, era impossivel se ela não estivesse acordada ,esta molhada daquele geito, cheirava buceta mesmo, um cheiro gostoso de uma bucetinha que ficou excitada a

noite toda, começei a enfiar o dedo, sentia que ela rebolava gostoso em meus dedos… safada… perdi um pouco o medo… lambi rapidamente a bucetinha dela,tirando a calcinha de lado,chupei ,chupei gostoso…. soquei meu dedo novamente, passei meus dedos na cabeçinha do meu pau, que estava ensopado… tirei bem aquela minha porra…e soquei de novo o dedo em sua buceta,repleta de sabor…cheia de porra que espilia dela…pensei que poderia foder ela gostoso,chupar

seus peitinhos, mas achei melhor parar , então voltei para minha cama, não tinha como me masturbar,onde eu iria gozar?,então fui ate ao banheiro,bati uma punheta gostosa pra ela, humm como gozei, fui e a acordei dizendo que precisamos ir pois iriamos perder o onibus. foi delicia,não sei se ela se lembra disso,tenho a certeza que não. Se eu tiver a oportunidade ainda quero enfiar gostoso nela e encher ela de porra… delicinha de menina. Sinceramente ,quando eu lia um conto pensava ser frutos da imaginação… so quando acontece é que acreditamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *