Dando pro amante na minha frente

Minha esposa a alguns anos, teve um caso extra conjugal com um colega de trabalho, e acabei descobrindo. Mesmo tendo liberdade de fazermos “loucuras” juntos, isso acabou acontecendo, e claro que acabamos terminando. Ficamos tempos separados. Até que ela percebeu que esse sue amante, era bom apenas como amante, e não para ser seu parceiro. Acabaram rompendo e tempos depois, acabamos voltando. Sim a perdoei! Hoje nossa relação está mais sólida do que nunca, tanto que vemos nessa passagem, motivos para risos e conversamos abertamente sem culpas. Mas ai que tudo virou. Mas dessa vez, de forma diferente. Ele nunca desistiu dela. Sempre mandando mensagens e ela bloqueando cada perfil que ele criava. Até que no carro batendo papo com ela a respeito disso, ela soltou:


– Amor, e se tentássemos fazer a psicologia reversa com ele para que ele desencane de mim de uma vez?
Perguntei como seria isso. Ela complementou:
– Sabemos que ele é ciumento, possessivo muito louco. E se eu falasse para ele, que me descobri mo meio do swing e afins e que se ele quiser ser meu amante, vai ter que ser quando eu quiser, e sempre junto com meu marido, olhando ou participando!

Disk Sexo

Conjecturamos as possibilidades, e chegamos a conclusão que poderia dar certo, pois achamos que ele jamais aceitaria, por ser tão possessivo. No máximo toparia umas poucas vezes para tentar reconquistá-la e se percebesse que não daria certo, pularia fora. Então no meio disso, perguntei:
– ok. façamos isso, mas só se me contar a verdade. você ficou com tesão em dar para ele de novo né?????
Ela sem pudor, confessou:

– Vou confessar amor; fiquei sim! tinha uma química gostosa com ele! E imaginar em dar para ele na sua frente, do jeito que sempre deveríamos ter feito… sim, estou molhadinha! rsrs
Dei risada e topamos. No mesmo dia, ele mandou mensagem para ela, que novamente me pediu aprovação para seguir com o plano. Aprovação dada, ela respondeu à ele, e ficamos esperando. Alguns segundos se passaram e chega a resposta:
– Mas linda, não é possível você ter se achado nisso! Você não é assim! Mas se quer isso, eu Topo!

ela me olhou com cara dúvida e ansiedade. A conversa continuou e ele já marcou para o dia seguinte, sábado. Claro que foi uma noite de muita ansiedade onde fizemos um amor muito gostoso recheado de provocações. No dia seguinte acordamos tarde, tomamos um belo café, e em seguida a provocação já começou:
– Amor, ele acabou de mandar mensagem confirmando no motel que escolhi, daqui uma hora! Depila a bucetinha da sua esposa para ela ficar bem linda para meu amante vem!

atendi seu pedido e deixei ela pronta para o abate! Banho tomado, ela se maquiou, colocou um par de salto alto bem sexy, e um vestidinho soltinho sem calcinha. Estava uma delicia! Seguimos para o motel! Quando chegamos ele já nos esperava num quarto com piscina. Quando nos demos frente a frente, ficou no ar aquele clima desconfortável, que logo foi quebrado com ela dando lhe um beijo no canto da boca e em seguida brincando:
– acho que podemos dispensar as apresentações né!
Deu risada e acabamos entrando no clima. Rimos e nos cumprimentamos. Já no quarto, ela deu a primeira bronca nele que não havia pedido bebidas. Ele não tem hábito de beber. Ela e eu, sim. Não dariam certo nunca! rsrsrs
Ele pediu uma garrafa de espumante. Já bebendo e batendo papo, ela entrou na conversa perguntando se por ele, realmente estaria tudo bem em ser apenas ser amante dela, e que jamais ele deveria procurá-la, e que eu sempre estaria junto! Que nada de história de ligar para ela ou chama-la para saírem sozinhos. Explicou que o homem da vida dela, sou eu e com ele, ela quer sexo! Que se ele cumprisse o tratado poderia desfrutar destes momentos por muito tempo! Ela quem entraria em contato quando quiséssemos uma festa. Ele meio sem jeito, reafirmou que por ele tudo bem, que não se importaria e topava as condições. Ela então me olhou, olhou para ele, o puxou pela camisa:

– Já que topou, vai poder me comer muito ainda! Vem matar saudade vem!
O agarrou e deu um longo e molhado beijo! Quando cessou o beijo ela me olhou e falou:
– Vem cá, tiram meu vestido!
Atendi e enquanto tirava seu vestindo expondo seu corpo nu, eles iam se livrando das roupas dele, que tbm logo estava nu e voltaram a se beijar com fervor enquanto suas mãos percorriam os corpos um do outro. Nisso ela me olha novamente:
– Tá fazendo o que de roupa ainda meu amor? Quero ver esse pau duro de tesão me vendo ser devorada pelo meu amante! Tira essa roupa!
Foi um alívio, pois meu pau explodia dentro da calça. Então ela se agachou, segurou o pau dele e começou a chupar. Enfiava o pau inteiro na boca, chupava seu saco, enquanto se babava toda, me olhando com cara de safada, querendo me provocar. Depois de um maravilhoso boquete, ela se levantou, empurrou ele na cama e mandou-o deitar. Ela subiu de pé na cama, e começou a rebolar sobre a cabeça dele. Então foi se agachando ate que sua buceta que já estava toda melada, ficou na altura de sua boca:

– Chupa essa buceta e mata saudade do meu sabor!
Ele começou a chupá-la alucinadamente, enquanto ela já soltava gemidinhos delicioso e me olhava com carinha de safada. Conforme seu tesão aumentava ainda mais, ela me provocava:
– Olha ele chupando sua buceta meu safado! To me gosando todinha!
Então ela jogou o corpo para frente e voltou a chupá-lo, num delicioso 69. Ela alterava as chupadas com provocações comigo e voltava a chupar o pau dele, até que não demorou muito e ela gosou forte. Assim que se recompôs da tremedeira ela se levantou, se colocou agachada em cima do pau dele. Segurou e começou a esfrega-lo em sua buceta:

– Tá sentindo ela molhadinha? Tava com saudade dessa buceta?
– Muita! Amo você!
– Amor não! SEXO! Sente essa bucetinha meladinha sente!
Encaixou o corpo e foi descendo, fazendo o pau dele deslizar e ir sumindo dentro da xota dela. Nisso ela me olhou com cara d eputa:
– Olha amor… Olha como ele me comia e eu voltava toda gosada para casa e você me chupava! Hoje vai poder me chupar assim que ele gosar! Olha de pertinho vem!
Me sentei atrás deles na cama e fiquei apreciando a vista de sua buceta quicando no pau dele enquanto ia liberando cada vez mais do seu mel, que ia melando todo o saco de seu amante e os lençóis. Ela pulava em cima dele com muito tesão, se esfregava, rebolava naquele pau feito uma égua no cio. Logo ela tem outro orgasmo, mas dessa vez ela não para. Mesmo se contorcendo toda, continua a jogar o quadril para frente e para trás com o pau dele socado até o fundo de sua buceta. Nisso o amante começa a dar sinais de que vai gosar. Ela dá um tapa na cara dele enquanto se levanta:

– Amante meu só gosa quando eu mandar! Se acalme um pouquinho e de um golinho na bebida.
Ela se vira, deita na cama de pernas abertas:
– Ta molhadinha e usada do jeito que você gosta meu safado?
E estava! Do jeito que um corninho mais ama ver a buceta de sua amada: inchada, aberta, melada e usada!
– Enfia esse pau em mim enquanto meu amante se acalma um pouquinho. Puta, que delicia sentir a buceta de sua mulher usada, quente e pulsando no seu pau. Comecei a bombar com vontade. Nisso percebemos que nosso amigo ficou meio transtornado e caiu na realidade que o homem da vida dela era eu. Estava com cara de puto e transtornado. Percebi que ele estava se explodindo de raiva. Ai que comecei a socar ainda mais forte e com vontade lhe fazendo gemer mais alto. Para não quebrar o clima, chamei ele:

– Vem, coloca o pau na boca da sua amante!
Ele voltou à realidade, subiu na cama e enfiou o cacete melado na boca dela, que prontamente começou a mamá-lo. Quando eu estava prestes a gosar, falei para trocarmos. Ele veio, a penetrou e voltou a bombar enquanto dei meu pau para ela chupar. Que boca quente deliciosa. Mas meu momento de mandar na transa, logo foi cortado e ela reassumiu o controle da festa:
– Vamos mudar a brincadeira. Deita na cama amor! Vai me chupar gostoso enquanto vê bem de pertinho o pau do meu amante me devorando!
Me deitei, ela se colocou de quatro em cima do meu rosto com sua buceta aberta e pingando e nisso o amigo já veio encaixando e enfiando cacete nela. Conforme o pau dele foi sumindo ela foi gemendo e mandando que eu a chupasse. Comecei a passar a lingue em seu clitóris enquanto ele socava o pau em sua buceta com vontade. Ela rapidamente gozou forte, começou a se tremer toda, mas nem ele e nem eu paramos. Ele continuou a bombar e eu a chupar sua buceta enquanto ela gemia descompassada. Seu tesão era tamanho que em seguida ela gosou de novo. Continuamos a fudelança, ele bombando eu chupando ela gemendo e me chupando, até que o amante começou a gemer alto, dando sinais que ia gosar. Minha rainha volta ao comando em meio aos seus gemidos:
– Assim… gosaaaa enche minha buceta! Olha meu corninho meu amante gosando na minha buceta igual ele fazia! Só que agora vai limpar ela fresquinha !! Gosaaaaaaa!
O saco dele começou a se contrair e conforme ele mexia enquanto inundava ela, sua buceta já começava a vazar o goso dos dois em minha língua; que por minha vez, claro, não parava de chupar. Quando finalmente o amigo sessou seu goso, tirou o pau lentamente da buceta dela, e seu buraco aberto simplesmente despejou um rio de porra por sua racha, que inundou minha boca. Eita vida deliciosa de corno! Eu continuava de boca aberta passando a língua em toda aquela lambança, chupando e engolindo tudo que vinha pela frente. O tesão do rapaz era tanto que ela não parava de escorrer, que parecia uma cascata de goso! Ele olhava a cena vidrado num misto de tesão e muito ciúmes da amante dele. E eu me deliciava com a buceta usada de minha esposa safada! Quando finalmente a deixei limpinha, ela me deu um delicioso e melado beijo e em seguida beijo seu amante. Que até fez menção de recusar o beijo melado, mas acabou se entregando para não perder o rebolado. Fomos para a piscina, tomamos champagne, e depois tivemos direito a mais uma rodada de sexo. Só que desta vez ela me deixou só olhando e disse que quando chegasse em casa, eu poderia limpar sua bucetinha ainda mais usada. Saímos de lá com a promessa dele que não irá encher o saco e que será o amante fixo dela. Quando chegamos em casa, claro que ela me fez limpar sua bucetinha e transamos deliciosamente, ante de cair exaustos no sofá e eu poder fazer algumas lindas fotos de sua bucetinha toda judiada de tanto foder. Espero que ele não encha o saco dela! rsrs

1 Reply to “Dando pro amante na minha frente”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *