Marido de aluguel

Oi, oi gente. Como vocês estão? Espero que bem.. pra quem não me conhece me chamo Alex, tenho 23 anos e moro em Vitória- ES. Tenho 1,70m, magro, branco, bunda bem redondinha e gulosa, quem quiser conferir é só me seguir no Instagram: menino.contoseroticos

Eu também troco nudes, mediante envio de quem quiser trocar.

Vamos ao conto…

Estou comprando um apartamento pra ir morar sozinho e tinham várias coisas que ainda precisavam ser feitas por lá, como por exemplo trocar as tomadas, encanamento, iluminação, chuveiro etc… e não tava no meu orçamento contratar vários profissionais diferentes pra cada área, aí conversando com uma amiga ela disse que existem maridos de aluguel que fazem esses serviços todos e não cobram tão caro. Primeiro falei que ficava meio assim de um cara chamar um homem pra fazer serviço na casa dele e ainda como marido de aluguel, então minha amiga se ofereceu pra chamar ele pra ir lá em casa pra não ficar tão estranho, mas ela só podia sabe se lá quando. Resolvi eu mesmo procurar na OLX maridos de aluguel. Como eu imaginei, não seria fácil pq a maioria recusa, acho que deve ser um tipo de fetiche desses caras, ser contratado por mulheres pra fazer serviços hahaah, até que um cara aceitou, disse que entendia que nem todo mundo sabe mexer com as coisas de casa mas que ele iria como um faz-tudo e não como marido de aluguel. Acertamos o preço, comprei o material que ele pediu e no dia marcado fui buscar ele, logo que entrou no carro eu já fiquei com tesão, eu

nem tinha reparado nele na foto do anúncio, mas começando pelo nome, ele se chama Robson, cabelo liso ajeitado pra trás, é pardo, tem um peitoral grande e musculoso, não tem barriga de tanquinho mas era em ordem era mais alto do que eu então devia ter uns 1.80m. Conversa vai, conversa vem chegamos no apartamento e fui mostrando pra ele o que tinha pra ser feito e fui pra sala dar uma varrida e limpar pq tinha trocado o piso recentemente e tava tudo sujo de rejunte ainda. Tava calor e pra ficar mais à vontade eu coloquei um short curto, ((todas as minhas lingeries (langerri), calcinhas e roupas femininas estão nessa casa pra não correr o risco de ficarem perdidas pela casa dos meus pais quando eu trouxer o resto das roupas)) coloquei o short curto mas sem segundas intenções, afinal nem reparar em mim o Robson não tinha reparado. Depois ficou mais calor ainda e eu coloquei uma regata que na verdade é só meia regata, ela é cortada na horizontal na altura do umbigo, eu usava pra ir no jump na academia. Eu estava muito à vontade e de repente me aparece o Robson com a blusa toda encharcada de suor (uma delícia por sinal) me chamando pra ver um dos serviços que ele tinha terminado, mas na hora que ele me viu parece que acordou de algum sono sabe? Não parava de olhar pra minha cintura, minhas pernas etc..

Fui com ele até a cozinha ver o serviço de encanador que ele fez dentro do armário e tava ótimo, liguei a torneira, tudo certinho.. vendo que ele estava um pouco vidrado no meu corpo falei que tinha trocado de roupa por conta do calor e ele disse que tava muito quente mesmo. Perguntei se ele não queria tirar a camisa, afinal era camisa com a manga longa até o pulso. Ele disse que agradecia se ele pudesse tirar, e tirou a blusa, vou confessar que babei.. pedi a blusa pra colocar na área pra secar, ele me entregou e foi continuar o serviço, cheguei na área e comecei a cheirar a blusa, cheiro de suor, cheirei embaixo do braço um cheiro de desodorante vencido, tava me deixando louco aquele perfume de macho. Eu continuei fazendo as coisas e ele apareceu de novo me pedindo água e pedindo pra ir ao banheiro, falei onde era o banheiro e ele foi enquanto eu pegava água. Agora que vem uma outra história, eu sou muito observador e tinha uma calcinha vermelha fio dental pendurada no gancho direito no banheiro pq eu durmo de calcinha quando to ali no apartamento, lembrem dessa parte.

Continuando, ele voltou e tomou água e me perguntou se eu morava sozinho e eu disse que sim, perguntou se eu tinha namorada e eu disse que não, que era mais fácil eu ter um namorado, ele quase se engasgou pq foi rir. Mas aí adiantando a história um pouco mais.. ele já tinha feito todos os serviços e só faltava o chuveiro elétrico. Quando fui ao banheiro entregar o chuveiro reparei que a calcinha estava no gancho esquerdo e de outro jeito, mas nem me atentei de cara, ele encostou a porta do banheiro mas ainda dava pra ver pelo espelho tudo que ele fazia e nessa de passar pra lá e pra cá catando lixo eu de relance vi ele cheirando a calcinha, ele enfiou ela dentro da calça e dps pendurou no gancho direito dessa vez. Fiquei doido na hora né, era hora de agir, depois que catei o lixo bati na porta do banheiro e fiquei lá observando ele, ele começou a suar mais ainda e eu fui puxando assunto.. perguntei se quando ele fazia esses serviços de marido de aluguel, ele fazia tudo que um marido fazia mesmo e ele disse meio sem graça que dependia de quem contratava o serviço, se fosse uma coroa gostosa, ou uma mulher gostosa ele fazia de tudo sim. Acho que não deu pra reparar muito no conto, mas ele era um cara risonho, divertido e bobo, então entrar nesse assunto foi só um escape pro que eu queria na real. Ele terminou o serviço e tava encharcado de suor, o tesão falava mais alto naquela hora então peguei a calcinha do gancho sem ele ver e fui no quarto buscar o dinheiro. Tirei o short que eu tava usando e coloquei a calcinha, coloquei o dinheiro no elástico da calcinha fiquei de quatro e chamei ele.

Quando ele apareceu na porta ficou apertando o pau por cima da calça e eu só olhando de ladinho, mandei ele pegar o dinheiro e ele veio se aproximando, encostou o pau duro por cima da calça no meio da minha bunda, encaixou direitinho, já levantei, joguei ele na cama que ainda tava com o plástico e comecei a lamber ele todo, todo o suor do corpo dele, lambia as axilas, abdômen, peito, lambi até as costas. Depois como de costume abaixei, tirei a bota que ele tava usando e estava sem meia (paraíso do chulé), chupei os pés dele suados, limpei tudo mesmo, a sola, dos dedos, entre os dedos. Depois abaixei a calça dele e fui lambendo, subindo, cheguei perto do pau, aquele cheiro de pica me deixava doido, o pau dele tava duro igual pedra, abaixei a cueca e fui lambendo a virilha dele, fui pras bolas e dps abocanhei o pau dele com vontade, enfiava lá na garganta engasgava, lascava minha garganta mas queria sentir meu nariz encostando nos pentelhos dele. Ele me puxou pelos cabelos e começou a morder meu pescoço, tirou a regata e disse no meu ouvido que eu era a esposa putinha dele. Do nada ele levanta e sai andando, perguntei onde ele ia e ele disse que ia no banheiro mijar rapidinho, pra que ele foi falar isso, falei que era pra mijar na minha boca e que eu ia engolir tudinho, fiquei de joelhos e ele foi mijando, uns jatinhos curtos pq a pica tava muito dura até que parou e puxou minha cabeça até enterrar o pau todo na minha garganta..ele dava tapinhas na minha cara e me chamava de putinha obediente. De repente de novo pelos cabelos ele me puxa e me joga na cama do jeito que eu tava quando ele entrou, colocou a calcinha de lado e eu pensei que ele ia ficar só passando o pau no meu cu, ele cuspiu e enfiou a cabeça de uma vez, preciso nem dizer que vi estrelas né, eu tentando ir pra frente pra tirar a rola dele e ele me puxando rasgando meu cu centímetro por centímetro. Eu chorando na cama, tava doendo real, pedi pra ele tirar e colocar a camisinha e ele disse que hoje engravidava uma puta, pedi pra ele pegar a bota dele pra eu cheirar e ele tacou ela na minha cabeça, eu trancava o cu o máximo possível pra ele ir devagar, mas parecia que quanto mais eu

trancava com mais raiva ele botava. Até que aguentei e disse que ele tava me machucando e que tava dando dor de barriga eu ia acabar sujando o pau dele, ele disse que sabia o buraco que tava metendo e que não tinha problema mas que ele só tirava a pica dali quando gozasse. Não teve jeito, abri o cu e deixei ele esfolar meu cu mesmo.. eu sou submisso no sexo, por mais que esteja doendo eu sinto prazer pra caralho, e eu aceitava meu lugar ali, sendo rasgado por um macho que eu mesmo provoquei. De repente ele tira a rola toda do meu cu, um pouco suja de sangue e melada pq meu cu tava gozando, mas nada de bosta. Parecia que tinha uma cratera no meu cu, ele me colocou de frente pra ele na cama e mandou pra dentro de novo a rola, ardeu mais do que se eu tivesse tacado álcool, mas eu comecei a perder o controle e mandava ele meter mais forte, falava que ele tava fraco de repente um tapão na cara… mano aquilo foi de fuder, fugi, joguei ele na cama e falei que agora ele ia ver o que era uma metida com força, comecei a sentar com tenta força que um errinho ali quebrava o pau dele. A cabeça do pau dele chegou a ficar vermelha. Depois de tanto cansei e fiquei metendo devagar, e só senti os jatinhos quentes lá dentro. Joguei meu corpo contra o dele ainda com a pica lá dentro e ele de repente ficou todo carinhoso, beijava minha boca, beijava meu pescoço, ficamos uns 10 minutos ali.. depois eu saí de cima dele e ele foi olhar meu cu, tava destruído confesso, não conseguia nem peidar a porra dele que tava dentro de mim ainda. Ele me chamou pra tomar banho com ele e eu falei pra ele ir sozinho pq eu nem conseguia levantar, assim mesmo ele me ajudou, eu com as pernas bambas, ele me sentou no vaso e eu consegui soltar a porra dele toda, era muita porra, dps ele me levou pro box e me deu banho, eu tava mole, mal me aguentava em pé. Depois do banho ele se arrumou pegou o dinheiro que eu tinha dado à mais e foi embora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *