Meu patrão comeu minha mulher na balada

Ola somos o KASAL TOP de Camboriu SC, ela é gaucha com descendência de inglês com russo loira olhos verdes,52 kg 171 de altura,bumbum pequeno e arrebitado,seios pequenos e durinho,típica mulher europeia, olhos ,pele e cabelos claros,apesar não ter o tipos traços de uma típica mulher brasileira,minha mulher é muito linda,gostosa e safada,uma putinha mesmo,adora usar calcinhas fio dental, e roupas sensuais sempre que dá,somos um casal novo e discreto,estamos nos meio a sete anos.

Me fizeram algumas perguntas referente ao ultimo conto que postei,MEU PATRÃO DOTADO COMEU MINHA ESPOSA, e aqui quero deixar,bem claro o que curtimos nossos fetiches,e também aqui neste conto vamos postar as fotos,do ultimo conto,MEU PATRÃO DOTADO COMEU MINHA ESPOSA,estamos a sete anos no meio,EU ELE curto exibir minhas esposa para os outros machos,adoro ver ela ser desejada,também curto ver ela em uma bela rola,gemendo e rebolando em uma rola,a pesar de minha esposa não curtir sair sozinha.

Quando vamos as baladas,bares,restaurantes, eu adoro deixa ela bem a vontade para fazer o que ela tem vontade,bem diferente de outro maridos,adoro ver ela,dançar,se esfregar,fretar,paquerar outros machos na minha frente,e eu faço de conta que não estou vendo nada,EU ELE sou CORNO MANSO e não curto participar,o meu prazer é olhar admirar minha esposa em outra rola,não Curto participar,sou voyeur.

Nossas preferências são, não fazer nada preparado,nada marcado,tem quer no a caso,acontecer naturalmente,e como deixo ela sempre a vontade nas balas, quase sempre rola alguma coisa,e doutro fetiche que tenho é ficar escondido olhando adimirando ela e seus comedores,adoro isso,acho que ela fica mas solta quando não estou vendo,seila é coisa minha mesmo,em seila adoro isso e muito,fica escondido vendo sem que ela e o comedor saiba,então vamos ao conto.

Um dia meu patrão Jorge me liga e diz se nos já temos algo para fazer no final de semana,eu disse que ainda não,ele disse então não marca nada,porque na sexta vou esta em Camboriu e quero ver vocês,eu disse tudo bem quando você chegar na cidade você nos liga,disse a Tati que Jorge chegaria na sexta a noite na cidade e que gostaria de nos ver,Tati ficou toda animadinha,e disse que bom já estou com saudades daquela rola,e sorriu e fez um olha de putinha bem safada,eu disse é você viciou na rola do coroa mesmo não é?

Ela disse sim viciei,além de ele ter uma rola do jeito que eu gosto,grande,grossa ele mete muito,mas muito gostoso,coisa que muito novinhos não faz,sem falar que ele demora pra gozar,coisa que é diferente de você não é corno, e deu risadas,e sorrimos,dado o dia Jorge ligou era perto das 20:00 HORAS,e disse passo ai pra pegar vocês as 23:30,eu disse tudo bem,falei para Tati que Jorge iria passar em casa as 23:30,ela disse então vou começar a me arrumar,e saiu e foi.quando foi as 23:30 ele já estava no portão esperando,.

Eu desci e ficamos esperando Tati que apareceu linda,com um vestidinho curto vermelho,com uma malha bem fininha,colado do corpo,que realçava bem seu pequeno rabino empinado,e deixava a mostra sua calçinha que estava socada no seu cuzinho,quando batia a luz a claridade,o vestido mostrava bem sua calçinha,por ser transparente,Jorge me mandou sentar atrás e Tati foi na frente com ele,Jorge deu um longo beijo demorado em Tati,ele fez uns carinhos em seu rosto,disse que tinha saudades da Tati,passou a mão nas pernas dela e disse.

Nossa mas como você esta linda e gostosa,Jorge disse que a festa seria em uma fazenda,e que um amigo teria conseguido os ingressos pra ele,chegamos lá o lugar era lindo,muito bonito e grande,logo chegou o amigo de Jorge,vamos chamar de Rui,era um homem novo bonito,vi que Tati olhava fixo para ele,Jorge disse e ai Rui tudo bom,poxa muito bonito o lugar,mas deixa eu te apresentar meus amigos,esse é o … ele é CORNO Rui olhos para mim e ficou sem graça,Jorge disse é verdade ele é CORNO mesmo um CORNÃO,Tati disse.

É verdade ele é CORNO,e daí todos rimos,fomo para um salão onde rolava um som ao vivo,ficamos próximos ao bar,pedimos umas bebidas,e logo Tati me chamou para dançar,ela adora musica sertaneja,fomos dançar,o local estava lotado,estávamos dançando e eu sempre olhava para os dois,eleS não tiravam os olhos de nós,e conversavam e falavam e riam muito,voltados e se juntamos e eles,Tati me deu um beijo e foi ficar com o Jorge,ela ficou de costas pro Jorge,encostando seu rabo nele e se esfregando e dançando.

Rui me olhou deu uma encarada,como dizendo então você é corno mesmo,vendo Tati ali se esfregando em Jorge,Tati ficava se exibindo para quem quisessem ver ela, ficava dançando bem sensualmente e se esfregando no Jorge,olhava para mim e para o Rui com uma cara de safada,mas também notei que ela não tirava os olhos de Rui, ele Rui não demorou e tirou Tati pra dançar,ela como gosta de dançar,se foi,Rui dançava muito bem o cara até parecia ser professor de dança,eles se esfregavam um no outro,r era lindo de ficar olhando.

Jorge me disse e CORNO,sua mulher é bem puta mesmo ,e você é muito CORNO olha lá nem bem conhece o cara e já esta la, olha,se esfregando na rola do estranho,é muito puta mesmo essa minha namorada,e rimos,eles voltarão,e ficamos ali,e Tati ali com Jorge se esfregando nele,ficamos trocando idéia rindo e tal,daí fui ao banheiro,quando voltei,Tati já estava na pista de novo dançando com o Rui,e daquele jeito,se esfregando,notei que eles estavam mas soltos,dançavam bem grudados,e se esfregando coisa linda aquilo pra mim que gosto.
Eles sempre sumiam no meio do povo,as vez ficavam um bom tempo, sem aparecer no salão,notei que eles apareceram, e Rui estava com a Mao na rabo dela,ele passava a mão por sobre a bunda de Tati ,tipo fazendo carinho,e estavam de rostinho colado conversando, e Tati ria muito,eles dançaram umas 3 ou 4 musicas direto sem para,eles voltaram pra junto de nós, e ela me deu um beijo, e ficamos ali Tati junto,ela me disse amorzinho,o Rui tava com O PAU duro, e ficava esfregando em mim ,esse tarado.

Eu disse como você sabe que estava duro,ela disse amorzinho eu senti nas minhas pernas,estava quente e duro,daí eu peguei por cima da calça,amor é grande,e deu um sorriso, foi ficar novamente com o Jorge,Tati disse que iria ao banheiro, e me deu um beijo,e foi,demorou um pouco Jorge de disse que iria falar com uns amigos.

E também saiu,mas eu como um bom CORNO,logo percebi que,tinha chifres a vista,um bom CORNO,tem faro,e eu disse pro Jorge que eu iria no banheiro e que depois iria tomar um ar,cheguei no banheiro masculino que era próximo ao feminino,perguntei para uma senhora que estava cuidando o banheiro se tinha uma mulher com o perfil de Tati,ela me respondeu que loira desse jeito não veio não,então a mulher me disse,talvez ela tenha ido no banheiro que tem la fora,ela me explicou como chegar,quando estava chegando de longe eu vi o Ru.

E fui atrás dele,mas fui bem de longe para que ele não me vise,pensei ele deve ta indo ao encontro de Tati,ele saiu por traz do banheiro e foi em direção ao nosso carro, ele foi um pouco mas pra frente, e vi que tinha uma arvore,e Tati estava, la esperando,fui bem devagar,aos poucos,de coloquei bem próximo deles,fiquei atrás de uma camionete,Rui a baijava como um louco,como um animal,passava as mão na bunda de Tati ela logo se pos meio de joelhos,e colocou a rola de Rui pra fora.

Estava dura como ferro e de fato era grande mesmo,deveria ter uns 20 cm,Tati tem um faro para homens da rola grande,é uma coisa incrível,ela sempre acerta nas suas escolhas,em 80% das vezes ela acerta quando ela diz amor aquele parece ter a rola grande,e ela adora uma rola grande,e nessa hora ela mamava gostoso naquele cacete,ela mamava e babava na rola dele,punhetava,ela lindo de ver,batia com rola e seu rosto,não demorou muito Rui já anunciava,que riria gozar,começou a gemer,urrar como um bicho com um animal.

Ele gozou se arrumarão,trocarão meias palavras,pelo que vi Rui queria comer Tati que não aceitou,Tati saiu primeiro logo depois Rui também foi,eu como um bom CORNO esperei e só depois fui,quando voltei ao salão só estava o Jorge e Tati,o Rui não tinha aparecido,ela me perguntou onde eu estava,disse que tinha ido ao banheiro e depois encontrei um conhecido,ela veio me deu um beijo e sorriu,beijo esse com gosto de rola e sabor de porra, a porra do Rui,putinha safada,mamou na rola de um estranho, até ele gozar, e depois veio me beijar, como se não tivesse acontecido nada,delícia.

Tati me chamou pra dançar e fomos para a pista de dança,ela dança bem grudadinha comigo,e se esfregava,e dizia ta gostando meu CORNINHO,de ver os machos me olhando,ta gostando de me ver,se esfregando no Jorge e no Rui,eu disse estou adorando,e rimos,quando voltamos para junto dos nosso amigos,Tati foi ficar com o Jorge,se esfregando,teve determinada hora que eles estavam conversando,Jorge dizia algo no ouvido de Tati,e os dois riam muito,ate que apareceu uma amiga nossa Carol,que ficou ali com a gente.

Passados uns 5 minutos Carol disse a Tati se ela queria ir ao banheiro,Tati disse que sim,e as duas saíram lindas gostosas e rebolando,e passando por entre os machos,nisso Rui disse que iria comprar uma bebida,e Jorge disse agora quem vai pegar um ar sou eu,e saiu,eu fiquei ali sozinho,logo imaginei ai tem coisa,o Rui disque foi pegar uma bebida,o Jorge saiu,e a Tati junto com a Carol,ai tem coisa,a Carol é tanto puta quanto Tati, e sabe das puladas de cerca de Tati mas porem não sabe que somos liberais,tenho q agir rápido,e fui,então fui até o banheiro.

E perguntei pra mulher que cuidava do banheiros,se ali tinha entrado duas mulheres com as características de Tati e Carol,ela disse que sim mas já tinha saído,e tinha ido lá pra fora,então fui em direção onde a mulher disse que elas tinha ido,comecei a procurar,e logo avistei Carol em uma rodinha de homens,a chamei e perguntei por Tati,ela disse que tinha a deixado no banheiro,e sorriu e me perguntou,você perdeu a sua mulherzinha,tadinho não sabe onde ela esta,deu um beijo no meu rosto e saiu rebolando.

Então pensei quem sabe eles estejam la no estacionamento onde o Rui estava com ela da outra vez,e fui,cheguei lá procurei,e não os vi,e quando eu estava saindo,um senhor me perguntou se estava tudo bem,eu disse que sim,ele disse que era funcionário da fazenda e estava cuidando o carros,logo notei esse cara vai me da as informações que eu preciso,daí puxei conversa com ele,começamos a trocar uma idéia,e ele me disse é realmente aqui é bem grande e começo a falar,ali em baixo fica o curral,onde guardamos as tralhas dos animais.

Do outro lado fica o mangueiro,la em cima fica o pomar e foi falando,logo me despedi dele e fui, sai, voltei pro salão para ver se alguém estava por la,e não vi ninguém é certo Rui em uma roda de homens,pensei,seu eu fosse comer uma mulher onde eu iria,e comecei a pensar,e tive a idéia de ir ao curral de ir ao curral,mas foi dito e feito,chegando lá, vi que era um grande galpão de madeira, e reparei que a luz estava ligada,dava pra ver porque tinha umas frestas,também notei que a porta estava fechada,e fui caminhando bem de vagar ao redor do galpão ate ter uma boa vista,ate então so ouvia gemidos,ate que achei um fresta boa e me coloquei como um verdadeiro CORNO,olhando sua mulher levando ferro,era bem isso que acontecia,pelo jeito eu já tinha perdido uma boa parte da festa,Tati gemia baixinho, e dava pra ela ouvir ela dizer,nossa que delicia essa rola,como eu estava com saudades de sentir essa rola dentro de mim,agora soca não para coloca no fundo,Jorge dizia,é putinha sentiu saudades da rola do seu macho é ela disse sim,Jorge disse então me diz quem é seu macho.

Quem arromba esse seu rabo fala pra mim fala,Tati dizia,só você que é meu comedor,só a sua rola que rasga gostoso meu rabo,só sua rola que me da leite gostoso e quente na minha boquinha,nessa hora Jorge socava forte e gosto e Tati gemia gostos,daí Jorge tirou aquele mastro de uns 23 cm,Tati mamava como uma louca e dizia que rola gostosa,e punhetava seu comedor,namorado,amante,ate que ele já anunciou que iria gozar,então Jorge disse,quero gozar dentro do seu rabo,Tati se pos de quatro em cima de uns pelegos.

E Jorge foi colocando de novo e seu rabinho,e ela dizia,isso goza no meu rabinho goza bem gostoso,pra quando eu chegar em casa,o CORNO for chupar o meu cu ele possa sentir sua porra,goza mas também quero leite na minha boquinha,até que ele gozou e tirou a rola do cuzinho rosa da minha mulher e deu a rola,pra Tati mamar e acabar de limpar a rola seu comedor,Tati limpou toda aquele mastro,se arrumarão, e eu sai de fininho,e fui pra dentro do salão espera ele,que logo chegaram juntos e sorrindo e conversando,e Jorge disse e ai CORNÃO,tudo bem eu disse sim,eles rirão, e assim foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *