Meu amigo me pediu para eu fazer um boquete rápido

Quando eu tinha uns 23 anos mais ou menos, eu ficava no interior nas férias, e tem na cidade uma “ casa de morador, que era tipo um anexo da casa oficial, das minhas tias, na sede da cidade mesmo.
Nessa casa eu ficava, porque quando eu saia com meu amigo para as noitadas no Município vizinho a gente chegava tarde, e bebia muito, fazia muito barulho e acordava as minhas tias que eram idosas, tinham mais de 70 anos de idade.

Na década de 90 não existia câmera de segurança, e na verdade a cidade era bem segura, de madrugada ninguém na rua.
Tem um lugar que não tem poste de iluminação, perto de uma plantação de milho, no fim de rua , de descida.Era perto uns 5 min a pé de casa.
Meu amigo teve uma idéia era 2h da madrugada, todo mundo dormindo, só a luz da lua, e ele sabia desse caminho escuro….

Ele disse: A gente vai de pijama sem cueca, quando a gente entrar na rua a gente fica nu… e vaii andando nu até chegar no rio, no mato, vai ser um barato.
Eu topei na hora. E fomos lá, andamos uns 5 min de pijamas sem cueca e descemos para a tal rua sem nome, tava um breu lá,muito escuro, mas depois de um tempo dava para ver só os vultos da gente, vendo de perto.
Quando eu tava pelado, depois de andar 5 min eu fiquei com meu pau muito duro e meu amigo percebeu.Ele disse:
-Pow cara, diabo é isso daí?-Fica excitado com homem?( fazendo sinal com o dedo dizendo que minha geba tava dura).

“-Pow cara, não deu para evitar eu fico de pau duro quando ando nu”, respondi.
Então ele começou a andar perto de mim, muito perto e de vez em quando ele batia “acidentalmente” a mão na minha geba….era um barato.
Teve uma hora que agente parou de andar, e ele automaticamente, naturalmente, começou bater uma punheta gostosa para mim…eu disse :-continua, ta legal……
Depois de 5 minutos de punheta, eu não tinha esporrado. Ele disse,:-Cara, tu me deixou doido de tesão, tô muito excitado, chupa eu, rápido.

Ele se afastou um pouco, e eu pedi para Le me mostrar seu cacete, queira ver como tava…
Minha nossa, como tava duro, uma delícia.Adoro quando o pau fica empinado para cima, fico louco de vontade de chupar pau “empinado”!!
Eu disse:- Vou só fazer um boquetinho rápido….e comecei dando duas beijoquinhas na cabeça, tão dura, depois peguei ele e senti cheiro de esperma, de gala de macha, eu cheirei o tronco do apu dele como se fosse um charuto cubano, sabe?…delícia. Depois eu fiquei de pé, com a cabeça de lado, debaixo dos braços dele, em pé mesmo e boquetei ele gostoso.

O viadinho esporrou na minha cara, eu disse:- porra, seu viado, e abracei ele, esfregando minha cara no caralho dele, enxugando a porra toda nele mesmo. Uma delícia.
Depois nos vestimos e voltamos, chegamos a transpirar na vota pois era uma subida na volta, foi osso. Nunca mais repetimos pois dava muito trabalho ir lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.