Minha esposa fez curso de sexo oral

Minha esposa resolveu fazer um curso de sexo oral. Fui contra no começo, mas ela com seu jeitinho acabou me convencendo, explicando que era apenas para ela passar o tempo.

mas como minha mulher se empenha demais nas coisas que faz, ela começou a se dedicar muito as práticas do curso. Como sou perito da delegacia de ciber arquivos, eu tenho que ficar pesquisando muitos arquivos e criminosos, e isso me excita muito, e ganhei uma salinha na delegacia onde posso ficar trancado me aliviando, enquanto analiso os arquivos, porque tem cada coisa mais edionda que os caras praricam, e eu tenhoq ue analisar e chego em casa cansado, e satisfeito sexualmente, e não consigo dar conta dela e do trabalho.

cheguei em casa do trabalho cansado, e vou me sentar na minha poltrona favorita, para relaxar, e encontro minha esposa nas pernas de um homem, fazendo sexo oral nele.

mas o que é isso, Dani! reclamei aturdido

nem vem, amor! eu gastei um dinheiro no curso, e você não deixa eu fazer em você. respondeu minha esposa o rosto todo lambuzado.

mas é que eu acho tão sujo, E você ainda tem que usar a sua boquinha pequenininha. Tentei argumentar.

tá nem vem, amor, se você não quer, tem quem quer. Minha esposa argumentou.

mas assim no meio da sala, na minha poltrona favorita, e quem é esse cara? resmunguei.

ele é sol entregador de bujão de gás! nem sei o nome dele! ela respondeu, enquanto guardava com dificuldade, aquela jeba comprida, extremamente dura, até que desistiu, tomando outra lambuzada no top, entrando pelo decote uma vasta carga.

Como você consegue fazer isso a um total estranho? perguntei confuso.

ele não é estranho, vem sempre trazer galão de água para gente, gás, toda semana, eu nunca dou gorjeta, e vi ele estressadinho, que eu fiquei pedindo para ele mudar o bujão de lugar, e para me desculpar de tê-lo irritado, resolvi oferecer para ele não gostosa boquete. minha esposa explicou limpando o enorme pênis dele.

você vai ficar mexendo no pau dele assim, mesmo comigo aqui bravo com você? Retruquei zangado.

aí, amor! é que ele ainda está estressado, como está mais duro do que antes! minha esposa explicou massageando em sentidos opostos com as duas mãos.

isso é safadeza dele! repare como ele está gozando de novo no seu cabelo! expliquei para ela.

todo mundo é safado para você! ele é um trabalhador braçal, é até casado, Olha a aliança dele! minha mulher não respondeu tentando aparar os jatos que o homem dançava sobre a pele dela, formando uma piscininha no umbiguinho nu.

já chega é melhor você parar e me fazer uma janta, estou cansado! reclamei

você vai ter que jantar alguma coisa do congelador, pois eu aprendi no curso, que só posso parar, quando os testículos dele estiverem totalmente vazios! ela respondeu bombeando mais forte usando os dentes, enquanto ele empurrava a cabecinha dela com as mãos, tá forçando a engolir a Giromba dele e só parou quando ela chegou no talo.

agora eu que não vou jantar, minha esposa respondeu, vomitando tu que não cabia em seu estômago da semente que ele verteu na garganta dela.

Agora todo dia que eu chegar em casa, cansado do trabalho, vai ser assim? ontem foi o carteiro, antes de ontem os filhos gêmeos do vizinho, sexta passada foi o motoboy, leiteiro, filho do tintureiro, quando é que isso vai acabar?

que tem que praticar né? se não como vou ficar perfeita que nem os meus professores ensinaram! diz me elogiaram muito, mas disseram que se eu não praticasse, não seria tão boa quanto assistente deles, que trabalha no bordel também. minha esposa se defendia.

eu já estava enjoado de comida requentada, dia que estava sexo oral, mas r$ 8000 não era pouco para desperdiçar no curso,, e ela tinha razão.

não estou dando para esses homens, estou apenas usando técnicas orais avançadas, em todos esses homens. Minha esposa explicava.

tinha um diário em cima da mesa, que ela pediu para eu guardar, dei uma espiada e estava cheio com o nome de homens que ela tinha praticado sexo oral, eu não Pude acreditar, que já tinha passado tanto tempo, que minha esposa tinha feito esse curso, Afinal meu trabalho me consome, e perco a noção do tempo. quando abri o armário, já haviam oito pilhas de Diários, todos cheios, ao que pude notar. acho que ela estava exagerando um pouco, pensei na hora. indo longe demais com esse curso.

no domingo meu chefe veio almoçar aqui em casa, quando vi, minha esposa estava de joelhos no meio das pernas do meu chefe, até larguei a louça. ela estava explicando, para a esposa dele, como satisfazer um homem com sexo oral. A esposa dele pediu Se minha esposa podia fazer isso, com meu chefe deitado em nossa cama, explicando que desde que meu chefe acabou confessando para ela, que minha esposa praticava isso na jeba do marido dela, que ela ficou com vontade de assistir, pois eles tinham um acordo, de casal, que permitia que eles mantivessem o casamento deles em aberto, podendo ter outras parceiras.

tinha que ser meu chefe mesmo, exagerado tem tudo, pois quando ouviu isso, de sua própria esposa, na minha cara, ele começou uma sequência de jatos de esperma, lindo usando os cabelos, o rostinho, os ombros e os seios da minha esposa.

quando vi aquilo, logo me alegrei, pois a esposa dele era bem bonita, mas ela me proibiu de entrar no meu próprio, explicando que o acordo era marido dela ter outras mulheres, contar para ela, e se ela provar se a mulher, achasse jovem e sensual, ela iria querer assistir.

claro que na empresa, meu chefe tentava me convencer a liberar minha esposa, uma esposa dele ou liberou, pois ele contava que enquanto o amava, me Mamava, minha esposa gostava de se masturbar, e dizia que era uma questão de tempo, até ela deixar ele penetrá-la, pois ela já estava gostando, quando ele ejaculava dentro de seu cu.

Meu chefe começou a presentear minha esposa, com uma enorme coleção de plugs anais, e ela Já estava gostando de deixar as pessoas notarem quando ela sair de casa, se abaixando sem necessidade, na frente de homens pela rua, nas lojas, no mercado…

não tinha muito como eu fazer, era separar dela, ou liberá- la, pois tinha muito homem atrás dela, e com certeza eu iria perdê-la, perder lá e isso eu não queria.

Meu chefe enjoou logo dela, mas depois de liberada, uma esposa já tinha outros parceiros, que eu encontrava casualmente. Ela acabou ficando grávida, mas não tinha ideia de quem seria o pai, e resolveu deixar o enorme bebê nascer, pois como ela diz, o que é um peido para quem está cagada de tanto ser enrabada,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.