Fazendo a minha esposa dar para vario

Eu fiz minha esposa dar a buceta para vários Homens. Vou ser directo na história , sem perder tempo com nomes e outros detalhes , apenas que somos um casal normal , na faixa dos quarenta e cinco , e corpo compatível com nossa idade. Nossos filhos já tomaram seu rumo na vida (temos um casal que já estão casados), e com isso ficamos só em casa, eu desde sempre tive a fantasia de ser corno,já temos vinte e três anos de casados, e sempre imaginei minha esposa me traindo , nunca pensei se seria negro ou sei lá o quê , apenas que eu descobrisse que ela me traia. Um dia

então eu disse a ela de minha fantasia , ela , como era de se esperar nem quis ouvir falar , todo dia eu insistia com a conversa de ela trepar com outro , como ela estava sempre negando de realizar esse sonho , dei um ultimato , eu disse a ela que ela quisesse transar , teria que achar um macho na rua , pois eu não a fuderia enquanto ela não me traísse e claro com provas da corneada. A nossa rotina diária era assim ,saiamos

trabalho e por volta de dezasseis horas ela me ligava do serviço e dizia que estava indo prá casa , lá pelas dezasseis e trinta , me ligava de casa ,dizendo que havia chegado , eu chegava em casa lá pelas dezassete e trinta.

não

ainda

ela

,

meses

três

Passados

corneado , eu me aliviava na punheta todo dia , mas

não existe resistência

natureza

a

contra

estava para completar cinco meses , minha esposa me liga as dezasseis horas e me diz que já está indo

outros

dos

contrario

ao

mas

embora

dezasseis e trinta , ela não me liga de casa como sempre faz , achando que poderia ter se esquecido , ligo para casa e ela não atende, tento o seu celular e nada , fiquei preocupado as dezassete hora fui para casa e quando lá cheguei ,não a encontrei , tentei seu celular e nada, após alguns minutos comecei a achar que ela estivesse me corneando, e aí então comecei a ficar ansioso que ela chegasse.

Por volta das vinte horas ouço um carro parando perto de casa ,fui até a janela da sala ,e ainda tive tempo de vê-la saindo de dentro de um carro anos noventa… e ela

fiz

“hoje

diz

me

e

casa

em

entra

queria,transei com um colega de trabalho e acho que agora você já teve o que queria”, e tirou a calcinha da bolsa e me entregou,quando a abri , lá estava a mancha de porra do cara que a fudeu ,nisto , acho que ela ainda estava com tesão .pois ficou nua na sala se sentou na poltrona e arreganhou a boceta, diga-se de passagem , totalmente inchada e vermelha, eu fiquei de pau duro na hora , tirei meu cacete para fora e dei para ela chupar, enquanto me chupava ia contando como o cara afez com ela em quais posições foi

aguentando mais , enfiei o meu cacete em sua boceta e com tres bombadas eu gozei um rio de porra dentro dela.

Refeitos da transa , ela me contou que aos poucos o colega de trabalho começou a canta-la , como eu estava firme na minha decisão ela então depois de muito negar acabou se entregando a ele. Depois deste dia , nossas transas voltaram ao normal e um dia ao perguntar a ela se ela sairia com o colega de novo ela disse que poderia pensar, mas que não estava com a intenção disso no momento ,pois ele era muito discreto e era noivo e sua noiva trabalhava lá

empresa também. Mas todos nós temos um “amigo” , mais sem vergonha, mais descolado não é mesmo?….Então…. Um dia sai para tomar cerveja com este amigo doidão após o serviço , e no meio do papo , apesar de tudo ele sempre foi de confiança e aí eu lhe disse sobre minha vontade de ser corno,contei que minha esposa havia me traído por minha vontade ,mas que eu queria mais , queria vê-la bem puta sendo fodida por varios caras, ele então me disse que este era um caminho sem volta, que se ela gostasse , nunca mais seria só minha, então lhe respondí , que esse era meu desejo ,vê-la sempre sendo fodida por outros machos.

Meu amigo me disse que tentaria me ajudar , e que pensaria em algo. Passado alguns dias , meu amigo me chama para tomar cerveja depois do expediente, aquela dia dia passou devagar pois eu sabia que ele já havia bolado

do

final

no

coisa.bom

alguma

conversando e ele me disse que tinha um amigo que tinha uma chacara nos arredores da cidade , e que esta chacara tinha piscina , que ele estava sabendo de tudo e que estava disposto a colaborar,os dois programaram um churrasco durante um sabado a tarde na chacara dele.e que era para eu levar a minha esposa até lá , com a desculpa que era confraternização dos colegas de trabalha e que todos levaria as esposas para que pudessem se entrosar , mas que era na verdade o argumento que eu usaria para levâ-la até lá ,e na verdade seria apenas ela de mulher e se pintasse o clima eu veria minha esposa ser fodida por vários caras. Fui para casa e conforme combinei com meu amigo

“confraternização”

a

sobre

ela

a

,disse

funcionarios, sem esquecer de mencionar que ela

lá tem

pois

biquini ,

seu

levar

deveria

poderíamos aproveitar o dia ensolarado. Então chegou o grande dia, apesar de muito especular com meu amigo , ele não me disse quantos caras

muito excitado ,fomos para

lá ,

teriam

,chegamos por volta de meio dia e comentei com minha esposa que dos casados, nos eramos os primeiros a chegar , nos apresentamos ao dono da chacara , e ele nos deixou bem a vontade , nos mostrou os vestiarios , a piscina e já estava com a churrasqueira acesa , me dizendo que os outros chegariam entre meio dia e meio e uma hora.Minha mulher se trocou e colocou o biquini e uma bermuda por cima, a principio timida , aos poucos foi se soltando e ambos batendo papo com o dono do lugar fomos ficando a vontade.por volta de uma hora chegou dois carros , ví meu “amigo, descer do primeiro e junto com ele vieram mais dez caras, mas como não houve nada suspeito minha mulher não desconfiou de nada,então quando fui cumprimentar meu “amigo”, apresentei-lhe minha esposa, e depois dissio as coisas foram acontecendo de forma natural. O calor estava forte e minha esposa disse que iria entrar na piscina, pois não iria esperar os outros casais pois o calor estava intenso , nisto a cerveja rolava solta, com todos nós bebendo , inclusive ela,depois de uma hora o “amigo ,me chamou para jogar bola.fomos para o campo e minha esposa ficou na piscina se refrescando , quando chegamos lá ele me disse para voltar e começar a dar uns amassos nela, e quando estivessemos bem a vontade , nós seriamos flagrados por eles , e aí ela seria fodida por todos. Voltei para a área da piscina ,e pulei junto de minha mulher,e comecei a beija-la, e ela surpresa, falou que eu estava bem tarada pois meu pau estava muito duro, e aproveitei a deixa e tentei penetra-la na piscina , e ela não quis com medo que alguem pudesse ver , então lhe disse que todos inclusive o dono da chacara estavam jogando futebol do outro lado.Então desamarrei a parte de cima do biquini dela e comecei a chupar seu peitos, e levei a mão a sua xana e comecei a mexer no grelinho

ela ficou

quando

biquini,

do

por cima

dela

excitada, comecei a penetra-la na piscina mesmo , mas a posição não ajudava , então a puxei pela mão e saímos da piscina, e ela com os peitos de fora e eu com o pau saltando do meu short de banho , posicionei-a de quatro numa cadeira dessas que tem em volta da piscina e comecei a fodê-la alí ,apenas ,tirando para o lado o seu biquini,comecei a bombar bem forte, ela começou a gemer, então acabei de tirar meu short e dessamarrei a parte de baixo do biquini dela, e ficamos nus alí, o tesão era tanto que ela nem se lembrou que havia outros homens na chacara, quando ela esta

estocadas,

minhas

com

novamente

gemendo

“amigo” e seus colegas chegam de uma vêz, e ele fala”nossa ,ouvimos os gemidos e viemos ver ,agora a gente quer tambem” olhei para ela que assustada quiz sair, mas eu não deixei e lhe disse “relaxa meu bem ,eu sei que você quer isso tanto quanto eu” , e ela me

importa

se

não

você

respondeu”se

satisfazer o seu e principalmente o meu desejo que é dar como uma vadia até meu cú e boceta esfolarem… mas tem uma condição , será um de cada vez na buceta e depois um de cada vez no meu cuzinho ,senão nada feito e mais um detalhe ,só vai comer meu cuzinho , quem encher minha buceta de porra”, poxa

se

mesmo

resolveu

mulher

minha

sacanagem.

Então saí de dentro dela e deixei sua boceta livre , meu “amigo” foi o primeiro , penetrou de uma estocada só e bombou violentamente seu cacete na xaninha dela, ela começou a gemer , a se contorcer ,eu fiquei de lado e aquela fila de homens esperando sua vez, tinham onze

meio a gemidos de minha

machos esperando, em

espos e gritos de fode essa vadia , meu “amigo” , urrando muito ,gozou na buceta dela ,quando ele tirou sua pica de dentro dela , escorreu um pouco de porra, em seguida,vêio um mulato com um pau bem comprido , e foi fodendo-a rapidamente , a cada estocada ela pedia para que ele a fosdesse mais forte,,e então o mulato encheu ela de porra , depois foi o dono da chacara, e assim todas a picas alí , inclusive a minha foderam minha esposa,(eu fui o ultimo ,pois como corno oficial teria que aproveitar o sopão que eles deixaram),gozei com duas bombadas.Em seguida sem dar tempo de descanso para ela , eles voltaram a carga, agora no cuzinho dela , como combinado ,então eles elegeram o mulato para abrir caminho , pois era o pau maior e mais grosso, confesso que temí pelo rabinho de minha mulher, pois poucas e dificultosas vezes , eu havia a enrabado ,mas a vontade e o tesão dela era muito ,pois quando o mulato forçou o caralho no cuzinho dela ,eu ví que estava doendo muito , pois as lagrimas rolaram em seu rostinho lindo , mas ela queria dar para ele ,então num esforço tremendo ,ela dá um impulso para trás e força a rola dele, que entrou num rasgo só , minha mulher deu um berro de dor, quando achei que ela desistiria ,o mulato começou a bombar sem dó naquele cu , e minha esposa chora , primeiro de dor , depois o prazer começou a invadí-la , mas o mulato era sacana e tirou seu pau de dentro dela ,e nos mostro o o estrago, quando ela deua prmeira piscade de cú , ele enfiou aquele cacete novamente, então bombou ,bombou até gozar , e despejar muita porra nela, que mesmo antes de ela tirar aquela rola de dentro dela , o esperma já escorria por sua perna, então ele saiu e deu lugar aos outros, que um atrás do outro , coeram o rabinho arrombado de minha mulher.Depois de um breve descanso , recomeçaram , aí ,ela era fodida de todo jeito , em pé na piscina , na grama , dupla penetração e tudo o mais que vocês podem imaginar.

Ao anoitecer nos despedimos e fomos embora , minha mulher toda arrombada, com a buceta e o cuzinho esfolados (como ela queria) e a boca doendo de tanta pica que chupou , cheia de arranhôes e chupôes por todo o seu corpo ,cansada, dolorida mas satisfeita..no caminho para casa lhe disse que foi tudo armado peleo meu “amigo” de trabalho…Após este dia , nós sempre saímos para arranjar algum macho

algumas

de

participamos

,inclusive

despedidas de solteiro , teve uma que era asó a minha mulher ,uma mulher de programa e uns vinte e cinco caras, essa foi num feriado prolongado, minha mulher tirou sua roupa na quarta a noite e só voltou a se vestie na terça de manhã na hora que nos arrumamos para vir embora. sou o corno mais feliz do mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *