Minha Psicóloga Gostosa

Ola meus amigos leitores, viom contar uma historia que aconteceu um tempo, Me chamo Max, tenho 21 anos, cabelos pretos e lisos, cortado em degradê, olhos castanhos, 1,75mt corpo consideravelmente malhado (gosto de malhar mas não sou marombeiro rsrs)
O que acontece, é que qdo mais novo via meus pais transando bastante escondido, e ficava com aquilo na cabeça, sentia vontade de fazer sexo o tempo todo, cheguei a transar com minha irmã gemea algumas vezes, tipo umas 50 ahahaha.. enfim, depois

de algumas transas, minha irmã, ela percebeu q eu estava me tornando um viciado em sexo, literalmente, sempre q nossos pais viajavam, transamos no minimo 4 vezes ate a parte da tarde, depois de um tempo refletindo sobre, decidi procurar ajuda, começei a frequentar psicologa, minhas seç~es no inicio era um porre, eu odiava aquele lugar e odiava mais ainda minha psicologa, Beatriz, uma bela morena, uns 1,68mt, cabelos castanhos até metade das costas, olhos castanhos magra rabuda… não gostava dela mas já bati varias vezes pra ela.

Certa vez, eu estava tão excitado, que contei a ela sobre o q achava
– sabe Beatriz… acho mesmo q sou ninfomaníaco
– pq acha isso Sr. Elvengard ?
– como vc sabe, estou o tempo todo a fazer sexo, já fiz com minha Irma, minha vizinha, minha tia, bêbada, Mas fiz, com a mulher do meu patrão, com a filha dele q acabou de fazer 18… mas percebi qdo comecei a punhetar por vc.

– por mim ? mas como assim ?
– eu imagino te segurando com asa mãos pra traz, eu te segurando e fodendo sua buceta sem parar, com força e bem selvagem
– nossa… vc gosta msm hein
Eu achei q ia ser um baque pra ela, na verdade foi um baque pra mim, pois a safada ficou com tesão, eu via claramente seus seios bicudos durinhos, sua calça estava melada q passava a calcinha

– vc deve ser mto bom, na verdade eu queria mesmo experimentar isso, já q vc acertou meu desejo sombrio e esacondido ahaha
– hummm e vc quer ?
– claro
Ela se levantou baixando sua calça e calcinha se debruçando na mesa, pude ver sua bucetinha lisinha e melada, parecia estar me chamando a mto tempo,´pingava de tesão, e sem demora, eu voui atrás dela segurando os braços pra traz como imaginava e enfio meu pau grosso na sua bucetinha apertada e melada, e ela gemia pedindo por mais:>

– Aaaah isso Max, me fode gostoso hmmm, me faz tua cadela, quero sentir vc me preenchendo a buceta com esse pau grosso, é tão grande aaahh eu posso sentir tocar meu útero
– ta gostando Beatriz, sua cadela safada, hmm to adorando te foder
Fiquei metendo naquela bucetinha morena, segurando ela pela cintura e a outra mão seus braços pra traz, as vezes batia na sua bunda deixando marcada.. e ela gemia como se tivesse no cio,as vezes puxava seu cabelo ordenando q empinasse aquele rabao dela, ela obedecia toda cadelinha, metendo forte fazendo barulho melado e das bolas batendo em seu grelo quase gozando

– Aaaahh Beatriz eu to gozando aaahhhh
Ela sai e se ajoelha abrindo a boca colocando a língua pra fora, e me olhava como se pedisse aquilo, e eu coloco meu pau na sua língua e gozo na boca dela, ela engole meu esperma e chupa meu pau por um tempo, ela se levanta sorrindo:
– hmm vê,m fazer mais consultas assim,adorei ser sua cadelinha
Desse dia a dainte, passei a gostar das minhas seções, passei afazer 2 vezes por semana, depois 3, ate q frequentemente…

Obrigado por ler meu conto, criei com minha irmã brincamos de psocologa e paciente, espero q tenham gostado, comentem, votem, enviem suas msg, vou responder todas, tenham uma boa masturbação ahahahah

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.