Safada dando uma rapidinha com Dois Caras

Olá tudo bem, me chamo Nelma Tenho 28 anos Branquinha, cabelos natural castanho (costumo tingidos de loiro) minhas medidas exatas: 1,62 metro, 50 quilos, 60 cm de cintura, 84 de busto e um quadril de 92 cm. Pretendo relata a maioria das minhas aventuras e experiências sexuais mais hoje quero falar da rapidinha com dois caras.

Eu havia acabado de completar meus 24 anos e namorava o Paulo(34anos) já uns 4 meses e passariamos os 3 dias de carnaval em um chalé que o pai dele era socio perto de Vitoria-ES. La era uma casa comprida de frente e a traz havia umas 10 cazinhas ao fundo bem diferente do que eu havia pensado. O Paulo não era de me negar fogo, mais o ponto fraco dele era a bebida e o pau dele que não era grandes coisas uns 14cm, No segundo dia conhecemos um casal super alto astral Veronica (30anos, minha altura magra em cima e uma bunda grande) e o Jair (38anos, pouco mais alto que eu e meio parrudinho)

A noite fomos pra um baile de carnaval ao qual tomamos todas principalmente meu namorado que mau conseguia andar, só sei que estava rolando um clima entre nos 4 e sei que iria acabar em Swing, pois as vezes eu beijava a Veronica e ela vivia atacando meu namorado, Já o jair tambem não ficava atraz da bebedeira mais quando vinha me beijar vinha com mão e tudo e até tentava passar as mão no meu peito e bunda, mais eu não deixava pra tentar manter a linha sabendo já o que seria no final.

Só sei que demos de ir pra um bar super conhecido na cidade que la meu namorado apagou de bebado e tivemos voltar pra casa, isso já era umas 3 da manhã e na descida do carro um amigo do Jair, sendo que mais magro e moreno ajudou a levar o meu namorado pra o nosso chalé, só sei que deu maior trabalheira pros rapazes, a jeitei meu namorado na cama e depois fui ate o chalé deles pra agradecer, sendo que a Veronica havia saido e só estava os dois sentados em um sofa e me sentei em uma cadeira e daí pedi desculpas e falei que nem sabia como agradecer e foi ai que Jair me pediu na lata pra pagar um boquete pra ele, e nisso perguntei sobre a Veronica e ele me falou que ela demoraria e seria rapidinho.

Eu havia trocado de roupa colocando uma saia comprida e uma blusa com botons Eu fiquei com vergonha mais vendo os dois de pau pra fora duros, não pensei duas vezes me ajoelei no Jair e cai de boca naquela pica media de uns 18cm, ele queria passar a mão em mim mais fiquei relutando ate que não demorou muito ele gozou dentro da minha boca e segurei e cuspi dentro de um cinzero, tomei um gole de vinho e partir pro amigo dele que estava de pau mole, sendo que dentro da minha boca ele cresceu mais do que devia quase me engasgando.

Jair era muito safado e deitou no chão e enfiou a cabeça nas minhas pernas e falou que so iria me chupar, mais como o tesão já pairava no ar abri as pernas e ele por baixo me chupava com toda força, parei de chupar o amigo dele abri minha blusa e comecei a fazer uma espanhola no amigo dele, pois eu já não tinha folego, e alguns minutos o amigo dele gozou nos meus peitos. Eu já estava sem blusa e me limpando quando vi o pau do Jair duro como uma tora me sarrando por traz e levantando minha saia. adverti que meu namorado poderia acordar me procurando e que tambem tinha a mulher dele mais nada dele escutar, me colocou de joelho no sofa afastou minhas pernas e mandou ver dentro da minha buceta que já estava toda lubrificada, eu gemia e rebolava como uma puta no pau dele até que eu comecei a gozar freneticamente e Jair tirou o pau de dentro da minha bucetinha e pediu para cavalgar em cima seu amigo tambem de pau duro e sem falar nada meteu com tudo no meu cuzinho que estava melado cheguei a ver estrelas pois o pau dele era um pouco maior que a do Jair, depois ele me levou pra cama ao qual eu já estava todinha peladinha me deitei na cama e na posição de frango assado eu dei horrores pra aquele homem enquanto eu chupava o outro fiz um boquete delicioso que ele não aguentou meu beijo grego e gozou horrores na minha boca e o outro que demorou um tempo pra gozar com o Jair passando a mão nos meus ceios e apertando o biquinho deles, eu já nessa hora havia gozado varias vezes quando ele tambem tirou o pau de dentro e gozou na minha barriguinha.

Os dois ficaram me vendo deitada e me elogiando e vieram a voltar a passar a mao no meu corpo e foi ai que eu lembrei do meu namorado e catei minhas coisas e sai as presas. Já a Veronica nessa noite tomou um chá de sumiço e meu namorado no outro dia pasou mau direto e não ficou sabendo de nada. Mais que foi bom dar pra aqueles dois taradinhos isso foi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *