Chupando o Cunhado Safado

Sempre tive muito tesão na bunda de Renato, o namorido de minha irmã. rsrs Passava horas me masturbando pensando em minha lingua naquele bundão gostoso. Mas nunca tive uma oportunidade para investir nessa fantasia, até o dia 17/06/2011, onde nos encontravamos plenamente sozinhos Renato e Eu. _É meu sonho chupar seu cu cunhadinho. Você realiza essa fantasia? _Você é louca?! Eu sou o homem da sua irmã. E eu nunca vou trair ela. _Calma Renato! Vamos conversar. Não tem

ninguém aqui. Eu fui até meu cunhadinho, peguei sua mão e a coloquei em meus seios. _Você gosta Renato? Quer mais? _Melhor você parar Flor. Alguem pode chegar. _Hummm, vai me deixar assim cunhadinho? Nesse momento coloquei a mão de Renato dentro da minha calcinha. Meu cunhadio tremia e o volume da sua bermuda estava cada vez maior. Renato não resistiu, me agarrou e me beijo. Um beijo longo e profundo, uma delicia. Renato me pega no colo e me leva para o quarto, me coloca na cama e enquanto me beijava, tirava minha roupa. Renato se esfregava em mim, subia e descia sempre me xupando. Ai, que lingua gostosa meu cunhadinho tem. Depois de gozar na boca do meu cunhadinho, era a minha vez de retribui. Comecei xupando aquele pauzão sem parar. Eu engolia ele todinho e Renato delirava, ele pedia sempre mais. Hummm, que cunhadinho guloso! Deixei que ele gozasse em minha boca, uma delicia! Exausto, Renato se deita. Hummmm! Com aquela bundinha pra cima. Eu comecei a fazer uma massagem nas costas dele, ia massageando e beijando. E assim eu ia até o seu bumbum, depois comecei a beijar e lamber sua bunda bem lentamente. Ele impinava a bunda e eu chupava. Então resolvi xupar seu cuzinho, abri a bunda dele e fui enfiando minha lingua. Nossa! Que cuzinho gostoso! Eu dei meu dedo pra ele chupar para entrar sem machucar, ele deixou meus dedos babadinhos. Lambi seu cuzinho um pouco mais e enfiei um dedo, o cuzinho dele mordia meu dedo tão gostoso que eu chegava a gozar sem nem sequer me tocar. Com o meu cunhadinho mais relaxado, decidi enfiar mais um dedo. Pedi pra ele ficar d4 e dei mais uma chupada bem gostosa, melei o meu dedo com meu gozo e comecei a enfiar os dois dedos naquele cuzinho relaxado. _Aiii! Vai devagar poha! _Relaxa Renato! Ta entrando. _Ta doendo! Chupa um pouco vai. Renato reclamou muito, então chupei mais um pouco. Abri bem aquele cu e soquei meus dedos bem no fundo só pra ouvir meu cunhadinho gemer. Renato gozou tanto que molhou toda a cama. Foi uma delicia e claro, tivemos muitos outros encontros. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *