Saindo com a gestora do Rh

Bom depois de muito tempo sem escreve resolvo voltar a escrever algo.

Esse conto relata minha saída com Patrícia, nos conhecemos a pelo menos um ano, porém so fomos sair em dezembro retrasado quando reativei minha conta no D4. Lá encontrei ela com o nick de gestora do Rh e a partir daí iniciamos uma conversa bem bacana que encerrou conosco no motel em uma quinta de manhã.

No dia anterior ao encontro combinamos que iríamos sair só na outra semana porém na manhã de quinta tive um compromisso cancelado e mandei mensagem pra ela que estava livre, ela relutou um pouco pois só havíamos marcado para a outra semana, mas com um pouco de persuasão fiz com que Paty aceita-se sair com o compromisso de deixar ela após o encontro no local que ela deveria resolver algumas coisas.

Combinamos para ir tomar um café próximo a sua casa, porém ao pegar ela em casa a questionei se realmente gostaria de ir a um café se um motel não seria o mais apropriado. Aceitando o convite rumamos para um motel próximo. Lá pegamos uma suíte com banheira (detalhe, a todo momento ela dizia apenas que ia conversar e no máximo beijar). Entrando no quarto, tratei de fechar as cortinas para escurecer o ambientem pois ainda era manhã cedo e o sol brilhava na rua.

Sentei na cama e tirei meu tênis e a convidei para sentar ao meu lado oq de prontidão foi aceito. Iniciamos um papo sobre o tempo que estávamos conversando que já era longo demais e Paty achava q nao ia mais acontecer de sair quando a interrompo beijando ela e fazendo a deitar na cama comigo por cima.

Um beijo não muito demorado mais o suficiente para ao final ela me dizer que já havia marcas do batom roxo que ela usava em meus lábios!

Sempre elogiei ela por seus lábios carnudos e naquele momento eu estava ali provando deles. Me levanto para ver no espelho melhor e ela vem e me abraça nas costas me beijando a nuca rapidamente me viro e nos beijamos com afinco de dois amantes que não se veem a meses. Minha mão percorre o seu corpo todo, apertando aquela mega bunda e subindo tirando sua blusa deixando a minha gestora do Rh só de calça e sutiã em minha frente!

Que delírio eu fui ao ver seu corpo negro num contraste de sutiã branco com ela segurando eles e me oferencendo para por na boca aqueles peitos que mais tarde se revelariam maravilhosos.

Bom já escrevo esse conto a um bom tempo, e acho q estas ficando longo então está será a primeira parte dele. Comentem se gostaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *