Rapidinha deliciosa com a casada

Eu tenho três amantes fixas, todas elas casadas. Meu caso com Fernanda começou a mais de dois anos atrás, ficamos um tempo sem nos vermos, mas sempre mantemos o contato. Fernanda é casada e mãe de um casal, tem 35 anos, morena, com cabelos pretos e compridos, tem seios fartos, uma bunda linda e grande, é sem duvida a casada mais gostosa com que saio. Mas, nossos encontros são esporádicos, desde quando começou a pandemia que não nos vemos! Moramos perto, menos de 10 minutos andando.

Libidgel Gratis

Hoje domingo, 26 de julho. Ela me mandou mensagem as 16 horas dizendo que o marido iria sair para dar um passeio com os filhos. Iria leva-los na casa da avó. Perguntou se não poderia ir lá dar uma rapidinha, ela disse estar com muito tesão e morrendo de saudades. Assim que li a mensagem meu pau já deu sinal de vida, respondi que estaria lá. Inventei um desculpa para minha mulher, disse que iria dar uma corrida (coisa que tenho o hábito de fazer, as vezes corro 20 km) então teria cerca de 2 horas disponível. Coloquei minha roupa de corrida e saí, demorei uns 8 minutos para chegar, quando estava caminhando em direção a casa dela o marido já estava saindo de carro. A rua estava deserta, entrei rapidamente pelo portão da garagem que ela deixou entreaberta.

Assim que entrei já trocamos beijos ardentes, ela estava de vestido curto tipo camisola. Estava com cabelos soltos e toda cheirosa, tinha acabado de sair do banho. Em pé mesmo abaixei e comecei chupar sua buceta lisa e cheirosa, ela já estava toda molhada. Ajoelhado na sua frente colocava minha língua dentro da sua buceta, ela apoiou uma das pernas no meu ombro para facilitar o acesso da minha lingua, ela forçava minha cabeça enquanto gozava gostoso na minha boca. Ainda agachado já havia tirado o pau para fora do short, quanto levantei virei ela de costa e soquei forte na sua buceta. Enrolei aquele cabelão na minha mão e puxei. beijava suas costas, e com a outra mão apertava seu peito.

Sexo Telefone

Depois de alguns minutos socando ela pediu para comer de quatro (é a posição que ela mais gosta), não me fiz rogado, dei mais uma lambida na sua buceta ate chegar no cu, ela deu uma gemida quando cheguei no cu rosadinho, aproveitei e brinquei um pouquinho com a língua no seu buraquinho. Ela rebolava na minha boca (nunca tinha tido esta reação, ela não curte anal, disse que tentou uma unica vez com o marido, mas não gostou). Mas, notei ela diferente quanto toquei no cuzinho dela. Aquilo me deu mais tesão ainda. Soquei forte na sua buceta, puxava seu cabelo. Molhei o dedo indicador com saliva e comecei a brincar na porta do seu anel, sem colocar, só massageando ate ela gozar novamente. Enquanto ela gozava coloquei a pontinha do dedo (ela não reclamou e continuou rebolando).

Isso nunca tinha acontecido, então decidi ser mais ousado, ainda socando consegui colocar todo o dedo no seu cu. Ela estava ainda mais safada!! Gemia gostoso, olhava para trás com cara de safada, mordendo os lábios. Tirei o dedo, cupi novamente mas agora no dedo indicador e no médio, e comecei a colocar lentamente. Foi entrando devagar, com muita paciência consegui colocar os dois dedos inteiros, enquanto ela fazia cara de dor, aquilo estava me dando ainda mais tesão (ela nunca tinha deixado nem colocar o dedo). Vi que seria a oportunidade de comer aquele cu! já tinha passado uns 40 minutos que estava ali. Tirei os dedos do cu e o pau da buceta. e dei o cacete para ela chupar, enquanto ela chupava eu disse:

“Deixe ele bem babado que hoje vou comer seu cu”

Ela me olhou com cara de safada e só balançou a cabeça que não! Eu repeti:

“Vou sim”

Ela parou de chupar passou a língua nos lábios – quase gozei! Continuou chupando!! Virei ela de quatro cuspi no seu cu e fui meter naquele buraco que a tanto tempo queria. Nesta hora ela disse que não, que outro dia me dava. Sabia que se não fosse naquele momento não seria nunca mais, aquela era uma oportunidade unica – senti que ela estava fazendo charme – ela queria! Pincelei na buceta, quando ela relaxou cuspi nos dois dedos e coloquei no seu cu enquanto socava na buceta. Ela gemia gostoso. Ela estava muito molhada, tirei meu pau babado da buceta e os dedos do cu e soquei meu pau nele, ela tentou fugir segurei-a pelos ombros e fui forçando, ela me mandou parar que estava doendo, mas já tinha entrado a metade, fui lambendo sua nuca ela foi se acalmando ate que estava todo dentro. Ela começou a me xingar de fdp, safado, puto.

Fui socando lentamente, bem devagar, ela foi relaxando olhou para trás com cara de safada, gemendo baixinho!! Tirei todo o cacete, ela disse:

“Porque tirou? Coloca vai, ta gostoso”

Coloquei e soquei ainda devagar, mas tirava tudo e colocava novamente. Ela começou a se tocar ate gozar. Quando anunciou o gozo aproveitei para socar mais rápido e mais forte. Que cu gostoso! E enchi seu cu de porra! Quando tirei estava um pouco sujo, ela me levou para o banheiro e me deu um banho rápido e ainda me chupou, pena que não deu tempo para gozar de novo. me troquei e voltei para casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *