Fodendo cuzinho da minha mulher bebada

Eu sempre tive tesão por cuzinho e para foder com tudo me ajuntei com uma sergipana ruim que nem o capeta. e ela não dava o rabinho para mim nem fodendo mas eu sabia que a minha hora iria chegar. pois bem e chegou mesmo…kkkum belo dia estavamos em casa e recebemos uns amigos e compramos uma cervejas e carne e tal. fizemos jm churrasco e cerveja aqui e ali a papo vai papo vem a minha

gostosinha ficou alto mas ficou acordada até o ultimo ir embora. foi ai wie. a minha malandragem começou. levei ela para quarto e coloquei a na cama tirei a roupa dela todinha e ela nem tchan tava bem apagadinha entao virei ela de bruço e ela ainda imovel ai a malvadeza entrou na minha mente e coloquei o velho ditado em pratica CU DE BEBADA NAO TEM DONO. abri bem as bandas da bundinha dela e comecei a passar a lingua eu percebia que o anelzinho dava umas piscadinhas na minha lingua mas era automatico eu acho pois ela estava apagada mesmo..comexei a enfiar a lingua no rabinho que estava bem receptivo depois comecei a coloxar o dedo e ela ainda na mesma nessa hora a minha rola estava arrebentando as calcas e fui

fodendo devagarzinho com o dedo ate eu nao aguentar e trocar pela minha rola…tirei i pau para fora e abri novamente o cuInho dela com os dedos e depositei uma monte de saliva bem no anelzinho que delicia apos isso mirei a cabeça da rola e fui deslizando cuzinho adentro de vez em qiando ela mexia quase acordanso e eu parava com a rola la dentro. e depois voltava a foder bem devagar.e foi assim bem

devagarzinho que enchi o cuzinho dela de porra sem eka acordar. no outro dia ela me questionou e eu falei oque tinha feito…ela me xingou pacas e ficou uma semana de biceta virada sem dar trela para mim. valeu a pena foi uma delicia. hoje nao estamos mais juntos e depois disso fodi mais algumas vezes aquele rabinho que foi so meu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *