O irmão da minha mina

Salve salve galera, primeiro conto q vou compartilhar… espero que curtam… não sei se sou bom nisso…
Bom, vou começar me descrevendo…
Tenho 1,86m, sou bem magrelo mas c a barriga trincada, cabelos castanhos, olhos azuis e muitas tatuagens pelo corpo…
Hj tô c 34 anos mas na epoca desse fato tinha 18/19a
Eu trampava em um shopping e conheci minha mina (já não tamo mais juntos) vendendo roupa p ela… vou resumir p não ficar muito longo… nosso namoro fluiu rápido e em pouco tempo estávamos namorando em ksa… ela morava c a mãe e o

irmão… a mãe dela me adorava pq eu sabia fazer esses reparos d casa tipo trocar resistência d chuveiro… etc… e logo passou a me tratar como filho… o irmão dela era d poucas ideias.. era mais novo e bem afeminadinho…. nunca chegamos a trocar ideia direito… minha mina fazia faculdade nessa época… período integral… como ela morava mais perto do shopping q eu trampava do q eu msm… normalmente eu saia do trampo e ia p goma dela… tudo corria normalmente… nosso namoro tá a firme a uns 5/6meses já… quando no aniversário do avô dela resolveram alugar uma dessas áreas d evento para fazer a festa… (p qm não sabe e tipo uma edição no fundo do terreno c uma cozinha e churrasqueira em área aberta e a piscina grande… ) enfim… reunião d família… geral bebendo muito… a família dela bebia para um… complete a frase c um adjetivo d intensidade* haha

A locação era para o final d semana porém no domingo ficamos apenas eu, minha mina, o irmão dela e duas primas deles… papo vai papo vem… as meninas estavam todas ficando muito loucas e eu teria q leva las embora, sendo q minha sogra me pediu p ir até a dona do lugar p entregar a chave… dado o horário… assim o fiz… no caminho deixei as duas… entreguei a chave e ia deixar minha mina e o irmão dela em ksa p depois ir embora… eu tava moido… (esqueci d falar q trabalhei todos os dias da festa e saia do trampo direto p la) quando fui desembarcar os dois, meu cunhado virou e disse… cara, vc tá cansado… vai atravessar a cidade… dorme aqui

em ksa… (eh… eu não tinha falado q nunca tinha dormido na minha mina pq a mãe dela era evangelica) eu falei q não, q iria embora… mas ele insistiu e disse q eu podia dormir no quarto dele q a mãe deles não iria chorar ruim.. logo minha mina entrou no meio do assunto e disse q estava decidido, q eu dormiria lá… pedi q falassem c a mãe deles primeiro e ela concordou… entrei na casa e estava moido… queria um

banho e cama… meu cunhado correu p arrumar uma cama no quarto dele q e uma suíte… percebi q ele estava me tratando d uma forma q nunca tinha feito mas não imaginei nada até então… quando fomos o quarto dele ele me disse q poderia ir entrando no banho q logo ele me levaria uma toalha… para eu não trancar a porta… estranhei mas assim o fiz… eu entrei no banho e não demorou muito ele bateu na porta e entrou p colocar a toalha em cima da pia… ele do nada começou a puxar assunto sobre a festa mas percebi q enquanto falava não tirava os olhos do meu pau… fui ficando meio sem graça pq embora ninguém tocasse no assunto na casa deles… era nítido q ele era gay… e eu até então nunca tinha tido nenhum contato c um gay…

Logo eu terminei meu banho e ele ainda estava ali… falando e falando… q a festa tinha sido incrível… q precisávamos combinar mais vezes… etc… logo q abri o box do banheiro ele pegou a toalha em cima da pia e me entregou em mãos… eu ainda meio sem graça… mas vendo d ql q era a dele… me enrolei na toalha e me dei conta q estava sem roupas limpas… ele disse q tinha uma bermuda q me serviria… era um short tipo d jogar bola… mas um pouco mais curto… quase uma samba cansao… eu coloquei e quando cheguei no quarto ele já tinha arrumado uma caminha no chão ao lado da cama dele… estranhei pq o quarto era relativamente grandinho…mas não

falei nada e deitei.. não demorou muito e peguei no sono c ele ainda falando…
Saca quando vc tá meio dormindo meio acordado e percebe algo mexendo em vc?
Pois eh, percebi q tinha uma mão acariciando minha coxa… fingi q ainda estava dormindo mas despertei na hora… eu travei… acho q foi um misto d sensações… não demorou muito e a mao dele tocou meu pau por cima do short q nesse momento foi ficando duro feito Rocha… não tinha nem como disfarçar… tendo em vista q meu pau e relativamente grande… tenho 21cm d pau, cabeção rosa grossura proporcional e pentelhudo.

Percebi q o garoto tremia, não sei se d nervoso, medo de eu “acordar” ou tensão… sei q quando meu pai ficou duro sentia sua mão trêmula acariciando por cima da bermuda fina…
Algum tempo depois ele tomou coragem e lentamente foi puxando o elástico da cintura para revelar meu pau q pulou p fora latejando… ele segurou ainda c as mãos trêmulas e lentamente foi puxando a pele p baixo revelando minha cabeça.. o quarto estava c a luz apagada mas tinha um abajur c lâmpada azul q embora fosse fraco deixava tudo visível… ele lentamente foi subindo novamente a pele e meu pau deu uma pulsada e começou a babar… nessa altura do campeonato meu tesao já estava tão grande q nem pensei… simplesmente coloquei a mão na cabeça dele para

conduzir ela até meu pau… ele tomou um susto e eu apenas fiz c o dedo na boca sinal d silêncio e falei baixinho…
Mama vai… não era o q vc queria? Agora mama!
Ele prontamente obedeceu, e puta q pariu, o muleque mamava muito! Ele começou dando beijinhos na cabeça e do mada ele engoliu meu pau inteiro… aquilo era inédito p mim… nenhuma mina q eu tinha pego até então havia engolido meu pau inteiro… e ele sabia e descia c uma maestria q em poucos minutos eu estava me contorcendo e mordendo minha mão p não urrar d tesao! Msm pq, minha mina e

minha sogra dormiam nos quartos ao lado… eu estava pirando c a boca daquele garoto… eu o alertei q se ele continuasse eu iria gozar… ele parece q ouviu aquilo como um combustível pois ao invés d diminuir o ritmo ele simplesmente segurou minha mão q tentou interrompe lo e engoliu meu pau inteiro movimentando sua língua d uma forma q o gozo veio c muita força… eu explodi na garganta dele c tanta força e ele engasgou saindo porra até por seu nariz… tive um orgasmo tão forte q perdi a noção soltando um urro…
Foi quando escutamos a porta d um dos quartos abrindo e num pulo só ele deitou em sua cama e eu me virei d bruços ainda c as pernas bombas e tentando controlar a respiração… percebi uma movimentação na frente da porta do quarto em q

estávamos mas ninguém abriu… logo pegamos no sono… acordei no dia seguinte e ele já não estava na cama… fiquei apreensivo… não sabia até q ponto fiz barulho… quem tinha acordado… o q poderia ter acontecido… cheguei na cozinha, minha sogra já havia ido p o trabalho minha mina tinha ido p faculdade pq tinha reunião por conta do TCC dela… e meu cunhado hoje estava sentado na mesa comendo umas torradas c geleia… ele olhou p mim e disse c um sorriso d orelha a orelha…
_bom dia cunhado lindo, achei q não iria acordar nunca mais!

Eu meio sem graça dei bom dia e perguntei sobre elas… ele me explicou… disse q quando acordou ambas estavam correndo pq estavam atrasadas, mas q eu podia ficar tranquilo q ninguém tinha me ouvido… nessa hora eu travei.
Ele sorriu e falou:
_q foi? Acha q só pq estávamos bêbados eu esqueci o tanto de porra q vc jorrou na minha garganta?
Ele falando aquilo daquela forma, me deixou d pau duro instantaneamente… e eu estava ainda usando o short q ele havia me emprestado… o q não deu para esconder…

Eu disse q aquilo era errado, q eu namorava a irmã dele e q eu era hetero… ele riu e disse:
_ta bom… mas pode ficar tranquilo q ninguém nunca vai saber o q aconteceu!
Levantou se é veio na minha direção… eu fiquei estático… fiquei sem reação mas no fundo tava louco p ganhar mais uma mamada daquelas… e ele veio já c a mão no meu pau… sacou ele p fora… se ajoelhou na minha frente e caiu d boca novamente… ele foi me deixando doido num nível q quando vi eu segurei seu cabelo firme, levante ele e beijei ele c muita vontade… ele simplesmente se entregou, passou os

braços por cima do meu ombro, eu o levantei em um solavanco bruto e o conduzi para o quarto com as pernas cruzadas na minha cintura e as bocas grudadas uma na outra…
Chegando no quarto joguei ele na cama, meu pau já tava tão babado q confesso q nunca tinha babado tanto… ele pingava… escorria… eu tirei a roupa dele, confirmei se ele tinha ctz q ninguém chegaria… ele confirmou c um aceno c a cabeça… virei ele d bruços… ele empinou a bunda p cima.. a bunda dele era linda… eu nunca tinha reparado… mas ele tinha uma bundinha pequena, branquinha, o cuzinho dele era rosinha, pequenininho… não tinha um pelo se quer… apenas uma penugem uniforme loirinha… quase transparente!

Eu lubrifiquei seu branquinho c a baba do meu pau q escorria d tensão, posicionei a cabeça e apenas perguntei se ele queria q eu fosse devagar ou c força, ele deu uma risadinha c o canto da boca q me soou como se ele tivesse tocado uma trombeta a qual o som era um “ME FODE”!
Eu atravessei suas pregas c tanta força q ele gemeu alto e tentou se esquivar, mas ele era pequeno e despertou em mim um lado q nem eu conhecia… eu o segurei firme e também sua boca, ele viu q não teria mais como sair dali e se entregou… eu comecei um vai e vem firme e compassado…quando estocava meu pau nele percebia q lágrimas saima d seus olhos… por um momento cai em mim e perguntei se ele queria q eu parasse, se estava machucando… ele respondeu c a voz falha: _ta doendo mas não para, me fode!

Cara, eu comi ele como se não houvesse amanhã! Levantei ele d quatro e ele empinou a bundinha d uma forma… uns 20min bombeando e anunciei q iria gozar, perguntei se ele tinha camisinha pois queria gozar comendo ele e ele simplesmente disse: _me enche d porra meu macho!
Aquilo era novo p mim… mas me encheu os ouvidos… eu simplesmente aumentei o ritmo e gozei feito um touro… ele gostou junto e gemia feito uma garota… ele sempre foi afeminado, mas comigo ele agia e gemia feito uma menina… nos caímos na cama suados… eu por cima dele ainda, foi quando ele se virou me abraçou e disse em meu ouvido:
_vou ser seu enquanto vc quiser!
Naquele momento aquilo era música…

Levantamos, fomos p banho juntos e ele me ensaboou inteiro… meu pau tornou a subir… ele mamou mais uma vez e gozamos juntos d novo… me arrumei e fui p trabalho…
Conto p vcs depois tudo q rolou… a história foi longe!
Caso tenham curtido, comenta ae! Desculpem alguma falha… foi a primeira vez q conto isso p alguém!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *